Lista com 20 motivos que levaram norte-americano a odiar ter morado no Brasil causa polêmica na web…
14/01/2014
Reflexão do dia
15/01/2014

TCE – PE aprova a Prestação de Contas 2012 do ex-prefeito João Lira, de Bom Jardim – PE…

O ex-prefeito do Bom Jardim, Agreste pernambucano, João Lira (PP),  teve as contas da gestão de 2012 aprovadas por unanimidade pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) nesta terça-feira (14), e com votação unânime pelos conselheiros daquela corte de contas públicas. Lira afirmou que a aprovação das contas é uma prova inequívoca de que o dinheiro público foi bem aplicado.

“É com muita satisfação com que venho comunicar que em sessão realizada pelos conselheiros do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco nesta terça-feira (14), foram aprovadas por unanimidade a prestação de contas do exercício financeiro de 2012, quando estive à frente da Prefeitura Municipal do Bom Jardim. Sendo assim, esta foi a última prestação de contas que faltava ser aprovada dos dois mandatos (8 anos) em que exerci o cargo de prefeito da nossa querida cidade. Agradeço a Deus e a todos os bonjardinenses que confiaram em mim dando-me a oportunidade e a felicidade de governar nosso município. Que Deus proteja a todos nós”.

Com esta expressão de regozijo, o ex-prefeito João Lira (PP) anunciou a decisão unânime do TCE – PE, através do Facebook, em relação à prestação de contas da PMBJ, relativas ao exercício financeiro de 2012.

Nos próximos dias o relatório será enviado à Câmara Municipal do Bom Jardim, para a apreciação dos edis que compõem aquela casa legislativa.

Conforme João Lira, mesmo com poucos recursos, os mesmos foram aplicados corretamente, e destacou o cumprimento dos limites constitucionais na Educação e na Saúde; pois a Constituição Federal determina 25% e 12%, respectivamente. Os gastos com pessoal também atenderam à Lei de Responsabilidade Fiscal.

Avaliando o momento vivenciado no Brasil, com as recentes manifestações que reivindicaram melhorias em todos os setores, Lira ressalta que é um momento de transformações, mas que a mudança só será efetiva quando houver a revisão do Pacto Federativo. “Os municípios não podem ficar a mercê do governo federal”, reclamou.

Sobre o processo eleitoral deste ano, João Lira preferiu se abster e deixar o debate para mais adiante, ressaltando que Bom Jardim atualmente não conta com representação (natural da cidade) na Assembleia Legislativa e aproveitou para enaltecer a figura do deputado federal Eduardo da Fonte (PP) que trabalha fortemente pelo município e região. (Foto Ênio Andrade)

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.