Casos e mortes por coronavírus no Brasil em 3 de setembro, segundo consórcio de veículos de imprensa (atualização das 8h)
03/09/2020
Processo mais antigo da República chega ao fim
03/09/2020

Witzel sofre derrota no STJ e segue afastado

Marcelo Montanini, do Metrópoles

Minutos após a Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) atingir a maioria qualificada de 10 votos para confirmar liminar do ministro Benedito Gonçalves, o governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), se manifestou, nesta quarta-feira (2/9), pelo Twitter. Witzel disse respeitar a decisão, mas reafirmou que não recebeu qualquer valor desviado.

“Respeito a decisão do Superior Tribunal de Justiça. Compreendo a conduta dos magistrados diante da gravidade dos fatos apresentados. Mas reafirmo que jamais cometi atos ilícitos”, escreveu.

Após a segunda derrota no dia, o governador afastado do Rio de Janeiro disse que continuará trabalhando na própria defesa. “Não recebi qualquer valor desviado dos cofres públicos, o que foi comprovado na busca e apreensão. Continuarei trabalhando na minha defesa para demonstrar a verdade e tenho plena confiança em um julgamento justo”, acrescentou.

Por fim, Witzel desejou “serenidade” ao seu vice, governador em exercício, Cláudio Castro (PSC), para conduzir os trabalhos e “devolver ao povo fluminense a segurança nas ruas e, com isso, a esperança em um futuro melhor”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.