Joaquim Barbosa crescendo…

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), 63 anos, tem de 20% a 22% e lidera de maneira isolada a pesquisa DataPoder360 de intenção de votos para presidente da República. Em 2º lugar vem Joaquim Leia mais »

II Festival do Trabalhador de Salgadinho-PE…

Vem aí o 2º Festival do trabalhador de Salgadinho, segunda-feira 30 de abril no cais de eventos a partir das 21 horas, com @capimcommel e @douglaspegador E na terça-feira dia 1º de Leia mais »

Segundo turno volta a ser possível em Pernambuco…

Com a decisão do PT de lançar candidato próprio ao governo estadual, o segundo turno volta a ser possível em Pernambuco. Não haverá essa possibilidade se a disputa ficar restrita entre o Leia mais »

Venha pra TiConnect….

    Leia mais »

Cabral chegou depois… Isto é Brasil…

Em dezembro de 1498, uma frota de oito navios, sob o comando de Duarte Pacheco Pereira, atingiu o litoral brasileiro e chegou a explorá-lo, à altura dos atuais Estados do Pará e do Maranhão. Leia mais »

Tag Archives: Eduardo da Fonte

O maior fiador de Paulo Câmara …

Foto: DIDA SAMPAIO/AE

Por Edmar Lyra

Nas eleições de 2014 o ex-governador Eduardo Campos alinhavou a maior aliança da história de Pernambuco em prol de Paulo Câmara com 21 partidos na Frente Popular. Ali, Eduardo foi o principal fiador do projeto, e mesmo após a sua morte, foi determinante para que Paulo Câmara virasse o jogo e vencesse a eleição.

Uma vez no governo, Paulo Câmara considerou como seu principal fiador o ex-governador Jarbas Vasconcelos, tanto que distribuiu entre o seu grupo as secretarias de Imprensa, Habitação e Desenvolvimento Econômico e a presidência de Suape, bem como outros órgãos de menor importância mas com força política dentro do governo. Além da reverência a Jarbas Vasconcelos, o governador considerou o peso do MDB, que até 2017 era fundamental na aliança e tinha cadeira cativa na chapa majoritária. Com a guerra de liminares envolvendo o partido, e o risco real de ele ir para as mãos do senador Fernando Bezerra Coelho e consequentemente para a oposição, Jarbas perdeu o posto de maior fiador político e eleitoral do governador Paulo Câmara.

Esse papel agora é ocupado por outro Eduardo, que assim como seu xará, tem uma leitura política do jogo como poucos. O deputado federal Eduardo da Fonte comanda o PP, que é o maior partido garantido da Frente Popular em termos de tempo de televisão, e findou o prazo de filiação com quatro candidatos a deputado federal, todos com chances de vitória, e 14 deputados estaduais, consolidando assim a maior bancada da Assembleia Legislativa de Pernambuco.

As condições criadas por Eduardo da Fonte e as circunstâncias políticas fizeram dele o principal aliado do governador Paulo Câmara, dando-lhe o direito de exigir uma vaga na chapa majoritária da Frente Popular. O Palácio, que já havia aumentado o espaço de Eduardo no governo, deverá ampliar significativamente esse espaço, com a entrega da secretaria de Desenvolvimento Econômico, que antes era ocupada pelo grupo de Jarbas.

A verdade é que se antes Jarbas Vasconcelos era presença garantida na majoritária do governador devido a sua relevância política e eleitoral, agora quem terá essa cadeira cativa é o próprio Eduardo da Fonte, que só não irá para a majoritária se não quiser, pois tem votos, poder político, e principalmente um partido relevante, exatamente o que Paulo Câmara precisa para garantir a sua reeleição.

Eduardo da Fonte pede ressarcimento à população prejudicada pelo blecaute…

O deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) encaminhou, ontem (21), um pedido de abertura de processo de investigação à Procuradoria Geral da República em que alega os prejuízos causados à sociedade com o apagão que atingiu as regiões Norte e Nordeste. O deputado pede que as empresas fornecedoras de energia façam o ressarcimento ao consumidor prejudicado.

“A Aneel tem obrigação de conduzir o ressarcimento dos consumidores prejudicados por esse apagão. Para isso, também alertamos o TCU e a PGR sobre esse descaso da Aneel, que — em vez de ficar ao lado da população —defende essas empresas, que lucram com o dinheiro do povo brasileiro”, ressaltou Eduardo da Fonte.

Eduardo da Fonte foi presidente da CPI da Conta de Luz, em 2009, que identificou um erro no cálculo pago a mais pelo consumidor. Esse valor não foi ressarcido, porque não foi autorizado pela Aneel.

O apagão desta quarta atingiu pelo menos 12 estados. As regiões Norte e Nordeste também sofreram com blecautes em 2013 e 2012, ano em que mais de 3,5 milhões de consumidores foram prejudicados.

Eduardo da Fonte diz que prioridade do PP é o Senado…

O deputado federal Eduardo da Fonte, presidente estadual do PP, negou que Cleiton Collins será candidato a vice-governador de Paulo Câmara. O dirigente da sigla afirmou que a prioridade é a chapinha de deputado estadual onde pretende eleger dez parlamentares pelo menos.

E que se houver uma indicação do partido para a majoritária, será para o Senado. Eduardo acredita que só deverá ter qualquer desfecho na majoritária em maio. Até lá o objetivo é fortalecer as chapas proporcionais. (Edmar Lyra)

Delegado Erick Lessa assina ficha de filiação ao PP…

O delegado Erick Lessa, simpatizando com o trabalho realizado pelo deputado estadual pastor Cleiton Collins e pela missionária e vereadora do Recife, Michele Collins, assinou a ficha de filiação ao Progressistas. Lessa obteve significativa votação na eleição para prefeito de Caruaru, em 2016, ficando na terceira colocação. Agora, ele se coloca à disposição do partido para concorrer a uma das vagas da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

Na assinatura, estavam presentes o deputado federal e presidente do Progressistas em Pernambuco, Eduardo da Fonte, e lideranças que estiveram no grupo de apoio na candidatura a prefeito do município de Caruaru.

Em um momento no qual se busca transformação para engajar e mobilizar a população por uma sociedade com oportunidades para todos, a filiação do delegado Lessa representa a renovação de quadros políticos no estado. “Continuando a minha missão de servir ao povo pernambucano e buscando colocar o nome à disposição de cada cidadão caruaruense e do nosso estado, passo a integrar o Progressistas em busca de dias melhores para nosso povo”, enfatizou o delegado.

Nome de Eduardo da Fonte é cotado para o Senado…

As especulações em torno do rumo do Partido Progressista (PP) na eleição do ano que ganharam novos contornos, nesta semana. A sigla, que chegou a ensaiar a formação de uma chapinha fora Frente Popular, estaria perto de voltar para o chapão governista. Para isso, o presidente estadual da legenda, deputado federal Eduardo da Fonte, já teria acertado com o Palácio do Campo das Princesas a indicação do seu nome para disputar uma vaga no Senado.

Em reserva, uma fonte governista revelou que, nos bastidores da Assembleia Legislativa, o comentário é que Eduardo da Fonte expressou seu desejo de participar da eleição majoritária e recebeu o aval do governo Paulo Câmara. Com isso, estaria disposto a abortar a formação de uma chapinha com legendas como PDT e PCdoB, que havia sido fortemente criticada por partidos da Frente Popular.

O arquivamento da denúncia contra o deputado na Lava Jato, na última segunda (18), por parte do Supremo Tribunal Federal, também teria favorecido, de acordo com a mesma fonte, a tese de que a sua postulação não causaria prejuízos para a imagem da coligação liderada pelo PSB.

O PP, que tem a segunda maior bancada na Assembleia, ganhou espaços significativos no governo, recentemente, com a nomeação de Guilherme Rocha como secretário executivo de Recursos Hídricos e de Clóvis Benevides como secretário de Desenvolvimento. Outro espaço entregue ao PP foi a Diretoria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Suape, com indicação de Michelle Karine Zacarias de Souza, ex-gestora de Projetos do Porto do Recife.

PT

Caso a postulação de Eduardo da Fonte se consolide, a aliança entre PT e PSB, que estaria sendo costurada pelo próprio ex-presidente Lula e vem recebendo apoio de boa parte da bancada socialista, pode ficar ameaçada. Segundo a fonte governista, se Eduardo da Fonte disputar a Casa Alta, o senador Humberto Costa (PT), que pretendia se reeleger pela Frente Popular, pode ter que disputar uma vaga na Câmara Federal. (Folha de Pernambuco)

Eduardo da Fonte é novo líder do maior bloco na Câmara Federal…

eduardo-da-fonte-size-598

Quatro partidos (PP, PTB, PSC, PHS) formalizaram, há pouco, um novo bloco com 82 parlamentares na Câmara dos Deputados. O deputado Eduardo da Fonte (PP-PE) é o líder do bloco, que representa a maior bancada na Câmara. Os quatro partidos deixaram de participar do bloco anterior formado com o PMDB.

“É um momento importante para que possamos ajudar o País a sair da crise”, afirmou Eduardo da Fonte. (Mário Flávio)

 

“Estou à disposição da justiça para colaborar”, diz Eduardo da Fonte…

05/05/2011. Crédito: Ronaldo de Oliveira/CB/D.A Press. Brasil. Brasília - DF. Deputado Eduardo da Fonte após reunião da mesa diretora, onde apontou indícios de quebra de decoro parlamentar por parte da deputada Jaqueline Roriz, na Câmara dos Deputados, no Congresso Nacional.

05/05/2011. Crédito: Ronaldo de Oliveira/CB/D.A Press. 

Com palavras curtas, o deputado federal Eduardo da Fonte (PP), líder do partido na Câmara Federal, declarou, através de sua assessoria de imprensa, que está tranquilo. “Estou à disposição da justiça para colaborar no que for possível, esclarecer logo todos os fatos”, disse o parlamentar. O deputado é um dos investigados na Operação Politéia, que foi deflagrada hoje de manhã a partir de novas provas da Operação Lava-Jato, com cumprimento de 53 mandatos de busca e apreensão expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em seis estados e no Distrito Federal. A operação está sendo desenvolvida, em conjunto, entre a Polícia Federal e o Ministério Público Federal.

A assessoria de imprensa do deputado informou que, nesta terça-feira, o parlamentar está em Brasília, onde cumpre, normalmente, suas atividades diárias. A assessoria, negou, no entanto, a informação inicial de que teria ocorrido buscas no apartamento de Eduardo da Fonte em Brasília. As buscas aconteceram, apenas, no Recife, onde o deputado tem, além de seu escritório, uma residência. Em depoimento, doleiro Alberto Youssef disse que o deputado federal pernambucano Eduardo da Fonte (PP) e o senador Ciro Nogueira (PP-PI) receberam entre 2010 e 2011 propinas.

Os valores, ainda não determinados, teriam sido pagos pela construtora Queiroz Galvão em contrato para implantação de tubovias em Abreu e Lima, em Ipojuca, no Litoral Sul de Pernambuco. O contrato referente a este serviço é da ordem de R$ 2,7 bilhões. Eduardo da Fonte, ainda segundo o delator, é acusado de intermediar a aproximação do esquema com o então senador Sérgio Guerra (PSDB), morto em março de 2014. As propinas seriam para evitar a instalação de uma CPI no Congresso. O tucano recebeu, de acordo com Youssef, parte dos R$ 10 milhões destinados para impedir a realização da CPI da Petrobras. (Diário de Pernambuco)

Investigado na Lava Jato, Eduardo da Fonte desiste de relatar MP do ajuste fiscal…

eduardodafonte-624x408-580x379

Investigado de ter recebido propina desviada da Refinaria Abreu e Lima (Rnest), da Petrobras, no Porto de Suape, em Pernambuco, o deputado federal Eduardo da Fonte, líder do PP, teria desistido de ser relator de uma Medida Provisória do ajuste fiscal, por medo do desgaste que isso pudesse causar. As informações são da coluna Painel, da Folha de S. Paulo.

Eduardo da Fonte havia sido escolhido para relatar a Medida Provisória (MP) 664, que altera as concessões do auxílio-doença e da pensão por morte. A comissão para discutir a MP será presidida pelo líder do governo no Congresso Nacional, o senador José Pimentel (PT-CE).

O deputado pernambucano é acusado de receber propina da Queiroz Galvão, que tinha um contrato de R$ 2,7 bilhões para instalação de tubovias na Refinaria Abreu e Lima.

A propina para Eduardo da Fonte teria sido paga para evitar a instalação de uma CPI no Congresso. O dinheiro também teria sido recebido pelo senador Ciro Nogueira, presidente do PP.

Eduardo da Fonte também é acusado de intermediar a aproximação do esquema de propina com o então senador Sérgio Guerra, ex-presidente do PSDB, que também teria cobrado dinheiro para inviabilizar uma CPI que ia investigar a Petrobras. (Jamildo)

Dudu da Fonte tem encontro com Lula e faz mistério…

duduelula

O presidente estadual do PP, Eduardo da Fonte, teve, ontem, em São Paulo, uma conversa com o presidente Lula sobre a sucessão em Pernambuco. No Estado, o PP ainda não decidiu quem apoiar para governador, estando entre as candidaturas do ex-secretário da Fazenda, Paulo Câmara, do PSB, e o trabalhista Armando Monteiro.

Na semana passada, a direção do PP oficializou o apoio à reeleição de Dilma, deixando nos Estados os diretórios livres para escolher o melhor caminho. Da Fonte já esteve com Paulo Câmara e o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, tratando de um possível alinhamento ao projeto estadual socialista.

Mas Lula quer o PP no palanque de Armando, posição que deve ter sido reiterada na conversa com Da Fonte, que não quis tratar do que conversou e vem fazendo mistério em relação ao palanque que levará o PP no Estado. (Magno Martins)

Eduardo da Fonte pede ao MPF punição à Celpe e à Aneel…

Eduardo-da-Fonte-PPPE

O líder do bloco PP-PROS, deputado federal Eduardo da Fonte, encaminhou ao Procurador Geral da Republica, Rodrigo Janot, representação para que sejam apurados indícios de crimes de prevaricação e condescendência criminosa por parte da direção da Celpe e da Agência Nacional de Energia Elétrica, Aneel.

O progressista, no documento enviado, alega que a Celpe é a responsável por 13% das mortes ocorridas por choque elétrico nas ruas de Pernambuco.

Segundo os próprios dados da Aneel, em Pernambuco, ocorreram 60% mais mortes do que em São Paulo e 180% a mais que o estado do Rio de Janeiro, de acordo com dados apenas de 2012.

O deputado destaca que isso faz com que a Celpe seja recordista de mortes no País.

“É evidente a irresponsabilidade da Celpe e a conivência da Aneel diante dos fatos. Em cinco anos, já foram mortos mais de 100 pessoas. Não podemos admitir esse descaso de uma empresa que, além de lucrar, agora tira a vida do povo pernambucano”, destacou o parlamentar.

Eduardo da Fonte também é autor de solicitação que está em análise, no Ministério Público Federal e no Tribunal de Contas da União, que pede a cassação do direito da Celpe de operar no estado de Pernambuco. (Jamildo)

PP abrirá consulta interna e deve anunciar posição por volta do dia 10…

JED0133

Um dia após a vereadora do Recife Michele Collins (PP) ter anunciado a retirada de sua pré-candidatura ao Governo do Estado, o presidente estadual da sigla, deputado Eduardo da Fonte, revelou que abrirá um processo de consulta interna para decidir o caminho dos progressistas no pleito estadual. O dirigente pretende ouvir todos os diretórios municipais e, na sequência, a executiva estadual da agremiação. Esse passo deverá se prolongar até o dia 10 do próximo mês, quando deverá ser revelado o destino do PP: se marchará com a postulação de Armando Monteiro Neto (PTB) ou com a de Paulo Câmara (PSB).

O PP possui 175 diretórios municipais constituídos nas diferentes regiões do Estado. “Vamos abrir esse processo, dando a oportunidade para que cada diretório informe a sua opção. É importante ouvir o que cada progressista de Pernambuco deseja para o partido. É um caminho que precisa ser tomado”, ressaltou Eduardo da Fonte, frisando que o movimento dará legitimidade à opção que será anunciada pelo PP.

Eduardo da Fonte, no entanto, preferiu não adiantar se o partido possui algum tipo de inclinação para algum dos projetos que estão postos no momento, apesar de seguir destacando que pretende apoiar a tentativa de reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT).

Em paralelo ao processo de consulta interna, Eduardo da Fonte, segundo informações de bastidores, deverá conversar com as principais lideranças dos blocos que estão rivalizando na disputa pelo Palácio do Campo das Princesas. O progressista já sinalizou que está aberto para discutir um provável ingresso na Frente Popular de Pernambuco com o ex-governador Eduardo Campos (PSB). Da mesma forma que esperava ouvir o senador Armando Monteiro Neto. (Blog da Folha)

Eduardo da Fonte solicita ao TCU investigação sobre reajuste da Celpe

eduardodafonte-580x435

Um dia depois do reajuste de 17,51% na conta de energia em Pernambuco, o deputado federal Eduardo da Fonte (PP-Pros) deu entrada no Tribunal de Contas da União (TCU) para abrir uma auditoria no processo de resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que autorizou a Celpe a aumentar a tarifa.

“A ANEEL não cumpre seu papel de agência reguladora, porque não fica a favor da população. Ela fica do lado das concessionárias, que lucram com o dinheiro do povo. Não podemos admitir esse tipo de postura. A Celpe vem piorando a qualidade do serviço, saindo da 4ª posição no ranking da Aneel para a 24ª”, afirmou o parlamentar.

Os casos de acidentes e mortes envolvendo à companhia também foram citados pelo deputado. “Em vez de punir a Celpe, a Aneel dá um prêmio um prêmio com esse aumento?”, questionou.

O que mais contribuiu para puxar o reajuste para cima foi a energia produzida pelas térmicas, que é mais cara do que a gerada pelas hidrelétricas. Os grandes consumidores, como as indústrias de grande porte terão um reajuste de 17,86%.

Eduardo da Fonte afirmou que também vai entrar com pedido de auditoria no Ministério Público Federal.

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo