17/09/2017

Diversidade: multidão ocupa Zona Sul do Recife…

G1 Pernambuco – Pedro Alves Parada da Diversidade do Recife deve reunir cerca de 500 mil pessoas neste neste domingo (17), na Zona Sul da capital. Os números foram divulgados pelo Fórum LGBT de Pernambuco, um dos organizadores da marcha. No total, 12 trios elétricos desfilam em trajeto que começou, às 12h40, na Avenida Boa Viagem e vai até a esquina com a Rua Padre Bernardino Pessoa. A Polícia Militar não divulgou números de pessoas no evento. Mesmo com o tempo chuvoso, ao som de artistas e ativistas pela causa LGBT, os participantes começaram a se reunir para a marcha por volta das 9h. O tema deste ano é ‘Nenhum direito a menos’. A concentração ocorreu no Parque Dona Lindu, com shows e apresentação de dança e dublagem feitas por artistas e locais A Avenida Boa Viagem ficou tomada pelos participantes, vários vestindo fantasias especiais para o evento. As drag […]
17/09/2017

As campeãs nacionais da corrupção…

Os irmãos Batista e sua JBS foram uma grande novidade no mundo das maiores empresas brasileiras deste século, um time em que mudam mais as camisas do que os jogadores. Apesar do histórico muito mais longo e notório, a Odebrecht também fez carreira rápida. Cresceram de modo acelerado porque eram corruptas ou eram corruptas porque cresceram de modo acelerado? Difícil responder, mas há elementos para especulações razoáveis. No começo do século, a JBS/Friboi chegava ao grupo das 400 maiores. Em meados da década de 2000, subia para a primeira divisão, o grupo das 50 maiores. Em 2014, superou a Vale, tornando-se a segunda maior companhia, em receita líquida. A Odebrecht passou da rabeira da primeira divisão para o sétimo lugar em cerca de uma década. Continua…
17/09/2017

Raquel Dodge dá 30 dias para saída da atual equipe da Lava Jato na PGR…

A gestão da nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, decidiu dar um prazo de 30 dias para a saída da atual equipe da Lava Jato na PGR, nomeada por seu antecessor e adversário Rodrigo Janot. ÉPOCA teve acesso à minuta da portaria a ser publicada por Dodge após sua posse, na segunda-feira (18). A nova procuradora-geral vai estabelecer que os principais nomes da atual equipe formem um gabinete de transição, com duração de 30 dias, para passar as informações à nova equipe. Neste grupo temporário estarão o atual coordenador do GT, o promotor Sérgio Bruno, o promotor Wilton Queiroz e os procuradores Fernando Alencar, Melina Montoya e Rodrigo Telles. A portaria causou desconforto no atual GT da Lava Jato, porque alguns investigadores negociavam a permanência. Raquel Dodge havia anunciado publicamente que todos os integrantes da equipe de Janot estavam convidados a permanecer na Lava Jato. A notícia da portaria foi vista por […]
16/09/2017

Entrevista: Temer decide responder denúncia de Janot…

O presidente Michel Temer fará neste sábado (16) um pronunciamento para rebater a segunda denúncia apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Ele tomou a decisão depois de conversar com seu advogado, Antonio Cláudio Mariz, nesta tarde, em São Paulo. Segundo a Folha apurou, Temer falará a jornalistas no Palácio do Planalto, provavelmente à tarde. A ideia do pronunciamento, cujo texto ainda não foi fechado, é rebater a denúncia de organização criminosa e obstrução de Justiça, apresentada por Janot na quinta-feira (14) e ir para um confronto direto contra ele, que fica no cargo somente até domingo (17). Após a denúncia, o Palácio do Planalto rebateu a acusação em nota, segundo a qual a peça da Procuradoria-Geral da República está “recheada de absurdos” e Janot “continua sua marcha irresponsável”. O pronunciamento deve seguir a mesma linha. O entorno do presidente tem qualificado a nova denúncia como frágil, sem novidades e sem provas. (Folha […]
16/09/2017

Janot se emociona e chora ao finalizar uma era no MPF…

Blog do Matheus Leitão O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, chorou e se emocionou ao completar 61 anos, ontem, justamente no seu último dia à frente do Ministério Público Federal. Alvo de críticas, acusações e infortúnios recentes, como as suspeitas envolvendo a delação dos executivos da JBS, Janot viveu um voo turbulento, como previsto neste espaço há dois anos, ocasião em que ele assumiu seu segundo mandato. A saída de Janot da chefia do Ministério Público Federal não é somente o fim de uma gestão. É também o ponto final de uma Era dentro do órgão investigador. O procurador-geral é o último integrante dos “tuiuiús”, apelido dado a um grupo que, na década de 90, assim como a ave pantaneira, tinha dificuldade em levantar voo. Os tuiuiús assumiram a liderança com Claudio Fonteles, mas também com Antonio Fernando de Souza e Roberto Gurgel, que comandaram a investigação no mensalão do […]
15/09/2017

Água da Transposição pode custar R$ 100 milhões por ano aos pernambucanos. Conta deve subir em 8%…

A Transposição do Rio São Francisco sinaliza para ficar 100% pronta em 2018 e o passo seguinte do governo federal é repassar a água para os estados, que vão pagar por ela. Os cálculos estão em andamento, mas a estimativa é que a Compesa pague aproximadamente R$ 100 milhões por ano para poder usar a água dos canais. Como reflexo, a conta dos pernambucanos deve receber um aumento de cerca de 8%. O caso de Pernambuco, porém, tem uma condição: a água só terá utilidade com a entrega da Adutora do Agreste, obra que faz parte do projeto inicial do governo federal e é a conexão até as cidades pernambucanas. Sem adutora, o governo do estado não aceitará pagar pela água. De acordo com o presidente da Compesa, Roberto Tavares, o entendimento é de que a água só pode ser considerada à disposição para Pernambuco quando tiver de fato utilidade. […]
13/09/2017

STF julga pedido de suspeição de Janot para atuar nas investigações sobre Temer…

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar hoje (13) pedido feito pela defesa do presidente Michel Temer para seja declarada a suspeição do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para atuar nas investigações relacionadas ao presidente. A sessão está prevista para começar às 14h. Durante o julgamento, a Corte também deve deliberar sobre a validade das provas obtidas a partir dos acordos de delação premiada do empresário Joesley Batista, dono da JBS, preso nesta semana após a Procuradoria-Geral da República (PGR) abrir procedimento de revisão da colaboração. Além disso, deve ser discutido outro pedido da defesa de Temer para suspender uma eventual denúncia contra o presidente, a ser apresentada por Janot, que deixará o cargo na próxima segunda-feira (18) e será sucedido por Raquel Dodge. Continua…
12/09/2017

Ministro Barroso, do STF, abre inquérito para investigar Temer e Loures…

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso decidiu nesta terça-feira (12) abrir inquérito para investigar o presidente Michel Temer e o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures, além de mais dois empresários, pelos supostos crimes de corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro. O pedido de abertura de investigação foi feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para apurar suspeitas de recebimento de vantagens indevidas dos envolvidos pelo suposto favorecimento da empresa Rodrimar S/A por meio da edição do Decreto dos Portos (Decreto 9.048/2017). O pedido de abertura do inquérito chegou ao Supremo em junho e foi remetido ao ministro Edson Fachin. Ao receber o processo, o ministro entendeu que o caso deveria ser redistribuído a outro integrante da Corte por não ter conexão com o inquérito que envolve Temer a partir das delações da JBS. Nesta semana, a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, determinou uma nova […]
12/09/2017

Opinião sobre Janot no Supremo nunca foi tão ruim…

Integrantes do Supremo avaliam que dificilmente Rodrigo Janot será afastado pela corte dos casos que envolvem o presidente Michel Temer. Ainda assim, o chefe do MPF deve se preparar para ouvir uma série de críticas à sua atuação no julgamento desta quarta (13).  Membros do tribunal afirmam que nunca antes o juízo sobre o trabalho de Janot foi tão ruim. Se o procurador-geral fica, dizem, é porque o tempo que lhe resta é tão pequeno que não vale o desgaste de impedi-lo.  O governo vai se apoiar na fragilidade da delação da J&F de Joesley Batista para rebater a afirmação da PF de que Michel Temer tinha poder de decisão em “quadrilhão” do PMDB. Diz que o relatório perde força ao citá-lo como destinatário da mala entregue a Rodrigo Rocha Loures, como sustenta o empresário. (Folha de S.Paulo)