17/01/2018

Pernambuco tem segunda suspeita de febre amarela…

Uma segunda suspeita de febre amarela foi confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) nesta quarta-feira (17). O segundo caso contabilizado neste ano pela secretaria é de um paciente que é pernambucano mas reside em Brasília. Ele está de férias em Pernambuco e passou por áreas de risco na Bahia antes de chegar na capital pernambucana. Ele foi atendido na própria terça em uma unidade privada, com quadro de febre e dores de cabeça e no corpo, e liberado logo em seguida.  O paciente é vacinado contra febre amarela. Apesar de estar imunizado e não seguir a definição do Ministério da Saúde para caso suspeito, ele foi notificado pela unidade de saúde por ter passado por área considerada de risco na noite da última terça-feira (16). O primeiro caso registrado neste ano foi o de uma pernambucana com quadro de febre, sintomatologia que iniciou no dia 7 de janeiro, em […]
19/07/2016

Polícia prende quadrilha suspeita de tráfico, armas, roubos e receptação…

Em uma operação conjunta das policias Militar e Civil iniciada na tarde desta segunda (18) e “batizada” de Velozes e Furiosos foram presas 6 pessoas suspeitas de formação de quadrilha envolvida com tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo, roubo e receptação de veículos. Segundo a polícia, as abordagens aconteceram nos municípios de Limoeiro, João Alfredo e Bom Jardim. As investigações começaram com uma denúncia anônima de que um carro roubado em Caruaru seria vendido em João Alfredo, mas a primeira interceptação do veículo acabou sendo nas proximidades da rodoviária de Limoeiro. “As investigações estavam em andamento, mas não podemos revelar detalhes, contudo foi uma operação positiva”, resumiu o delegado Jean Rockfeller. Os policiais continuaram com as buscas em João Alfredo e Bom Jardim, resultando na prisão de Apolônio Bertino da Silva, Marizene Chaves da Silva, José Ailton da Silva, Genivaldo Lucindo de Amorim, Joseildo da Mata Bernardo […]
29/08/2014

Polícia suspeita de crime aeronáutico no jato do PSB…

Durante uma operação de busca e apreensão, a Polícia Civil encontrou na sede da AF Andrade um documento que sugere que o PSB teria alugado o jato da Cessna sem declarar, o que pode caracterizar crime aeronáutico. O grupo diz ter vendido o avião que caiu com a comitiva de Eduardo Campos (PSB). No entanto, constaria nos papéis apreendidos que os empresários pernambucanos que alegam ter comprado o avião pagaram cerca de R$ 700 mil antes de assinarem qualquer contrato. O sinal foi dado em 12 de maio e o compromisso de compra foi assinado três dias depois por João Lyra de Melo Filho. A polícia considera manobra incomum num negócio de R$ 18,5 milhões, o preço do jatinho. Leia aqui reportagem de Mario César Carvalho sobre o assunto. Portal 247