Marinha da Argentina diz que submarino ARA San Juan ‘implodiu’ no fundo do mar…

A Marinha da Argentina informou neste sábado (17) que o submarino ARA San Juan, que sumiu há 1 ano com 44 tripulantes, foi encontrado a 907 metros de profundidade em uma área Leia mais »

Dória indica Bruno Araújo à presidência do PSDB. Deputado espera ‘tempo certo’…

O governador eleito de São Paulo, João Dória (PSDB), em reportagem publicada pela revista Istoé, nesta quinta-feira (15), tratou de usar seu capital político para dar as cartas no partido. Ele revelou que indicará o deputado Leia mais »

Justiça suspende extinção da Decasp. PGE vai recorrer…

A decisão da 5ª Vara da Fazenda Pública da Capital deu-se, ontem, em resposta à ação popular, que contestou a extinção da Delegacia de Polícia de Crimes contra Administração e Serviços Públicos Leia mais »

Venha pra TiConnect….

    Leia mais »

Vestibular FACAL 2019…

Dê um clik para ampliar esta imagem Leia mais »

Tag Archives: Pernambuco

Com Cuba fora do Mais Médicos, 414 profissionais deixarão de atender em Pernambuco…

Atendendo populações carentes do interior dos estados e das periferias das grandes cidades brasileiras há cinco anos, os profissionais cubanos deixarão de atuar pelo Mais Médicos a partir de janeiro, quando começa a gestão Jair Bolsonaro, que exigiu mudanças no acordo. A decisão do governo de Cuba de encerrar a participação no programa, motivada por “declarações depreciativas e ameaçadoras” do presidente eleito, segundo os cubanos, foi anunciada ontem pelo Ministério da Saúde daquele país, retirando 8,3 mil médicos no atendimento nos postos de saúde brasileiros. Uma estimativa do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems) aponta que 24 milhões de pessoas serão diretamente afetadas.

Em Pernambuco, nono estado com maior atuação de médicos cubanos, serão 414 profissionais a menos, sendo 13 em unidades indígenas. Diante da ameaça de deixar parte da população sem atendimento, o Ministério da Saúde afirmou que abrirá, nos próximos dias, um edital para preenchimento das vagas desocupadas após essa decisão. 

Os cubanos respondem por 45% do total das 18,2 mil vagas do programa Mais Médicos no Brasil. Duas mil vagas estão sem profissionais. Os caribenhos começaram a atuar em território brasileiro depois de acordo assinado com a Organização Pan-americana de Saúde (Opas), em 2013, e chegaram a quatro mil municípios. Hoje, as vagas do programa em 1,6 mil municípios brasileiros são preenchidas apenas por cubanos. O número já foi maior, já que desde 2016 o governo brasileiro vem reduzindo a participação deles no programa. Até então, cerca de 11,4 mil cubanos atuavam.

De acordo com o Ministério de Saúde de Cuba, em cinco anos, cerca de 20 mil cubanos trabalharam no Brasil, atendendo 113 milhões de pacientes. Mais de 700 municípios teriam tido acesso a médicos pela primeira vez por meio dessa cooperação. Em nota, o órgão disse que a retirada ocorre devido a posicionamentos do presidente eleito. “As modificações anunciadas impõem condições inaceitáveis e não cumprem as garantias acordadas. Essas inadmissíveis condições tornam impossível a manutenção da presença dos cubanos”, explicou o documento.

Continua…

Secretaria da Fazenda de Pernambuco diz em nota que IPVA 2019 não será antecipado…

A Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz-PE) esclarece que é falsa a informação de que o pagamento do IPVA 2019 será antecipado para janeiro. A programação financeira dos contribuintes pernambucanos é um dos compromissos do governador Paulo Câmara. O calendário oficial será publicado em breve, com o vencimento da primeira parcela no mês de fevereiro, assim como ocorre desde 2017.  A Sefaz-PE reforça que está descartado qualquer aumento de alíquota e que o desconto de 7% para os pagamentos em cota única está mantido. (Silvinho Silva)

Ipespe/Folha de Pernambuco divulga como está, em Pernambuco, a disputa presidencial…

Folha de Pernambuco

Em Pernambuco, na disputa pela Presidência da República, Fernando Haddad (PT) lidera com 44% das intenções de voto, de acordo com a quarta pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (IPESPE), em parceria com a Folha de Pernambuco. O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) aparece na segunda colocação com 23%, seguido por Ciro Gomes (PDT), que tem 10%. 

Marina Silva (Rede) tem 5%; Geraldo Alckmin (PSBD), 4%; Cabo Daciolo (Patriota) e Henrique Meirelles (MD) aparecem com 1%, cada; Álvaro Dias (Podemos), Vera Lúcia (PSTU), Eymael (DC) e João Goulart Filho (PPL), registram 0%, cada. 

Os eleitores que afirmaram votar em branco, nulo ou nenhum são 7%. Os que não sabem ou não responderam, 6%. A pesquisa foi feita entre os dias 03 e 04 de outubro e ouviu 800 entrevistados, usando uma metodologia face a face, e contempla critérios de sexo, idade, instrução, renda familiar e condição do município. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos, com um intervalo de confiança de 95,45%. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob os números de protocolo BR-04355/2018 e PE-02671/2018.

O detalhamento desta sondagem o leitor poderá conferir na edição deste final de semana na Folha Mais. 

Confira os resultados:

Fernando Haddad (PT): 44%

Jair Bolsonaro (PSL): 23%

Ciro Gomes (PDT): 10%

Marina Silva (Rede): 5%

Geraldo Alckmin (PSDB): 4%

Cabo Daciolo (Patriota): 1%

Henrique Meirelles (MDB): 1%

Álvaro Dias (Podemos): 0%
João Amoedo (Novo): 0%

José Maria Eymael (DC): 0%

João Goulart (PPL): 0% 

Vera Lúcia (PSTU): 0% 

Nenhum/Branco/Nulo: 7%

Não sabe/Não respondeu – 6%

Pesquisa Datafolha em Pernambuco: Paulo Câmara, 42%; Armando Monteiro, 28%…

G1 PE

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (4) aponta os percentuais de intenção de voto para o governo de Pernambuco. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Votos totais

Veja os números da pesquisa estimulada, considerando todas as intenções de voto, inclusive as respostas dos eleitores que se declaram indecisos ou que votariam em branco ou nulo:

  • Paulo Câmara (PSB): 42%
  • Armando Monteiro (PTB): 28%
  • Dani Portela (PSOL): 3%
  • Julio Lossio (Rede): 3%
  • Maurício Rands (Pros): 3%
  • Ana Patrícia Alves (PCO): 1%
  • Simone Fontana (PSTU): 1%
  • Branco/nulo/nenhum: 15%
  • Não sabe: 4%

A candidata Ana Patrícia Alves anunciou, na terça-feira (2), que retirou a candidatura ao governo de Pernambuco.

Evolução dos votos totais

Em relação ao levantamento anterior, divulgado na sexta-feira (28):

  • Paulo Câmara foi de 38% para 42%
  • Armando Monteiro foi de 30% para 28%
  • Dani Portela foi de 2% para 3%
  • Julio Lossio se manteve com 3%
  • Maurício Rands se manteve com 3%
  • Ana Patrícia Alves se manteve com 1%
  • Simone Fontana se manteve com 1%
  • Branco/nulo/nenhum foi de 16% para 15%
  • Não sabe foi de 6% para 4%

Votos válidos

Veja, abaixo, o resultado da pesquisa Datafolha considerando apenas os votos válidos. Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto. Veja os índices:

  • Paulo Câmara (PSB): 52%
  • Armando Monteiro (PTB): 35%
  • Dani Portela (PSOL): 4%
  • Julio Lossio (Rede): 4%
  • Maurício Rands (Pros): 3%
  • Ana Patrícia Alves (PCO): 2%
  • Simone Fontana (PSTU): 1%

Rejeição

A Datafolha também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Nesse item, os entrevistados puderam escolher mais de um nome, por isso, os resultados somam mais de 100%. Veja os índices:

  • Paulo Câmara (PSB): 32%
  • Armando Monteiro (PTB): 32%
  • Dani Portela (PSOL): 26%
  • Ana Patrícia Alves (PCO): 25%
  • Julio Lossio (Rede): 24%
  • Simone Fontana (PSTU): 24%
  • Maurício Rands (PROS): 24%
  • Rejeita todos/não votaria em nenhum: 8%
  • Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum: 3%
  • Não sabe: 6%

Segundo turno

A Datafolha apresentou cenário para o segundo turno com os dois primeiros colocados. Veja:

Paulo Câmara: 46% x 36% Armando Monteiro (branco/nulo: 16%; não sabe: 3%)

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos

  • Quem foi ouvido: 1.482 eleitores em 59 municípios, com 16 anos ou mais

  • Quando a pesquisa foi feita: nos dias 3 e 4 de outubro

  • Registro no TSE: PE-05100/2018

  • Contratantes da pesquisa: TV Globo e Folha de S.Paulo

  • O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro

Pesquisa Datafolha em Pernambuco: Paulo Câmara, 38%; Armando Monteiro, 30%…

Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (28) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o governo de Pernambuco:

  • Paulo Câmara (PSB): 38%
  • Armando Monteiro (PTB): 30%
  • Julio Lossio (Rede): 3%
  • Maurício Rands (Pros): 3%
  • Dani Portela (PSOL): 2%
  • Ana Patrícia Alves (PCO): 1%
  • Simone Fontana (PSTU): 1%
  • Branco/nulo/nenhum: 16%
  • Não sabe: 6%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”.

No levantamento anterior, feito nos dias 18 e 19 de setembro, os percentuais de intenção de votos eram os seguintes:

  • Paulo Câmara (PSB): 35%
  • Armando Monteiro (PTB): 31%
  • Julio Lossio (Rede): 3%
  • Ana Patrícia Alves (PCO): 2%
  • Maurício Rands (Pros): 2%
  • Dani Portela (PSOL): 1%
  • Simone Fontana (PSTU): 1%
  • Branco/nulo: 19%
  • Não sabe: 6%

Sobre a pesquisa desta sexta-feira, 28

  • Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Quem foi ouvido: 1.302 eleitores de 55 municípios de Pernambuco, com 16 anos ou mais
  • Quando a pesquisa foi feita: entre 26 e 28 de setembro
  • Registro no TSE: PE-03031/2018
  • O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro

Rejeição

A Datafolha também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Nesse item, os entrevistados puderam escolher mais de um nome, por isso, os resultados somam mais de 100%. Veja os índices:

  • Dani Portela (PSOL): 31%
  • Julio Lossio (Rede): 31%
  • Paulo Câmara (PSB): 31%
  • Simone Fontana (PSTU): 31%
  • Armando Monteiro (PTB): 30%
  • Ana Patrícia Alves (PCO): 29%
  • Maurício Rands (PROS): 29%
  • Rejeita todos/não votaria em nenhum: 9%
  • Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum: 2%
  • Não sabe: 6%

Simulação de segundo turno

Paulo Câmara (PSB): 43% x 38% Armando Monteiro (PTB) (branco/nulo: 16%; não sabe: 3%)

DataPonto – Lista dos candidatos a deputado estadual com mais chances de se eleger…

Blog Ponto de Vista

Depois do sucesso da lista divulgada no dia 16 de agosto, que apontou os candidatos a deputado estadual que disputam com competitividade as 49 vagas para a ALEPE, o Blog Ponto de Vista ousa mais uma vez e anuncia uma lista mais atualizada e restrita das previsões para a disputa deste ano.

A necessidade desta nova rodada se dar pelo fato da dinâmica política apresentada durante este período, uma vez que ocorreram várias mudanças nas correlações de forças de alguns candidatos, seja na ampliação das bases ou até mesmo na perda de espaço.

Vale deixar claro que a lista não é uma pesquisa eleitoral, mas sim uma consulta minuciosa a presidentes de partidos, prefeitos, deputados, pré-candidatos e lideranças de diversos municípios do estado, além de uma análise da conjuntura política em geral onde apresentarei os principais nomes que possuem chances reais de participarem da nova configuração do Poder Legislativo Estadual a partir de 2019, para tanto, tomei o cuidado de realizar um trabalho imparcial que preza pela busca por um resultado que se aproxime ao máximo a verdade eleitoral que será apresentada após o fechamento das urnas no dia 7 de outubro.

Diferente da eleição de 2014, quando naquela ocasião todas as 8 coligações conseguiram eleger deputados, neste ano a proliferação de chapinhas e coligações foi bem maior, chegando ao total de 12, com a grande maioria delas com possibilidade de conquistar cadeiras.

Na eleição de 2014 o cociente eleitoral ficou em quase 94 mil votos.  A expectativa para este ano é de que este número abaixe, uma vez que há uma tendência não só no aumento das abstenções, como também nos votos nulos e brancos. O que se fala no meio político é que o cociente eleitoral orbite em torno de 85 mil votos.

As listas com os nomes que despontam e estão na briga pelas vagas serão colocadas em ordem alfabética. Então, vamos às projeções:

Coligação Frente Popular de Pernambuco 

para deputado estadual (PSB/MDB/PSD)

Deve conquistar 12 cadeiras.

Despontam:

1 – Adalto Santos (PSB)

2 – Aglailson Victor (PSB)

3 – Aluísio Lessa (PSB)

4 – Clodoaldo Magalhães (PSB)

5 – Diogo Moraes (PSB)

6 – Francismar Pontes (PSB)

7 – Joaquim Lira (PSD)

8 – Lucas Ramos (PSB)

9 – Rodrigo Novaes (PSD)

10 – Simone Santana (PSB)

As duas vagas restantes serão disputadas por:

1 – Delegada Gleide Ângelo

2 – Tony

3 – Isaltino Nascimento

4 – Romário Dias

5 – Tony Gel

6 – Waldemar Borges

*O ponto de corte deve ficar entre 43 a 45 mil votos

Coligação Pernambuco em  lugar – (PP,SolidariedadePRPMN). 

Conquista 16 cadeiras.

Despontam:

1 – Alberto Feitosa

2 – Antônio Moraes

3 – Beto Accioly

4 – Claudiano Filho

5 – Clóvis Paiva

6 – Eriberto Medeiros

7 – Fabíola Cabral

8 – Henrique Queiroz Filho

9 – Pr. Cleiton Collins

10 – Roberta Arraes

11 – Rogério Leão

12 – Romero Albuquerque

13 – Vinícius Labanca

As três vagas restantes serão disputadas por:

Aline Mariano

Aline Corrêa

Cal Vôlia

Cláudia de Lupércio

Dr. Valdir

Eduíno Brito

Galeguinho da Encomendas*

Joel da Harpa

João Eudes

Marcantônio Dourado Filho

Neco

Ni do Badoque*

Zé Maurício

*Ni do Badoque, Galeguinho das Encomendas e Rebeca Lucena têm tudo para serem a surpresa desta chapinha.

*O ponto de corte desta coligação deve ficar em torno de 30 a 34 mil votos

PT

Deve eleger 2 de forma direta e pode disputar uma 3ª vaga na sobra.

Despontam:

1 – Ducicleide Amorim

2 – Doriel Barros

*Dificilmente outro candidato do partido terá votos o suficiente para desbancar a terceira posição da deputada Tereza Leitão. O ponto de corte deve ficar em torno de 33 mil votos.

PC do B

Conquista  uma cadeira e pode disputar uma segunda pela sobra.

Desponta:

João Paulo

Na briga por uma segunda vaga:

1- Almir Fernando

2- Osmar Ricardo

*A conquista da segunda vaga dependerá do desempenho que João Paulo, ex-prefeito do Recife, terá nas urnas. A expectativa é que ele seja um grande puxador de votos

Coligação Pernambuco vai mudar com seus

deputados estaduais (PTB/DEM/PSDB/PODEMOS/PRB)

Deve conquista 8 cadeiras. Uma 9ª cadeira pode ser conquistada por esta coligação a depender do desempenho de Armando Monteiro nas pesquisas.

Despontam:

1 – Álvaro Porto (PTB)

2 – Alessandra Vieira (PSDB)

3 – Antônio Coelho (DEM)

4 – Priscila Krause (DEM)

5 – José Humberto (PTB)

6 – Socorro Pimentel (PTB)

7 – Romero Sales Filho (PTB)

Na briga pela  e até uma possível

 cadeira os seguintes candidatos:

1 – Andrea Mendonça (DEM)

2 – Augusto César (PTB)

3 – Elias Gomes (PSDB)

4 – Gustavo Gouveia (DEM)

5 – Miguel Ricardo (PTB)

6 – Ramos (PTB)

7 – Terezinha Nunes (PSDB)

8 – Willian Brígido (PRB)

*O ponto de corte deve ficar em torno de 40 mil a 42 mil votos

Coligação Avança Pernambuco (PV/PRTB/PSL/PHS)

Conquista duas cadeiras.

Desponta:

1 – Marco Aurélio (PRTB)

Na briga pela  vaga:

1 – Coronel Fabrízio Ferraz (PHS)

2 – Gustavo Caribé (PRTB)

3 – Edjailsom da Carú Forró (PRTB)

* O ponto de corte desta coligação deve ficar em torno de 18 mil.

Patriotas

Sem uma calda consistente, a chapinha do Patriotas dificilmente conseguirá alcançar o cociente eleitoral.  Porém este na luta para conquistar uma vaga na sobra.

Na briga:

Juliana Chaparral

Júnior de Cleto

*O ponto de corte deve ficar em torno de 20 a 25 mil votos.

Coligação O Pernambuco que você (PROSPDTAvante)

Deve conquistar apenas duas cadeiras.

Despontam:

1 – João Paulo Costa

2 – Zé Queiroz

Coligação Pernambuco por uma Pátria Livre (PRP/PPL/PTC)

Esta chapinha deve ficar bastante próxima do cociente eleitoral, o que deve garantir a conquista de uma vaga.

Na briga:

1 – Edilene Gomes (PRP)

2 – Paulinho Tomé (PRP)

PPS

A chapinha do Partido Popular Socialista dificilmente conseguirá alcançar o cociente, restando apenas torcer para conquistar uma vaga na sobra.

Na briga:

1 – Ricardo Cruz

2 – Professor Tiago

Coligação Juntos por um Pernambuco Melhor 

para deputado estadual (PSCPSDC/PMB).

Deve conquistar 5 cadeiras. Uma 6ª vaga pode surgir na briga pela sobra.

Despontam:

1 – Guilherme Uchôa Júnior

2 – Manoel Ferreira

3 – Wanderson Florêncio

Na briga:

1 – Carla Lapa

2 – Clarissa de Tércio

3 – Débora Serafim

4 – Diogo Prado

5 – Eduardo Chera

6 – Izabel Urquisa

7 – Marcos di Bria

8 – Sérgio Leite

*O ponto de corte deve ficar entre 25 e 28 mil votos

Coligação A esperança não tem medo (PSOL)

A chapinha do Partido Socialismo e Liberdade  terá dificuldades de alcançar o cociente, bastando apenas torcer para brigar por uma vaga na sobra.

Na briga:

1 – Áureo Cisneiros

2 – Edilson Silva

As chapinhas da Rede, PSTU e PCO não tem a mínima condição de  de sequer brigar pelas vagas das sobras.

Haddad salta e aparece com 38% das intenções de voto em PE, segundo Ibope…

A pesquisa mais recente JC/Ibope/TV Globo, divulgada na manhã desta sexta-feira, aponta que o petista Fernando Haddad (PT) saltou e aparece com 38% das intenções de voto em Pernambuco. No último levantamento, realizado no dia 17 de setembro, Haddad contava com 26%. 

Em seguida, o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, chega aos 19% das intenções. O pedetista Ciro Gomes permanece em terceiro lugar, com 9%, oscilando em relação a última pesquisa na qual apresentava 12%. 

Marina Silva (Rede) aparece com 6%, Geraldo Alckmin (PSDB), 4%. A margem de erro é de três pontos percentuais e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada com os números TRE 07101/2018 e TSE 06913/2018. 

Nervos à flor da pele…

As cenas e depoimentos dos programas do guia eleitoral evidenciam o nervosismo que tomou conta dos bunkers da Frente Popular e da coligação Pernambuco Vai Mudar,  a pouco mais de uma semana das eleições. Pela pesquisa do Ibope, divulgada ontem, verifica-se uma vantagem do governador Paulo Câmara (PSB) e uma eventual vitória no segundo turno, mas com percentuais ainda abaixo do esperado.

Mesmo com o reforço da passagem em Pernambuco do presidenciável  Fernando Haddad (PT), o lento crescimento da candidatura de Paulo ainda vai exigir muito da Frente Popular, nessa reta final da campanha. Ao contrário dos governadores petistas no Nordeste que concorrem à reeleição – José Wellington Dias (Piauí), Camilo Santana (Ceará) e Rui Costa (Bahia) – e lideram com folga as pesquisas, em Pernambuco o apoio do PT parece fraquejar.

Será que valeu a pena o partido sacrificar a candidatura da vereadora Marília Arraes (PT) ao governo em troca da  neutralidade do PSB na sucessão presidencial?

O crescimento fulminante de Haddad não é fruto da retirada do PSB do palco nacional, mas a incapacidade da Frente Popular em abrir uma vantagem mais ampla de Paulo sobre Armando Monteiro (PTB) é, em parte, consequência do acordo PSB/PT, mal digerido pela militância petista.

Além disso, há o agravante de um outro arranjo eleitoral, o MDB de Jarbas Vasconcelos, que também não foi aceito pelos petistas. Esses fatores contribuem para que a sucessão pernambucana seja a mais indefinida em todo o Nordeste. (Marisa Gibson, na coluna DIARIO POLÌTICO)

Pesquisa Ibope para o Senado em Pernambuco: Humberto, 32%; Jarbas, 31%; Mendonça, 22%…

G1 PE

Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (27) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o Senado em Pernambuco:

  • Humberto Costa (PT): 32%
  • Jarbas (MDB): 31%
  • Mendonça Filho (DEM): 22%
  • Silvio Costa (Avante): 12%
  • Bruno Araújo (PSDB): 9%
  • Pastor Jairinho (Rede): 5%
  • Adriana Rocha (Rede): 3%
  • Eugênia (PSOL): 2%
  • Hélio Cabral (PSTU): 2%
  • Albanise Pires (PSOL): 2%
  • Lídia Brunes (Pros): 1%
  • Alex Rola (PCO): 1%
  • Brancos/nulos – Vaga 1: 20%
  • Brancos/nulos – Vaga 2: 29%
  • Não sabe/não respondeu: 30%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo “Jornal do Commercio”. É o quarto levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

No levantamento anterior, feito entre os dias 14 e 16 de setembro, os percentuais de intenção de votos eram os seguintes:

  • Jarbas (MDB): 34%

  • Humberto Costa (PT): 31%

  • Mendonça Filho (DEM): 22%

  • Silvio Costa (Avante): 10%

  • Bruno Araújo (PSDB): 8%

  • Pastor Jairinho (Rede): 4%

  • Adriana Rocha (Rede): 2%

  • Eugênia (PSOL): 1%

  • Hélio Cabral (PSTU): 1%

  • Albanise Pires (PSOL): 1%

  • Lídia Brunes (Pros): 1%

  • Alex Rola (PCO): 0%

  • Brancos/nulos – Vaga 1: 22%

  • Brancos/nulos – Vaga 2: 34%

  • Não sabe/não respondeu: 28%

Sobre a pesquisa divulgada nesta quinta, 27

  • Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos

  • Quem foi ouvido: 1.512 eleitores

  • Quando a pesquisa foi feita: 24 a 26 de setembro

  • Registro no TRE: PE-07101/2018

  • Registro no TSE: BR-06913/2018

  • O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro

  • 0% significa que o candidato não atingiu 1%.

Pesquisa Ibope em Pernambuco: Paulo, 35%; Armando, 27%…

G1  PE

Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (27) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o governo de Pernambuco:

  • Paulo Câmara (PSB): 35%
  • Armando Monteiro (PTB): 27 %
  • Julio Lossio (Rede): 3%
  • Maurício Rands (PROS): 2%
  • Ana Patrícia Alves (PCO): 1%
  • Simone Fontana (PSTU): 1%
  • Dani Portela (PSOL): 1%
  • Brancos/nulos: 23%
  • Não sabe/não respondeu: 7%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo “Jornal do Commercio”. É o quarto levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

No levantamento anterior, feito entre os dias 14 e 16 de setembro, os percentuais de intenção de votos eram os seguintes:

  • Paulo Câmara (PSB): 33%

  • Armando Monteiro (PTB): 25%

  • Julio Lossio (Rede): 2%

  • Maurício Rands (PROS): 2%

  • Ana Patrícia Alves (PCO): 1%

  • Simone Fontana (PSTU): 1%

  • Dani Portela (PSOL): 1%

  • Brancos/nulos: 24%

  • Não sabe/não respondeu: 10%

Sobre a pesquisa desta quinta-feira, 27

  • Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Quem foi ouvido: 1.512 eleitores
  • Quando a pesquisa foi feita: de 24 a 26 de setembro
  • Registro no TRE: PE-07101/2018
  • Registro no TSE: BR‐06913/2018
  • O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro
  • 0% significa que o candidato não atingiu 1%.

Rejeição

O Ibope também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Nesse item, os entrevistados puderam escolher mais de um nome. Veja os índices no levantamento feito entre 24 e 26 de setembro:

  • Paulo Câmara (PSB): 32%
  • Armando Monteiro (PTB): 29%
  • Julio Lossio (Rede): 25%
  • Ana Patrícia Alves (PCO): 22%
  • Dani Portela (PSOL): 22%
  • Simone Fontana (PSTU): 22%
  • Maurício Rands (PROS): 21%
  • Poderia votar em todos: 4%
  • Não sabe/não respondeu: 15%

Simulação de segundo turno

Paulo Câmara 43% x 34% Armando Monteiro (branco/nulo: 18%; não sabe: 6%)

Pesquisas se mostram muito discrepantes em Pernambuco …

No intervalo de 17 de setembro, quando foi divulgada a pesquisa Ibope até 25 de setembro, quando tivemos a divulgação da pesquisa Ipespe, foram apenas oito dias e quatro pesquisas de institutos diferentes para governador de Pernambuco, e eles apresentaram uma discrepância muito grande nos cenários para governador, porém foi na disputa de senador que a divergência se mostra muito latente.

Na pesquisa Ibope divulgada dia 17, Paulo Câmara apareceu com 33% das intenções de voto, Armando Monteiro 25%, demais candidatos 7%, brancos, nulos e indecisos 34%. Já no Datafolha Paulo Câmara apareceu com 35%, Armando Monteiro 31%, demais candidatos 9% e apenas 25% de brancos, nulos e indecisos. O Real Time Big Data apontou Paulo Câmara com 34%, Armando Monteiro 30%, demais candidatos 12%, brancos, nulos e indecisos 24%. Por fim, o Ipespe mostrou Paulo Câmara com 36%, Armando Monteiro 26%, demais candidatos 7%, brancos, nulos e indecisos 31%.

A diferença de institutos chega a seis pontos nos números de Armando Monteiro e a três pontos, dentro da margem, nos números de Paulo Câmara. Os demais candidatos possuem uma diferença de até cinco pontos em relação aos números obtidos, e os brancos, nulos e indecisos chegam a atingir dez pontos de diferença entre os institutos que fizeram levantamento durante a semana. Essas discrepâncias acabam confundindo a cabeça do eleitor, que desavisado, não consegue discernir um instituto de outro e acha que os levantamentos são idênticos, o que está longe de ser um caso verdadeiro.

Se na pesquisa para governador há discrepâncias muito significativas, bem acima da margem de erro em alguns institutos, na pesquisa para senador é que a situação se mostra fora de qualquer contexto. No Ibope de 17 de setembro, Jarbas Vasconcelos aparece com 34%, Humberto Costa 31%, Mendonça Filho 22%, Silvio Costa 10%, Bruno Araújo 8%, demais 10%, brancos e nulos primeira vaga 22%, segunda vaga 34%, não sabe/não respondeu 28%. No Datafolha Jarbas aparece com 36%, Mendonça 31%, Humberto 30%, Bruno Araújo 12%, Silvio Costa 11%, demais 16%, brancos e nulos primeira vaga 20%, segunda vaga 28% e não sabe/não respondeu 16%.

No Real Time Big Data, Jarbas Vasconcelos tem 33%, Mendonça Filho 30%, Humberto Costa 26%, Bruno Araújo 14%, Silvio Costa 11%, demais 8%, indecisos primeiro voto 9%, indecisos segundo voto 33%, brancos e nulos atingem 21% segundo voto e 15% primeiro voto. Por fim, o Ipespe mostra Jarbas com 37%, Humberto com 30%, Mendonça 24%, Bruno 10%, Silvio 10%, demais 8%, brancos e nulos primeiro voto 23%, segundo voto 30% e indecisos 27%.

Chama atenção os números de Mendonça, que oscila nove pontos entre a sua melhor sondagem e a sua pior. Também é plausível perceber que Humberto alterna cinco pontos entre a pior e a melhor pesquisa. E fica latente uma discrepância significativa nos brancos para o segundo voto, oscilando de forma bastante contundente os números de cada instituto.

Se as pesquisas para governador impossibilitam cravar com certeza o eleito, a de senador se agrava muito, uma vez que o número de indecisos é muito grande e a tendência é que eles possam se decidir na reta final, podendo acontecer tudo até o dia 7 quando serão definidos os dois senadores eleitos por Pernambuco. (Edmar Lyra)

Para o Senado, Jarbas e Mendonça empatados…

Na disputa pelo Senado, o Real Time Big Data apontou Jarbas Vasconcelos (MDB) em primeiro lugar com 33% das intenções de voto, seguido de Mendonça Filho (DEM) com 30%. Humberto Costa (PT), tem 26%, Bruno Araújo (PSDB) tem 14%, Silvio Costa (Avante) 11%, Pastor Jairinho (Rede) 4%, Adriana Rocha (Rede) 2%, Outros 2%. Indecisos Voto 1, 9%, Brancos/Nulos Voto 1, 15%, Indecisos Voto 2, 33%, Brancos/Nulos Voto 2, 21%. (Edmar Lyra)

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo