24/06/2022

Milton Ribeiro receberá salário do governo nos próximos seis meses

Por: Natasha Werneck – Estado de Minas – O ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, preso quarta-feira (22), receberá da União nos próximos seis meses cerca de R$ 26 mil de “remuneração compensatória”. O pagamento foi autorizado no último mês na Comissão de Ética Pública da Presidência. A decisão foi tomada considerando um “conflito de interesses após o exercício do cargo”. De acordo com apuração do jornal “O Estado de São Paulo”, ele foi incluído na “quarentena” do serviço público. Assim sendo, o ex-ministro, que deixou o cargo em março deste ano, receberá por ter exercido um alto cargo no governo. A quantia é liberada pelo governo federal para figuras públicas de destaque como um “auxílio desemprego” por ter acesso privilegiado a informações que podem ser usadas em novos cargos da iniciativa privada. Todo este processo da Comissão foi conduzido antes da prisão do ex-ministro e concluído em 31 de maio. Vale […]
21/06/2021

Pernambuco inicia flexibilização de restrições de atividades e serviços; veja novas regras

Portal Folha de Pernambuco Entra em vigor nesta segunda-feira (27) a nova fase das restrições do Plano de Convivência com a Covid-19 em Pernambuco. De acordo com o Governo do Estado, a melhora nos indicadores de saúde do Estado permitiu a flexibilização das atividades e serviços. As regras serão válidas, a princípio até 4 de julho.  As principais alterações no plano incluem, além da expansão dos horários, a liberação de cinemas, museus, teatros, eventos corporativos e atividades esportivas coletivas e individuais. Setores como comércio de praia, ciclofaixas e parques de diversão deverão ser regulamentados e fiscalizados pelos respectivos municípios. Os horários de funcionamento também foram ampliados com a flexibilização. A partir desta segunda-feira, as atividades poderão funcionar até 22h durante a semana. Aos sábados, domingos e feriados, a flexibilização será até 21h. As regras valem para cidades das regiões Macro I (RMR, Zona da Mata e Agreste), Macro II (Agreste) e […]
27/05/2021

Feiras agropecuárias e vaquejadas são suspensas em Pernambuco

Folha de Pernambuco A realização de competições de feiras agropecuárias e vaquejadas em Pernambuco está suspensa até 6 de junho, em razão das medidas restritivas adotadas pelo Governo do Estado para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus. A decisão foi publicada em portaria da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro) no Diário Oficial de quarta-feira (26). De acordo com a Adagro, Pernambuco possuía 23 feiras agropecuárias antes da pandemia e todas foram canceladas durante o primeiro período de quarentena, ainda em 2020.  O processo de retomada foi gradual mediante autorização da Adagro, que já contabilizava a liberação das chamadas “feiras de gado” em 15 municípios. Em conformidade com a área delimitada pelo decreto no Agreste, estão suspensas as feiras agropecuárias dos municípios de Cachoeirina, Surubim, Águas Belas, São Bento do Una, São João, Caruaru, Limoeiro, Capoeiras, João Alfredo, Custódia e Lagoa do Ouro.  Permanecem […]
26/05/2021

Novas restrições em Pernambuco começam nesta quarta (26); veja o que pode e o que não pode funcionar

Portal Folha de Pernambuco O Governo de Pernambuco publicou, na edição de ontem (25) do Diário Oficial do Estado, o decreto que regulamenta novas restrições em Pernambuco para conter a Covid-19, anunciado na segunda-feira (24). As regras começam a valer já nesta quarta-feira (26) e seguem até, pelo menos, 6 de junho. A nova atualização do Plano de Convivência com a Covid-19 divide o Estado em três grandes áreas para definir as restrições. Em 12 cidades da Gerência Regional de Saúde (Geres II), com sede em Limoeiro e em todas as 53 cidades das Geres IV (com sede em Caruaru) e V (com sede em Garanhuns) [veja lista abaixo], a quarentena será mais rígida, com proibição das atividades não essenciais inclusive durante a semana.  Na Região Metropolitana do Recife e em cidades da Mata Norte e Mata Sul [veja lista abaixo], atividades e serviços considerados não essenciais não poderão funcionar durante os finais de […]