11/04/2018

Congresso livrará políticos de prisão em outubro…

A prisão do ex-presidente Lula (PT) estremeceu o Congresso Nacional, onde há mais de 230 parlamentares com algum procedimento investigatório no Supremo Tribunal Federal (STF). No último sábado, dia da prisão do Lula, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), passou a ser cobrado a alterar o trecho da Constituição que abre margem a prisões após condenação em segunda instância. Maia conversou com Eunício Oliveira (MDB), que garantiu celeridade no andamento de uma PEC assim que chegar ao Senado. O plano articulado prevê nomear a dedo parlamentares na Comissão Especial que analisará a PEC, que proibirá prisões após condenação em segunda instância. A votação ocorrerá após as eleições em outubro para evitar levante na opinião pública. “A proposta será aprovada em votação relâmpago em outubro; do contrário, muitos estarão na cadeia se não forem reeleitos”, desabafou um dos envolvidos na Lava Jato. Nos bastidores, Rodrigo Maia e Eunício falam em […]
13/07/2017

Anatel pode adiar início de bloqueio de celulares piratas marcado para outubro…

O Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) vai decidir nos próximos dias quando as operadoras deverão começar o processo de bloqueio dos telefones irregulares no mercado brasileiro. A previsão inicial da Anatel era que o cancelamento das linhas começasse a ser feito em meados de outubro, mas operadoras solicitaram uma adequação no prazo para implementar o processo. “A área técnica recebeu o pedido e vai trabalhar para encaminhar a proposta para o conselho. O conselho vai decidir o cronograma que vai entrar em vigor”, explicou o presidente da Anatel, Juarez Quadros. Antes de bloquear os celulares, as operadoras deverão avisar os clientes que têm aparelhos não regularizados e somente depois de 75 dias poderão bloqueá-los. Segundo a Anatel, o número de celulares que podem ser bloqueados ainda não é conhecido, mas somente serão desligados os aparelhos que forem ativados após o início de envio de mensagens pelas operadoras para […]
04/11/2016

Pernambuco foi o estado que mais gerou empregos formais no Brasil no mês de setembro…

Foram 15,7 mil trabalhadores com carteira assinada de saldo positivo da conta de admissões menos as demissões. Os números contribuíram, inclusive, para o Nordeste, que fechou o mês como a região que mais promoveu empregos formais no Brasil. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) pelo Ministério do Trabalho. Os números mostram que a indústria de transformação foi o maior empregador no estado, ocupando quase 8,2 mil pessoas a mais que o número de demissões no setor. Em seguida, a Agropecuária fechou o mês contratando mais de 7 mil pessoas acima do número de desligamentos. De acordo com o coordenador geral de estatísticas do trabalho, do Ministério do Trabalho, Mário Magalhães, a cana-de-açúcar foi o efeito responsável pelo movimento no emprego. (waldineypassos)