23/06/2022

“Propina em Bíblia” e lobby de pastores: entenda o esquema investigado pela PF

Agência O Globo – A Operação da Polícia Federal que prendeu o ex-ministro Milton Ribeiro nesta quarta-feira investiga suspeitas relacionadas à atuação de pastores dentro do Ministério da Educação (MEC). Desde a posse de Ribeiro, em junho de 2020, os religiosos Gilmar Santos e Arilton Moura levaram dezenas de prefeitos para reuniões e, segundo acusações, cobravam valores entre R$ 15 mil a R$ 40 mil e até mesmo a compra de Bíblias para facilitar o repasse de verbas públicas para esses municípios. O escândalo atingiu um dos ministérios mais importantes da Esplanada, com um orçamento de R$ 159 bilhões apenas neste ano. Mas também chegou ao Palácio do Planalto: em uma conversa gravada, o ministro da Educação afirma que a prioridade dada a atender os pedidos de Gilmar e Arilton seria um pedido especial do presidente Jair Bolsonaro. Em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais na época em que […]
11/01/2022

Caso Beatriz: suspeito é identificado e confessa assassinato

Do G1/PE Seis anos, um mês e um dia depois do assassinato de menina Beatriz Angélica Mota, de 7 anos, o caso teve o desfecho. O suspeito de desferir 42 facadas na garota, dentro de um colégio particular de Petrolina, no Sertão, foi identificado pela Polícia Científica de Pernambuco e confessou o assassinato. O DNA encontrado na faca, segundo o laudo pericial, é de Marcelo da Silva de 40 anos, que está preso por outros crimes. Hoje, após ser ouvido por delegados, ele foi indiciado. No dia 10 de dezembro de 2015, a menina participava da formatura da irmã, no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora. Ela saiu do lado dos pais para beber água e desapareceu. É o que mostram as últimas imagens em que ela aparece com vida. Desde a data do assassinato, foram realizadas sete perícias. O inquérito acumulou 24 volumes, 442 depoimentos e 900 horas de imagens analisadas. […]
29/07/2021

Preso na Paraíba suspeito de envolvimento na morte de Marielle Franco

Agência Brasil Foi preso na Paraíba, ontem (28), um homem suspeito de envolvimento na morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. A prisão foi realizada pela Polícia Civil da Paraíba, que apontou Almir Rogério Gomes da Silva como sendo pertencente a uma milícia do Rio de Janeiro.  Segundo a polícia paraibana, o grupo foi citado pela viúva do capitão Adriano Magalhães da Nóbrega, morto na Bahia e suspeito de envolvimento no assassinato da vereadora, ao falar sobre quem teria matado Marielle. “A prisão foi realizada por policiais da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco), no município de Queimadas/PB. O alvo estava na companhia de outro homem, que também foi preso. O nome do alvo principal está no site www.disquedenuncia.org.br, do Rio de Janeiro. Ele já foi denunciado pelo Ministério Público do RJ, que pediu a condenação do investigado com base no assassinato de Eliezio Victor do Santos […]
07/07/2021

Aziz manda prender Roberto Dias, apontado como responsável por pedido de propina

Correio Braziliense O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, Omar Aziz (PSD-AM), mandou prender o depoente desta quarta-feira (7/7), o ex-diretor de logística do Ministério da Saúde, Roberto Dias. Ele foi indicado pelo cabo da Polícia Militar de Minas Gerais, Luis Dominghetti, como a figura de dentro do Ministério da Saúde que teria pedido propina U$ 1 por dose para para autorizar a negociação de 400 milhões de doses da vacina AstraZeneca. Durante a sessão, Dias negou a informação trazida por Dominghetti, bem como a aproximação dele com o representante da Davati. Apesar de admitir ter se encontrado com Dominghetti, em 26 de fevereiro, na presença do ex-diretor-substituto de Logística, Marcelo Blanco, Dias negou que o encontro foi previamente marcado, versão posta em xeque por meio de áudios apresentados pelos senadores.  Aziz chegou a anunciar o encerramento da sessão e chamar a Polícia Legislativa. Em seguida, senadores […]
22/05/2018

Mensalão mineiro: TJ-MG decreta prisão de Eduardo Azeredo…

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) negou o último recurso do ex-governador do estado Eduardo Azeredo (PSDB) contra a sua condenação a vinte anos e um mês pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro no processo conhecido como “mensalão tucano”. O TJ-MG decidiu decretar a prisão imediata do ex-governador de Minas Gerais. Na sessão desta terça-feira 22, os cinco desembargadores da 5ª Câmara Criminal julgaram não acolher os embargos de declaração apresentados pelo tucano contra a decisão do último dia 24 de abril, quando sua condenação foi mantida por 3 votos a 2. Com um atestado médico, o desembargador Eduardo Machado se ausentou e foi substituído por Fernando Caldeira Brant, da 4ª Câmara. Completaram o colegiado os desembargadores Adílson Lamounier, Alexandre Victor de Carvalho, Julio Cesar Lorens e Pedro Vergara. Os cinco votaram de forma unânime contra o tucano e a favor do mandado de prisão. O TJ-MG analisa um pedido do advogado de […]
18/05/2018

Prisão de Dirceu é grande derrota para o PT…

Blog do Kennedy Apesar de esperada, a ordem de prisão do ex-ministro José Dirceu é uma grande derrota para o PT. Agora, as três principais figuras do governo Lula ficarão presas. O ex-presidente da República e o ex-ministro Fazenda Antonio Palocci Filho já estão em Curitiba. Dirceu, que recebeu pena muito dura (30 anos e 9 meses), deverá se apresentar à polícia até as 17h de amanhã, conforme prazo judicial. Simbolicamente, é muito forte o aprisionamento dos três políticos mais importantes do PT. Este foi o primeiro comentário de hoje no “Jornal da CBN – 2ª Edição”. O andamento do acordo de delação de Palocci também foi abordado. Destinos ligados O destino do PT está ligado ao de Lula. Isso é o que impede uma reinvenção do partido, com novos nomes, como Jaques Wagner e Fernando Haddad. A maioria do PT não quer abandonar Lula, apesar do que pensam analistas. […]
11/04/2018

Congresso livrará políticos de prisão em outubro…

A prisão do ex-presidente Lula (PT) estremeceu o Congresso Nacional, onde há mais de 230 parlamentares com algum procedimento investigatório no Supremo Tribunal Federal (STF). No último sábado, dia da prisão do Lula, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), passou a ser cobrado a alterar o trecho da Constituição que abre margem a prisões após condenação em segunda instância. Maia conversou com Eunício Oliveira (MDB), que garantiu celeridade no andamento de uma PEC assim que chegar ao Senado. O plano articulado prevê nomear a dedo parlamentares na Comissão Especial que analisará a PEC, que proibirá prisões após condenação em segunda instância. A votação ocorrerá após as eleições em outubro para evitar levante na opinião pública. “A proposta será aprovada em votação relâmpago em outubro; do contrário, muitos estarão na cadeia se não forem reeleitos”, desabafou um dos envolvidos na Lava Jato. Nos bastidores, Rodrigo Maia e Eunício falam em […]
11/04/2018

Advogado diz que Lula estaria lendo seu primeiro livro…

Dois dias depois de se entregar à polícia, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem procurado ler na carceragem da Polícia Federal de Curitiba para passar o tempo, segundo seu advogado, Cristiano Zanin. O petista, no entanto, não tomou banho de sol e optou por ficar na cela lendo “A elite do atraso, da escravidão à Lava-Jato”, de Jessé Souza. Ao sair do prédio da PF, o advogado também contou que o ex-presidente assistiu à final do campeonato paulista, no domingo, já que a televisão aberta local não pôde transmitir a final do campeonato paranaense. “Naturalmente, ele ficou contente com o título” — diz ele, sobre a vitória no Campeonato Paulista. Zanin relatou que o petista permanece bem, “embora indignado por estar preso sem ter cometido crimes”. Ainda não há informações sobre visitas de familiares e nem se ele ouve as manifestações que acontece, ao lado de fora do prédio da […]
09/04/2018

Voto de Rosa deve garantir prisão na 2ª instância…

O Supremo Tribunal Federal deve discutir na quarta-feira pedido de liminar do Partido Ecológico Nacional para que sejam impedidas as prisões de condenados na segunda instância. Relator da causa, o ministro Marco Aurélio Mello planeja dividir a decisão com os seus dez colegas. O PT aposta numa mudança da jurisprudência em vigor desde 2016. Isso colocaria Lula em liberdade. Contudo, os próprios ministros da banda da Suprema Corte contrária às prisões estão pessimistas quanto à possibilidade de reviravolta. O voto decisivo será novamente o da ministra Rosa Weber. Ela sinaliza internamente a propensão de manter inalterada a jurisprudência. Em 2016, o Supremo deliberou três vezes sobre a matéria. Em todas elas manteve o entendimento segundo o qual a prisão de sentenciados em segunda instância não afronta o princípio constitucional da presunção de inocência. Na última votação, realizada em outubro de 2016, essa posição prevaleceu por 6 votos a 5. Rosa […]