13/08/2014

Morte de Eduardo Campos (G1)…

O candidato a presidente do PSB, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, morreu na manhã desta quarta-feira (13) após a queda do jato particular em que viajava em um bairro residencial em Santos, no litoral paulista. Campos tinha uma programação de campanha em Santos nesta quarta. Ele não compareceu a nenhum dos compromissos. O candidato participaria às 8h, às 9h30 e às 14h30 de entrevistas em emissoras de televisão locais, concederia uma entrevista coletiva às 10h30 e participaria de um seminário sobre o porto local às 12h30. A bordo da aeronave, estariam sete pessoas, dos quais cinco passageiros, entre eles Campos. O governador Geraldo Alckmin se deslocou para Santos depois de tomar conhecimento da morte de Campos. Em 2005, no mesmo dia (13 de agosto), morreu o avô do presidenciável, Miguel Arrais, de quem Campos era herdeiro político. “Estamos muito chocados com tudo”, afirmou o deputado federal Marcio França (PSB), […]
24/07/2014

Políticos lamentam falecimento de Ariano Suassuna…

Após a divulgação da morte de Ariano Suassuna, vários políticos de Pernambuco lamentaram o falecimento do escritor e dramaturgo. Confira alguns depoimentos: Paulo Câmara (PSB), candidato ao Governo do Estado “O Brasil perde muito com a morte do mestre Ariano que tanto contribuiu com a cultura, defensor intransigente das nossas raízes, e que no campo político sempre esteve junto com as forças populares com Pelópidas Silveira, Miguel Arraes e Eduardo Campos. Isso é uma perda irreparável para todos nós”. Raul Henry (PMDB), deputado federal  “Eu acho que Ariano era a maior expressão da cultura nordestina e brasileira. Vejo na obra dele a criação de uma nova estética. Só quem consegue isso são os gênios da arte”, afirmou o parlamentar, completando que a obra de Ariano representa uma síntese entre o erudito e o popular. Jarbas Vasconcelos (PMDB), senador “Ariano Suassuna deixará uma lacuna irreparável na cultura brasileira, não apenas por […]
02/07/2014

Acidente automobilístico na zona rural de João Alfredo.

Grave acidente ocorreu na tarde desta quarta-feira (02) na povoação do Cascavel, zona rural de João Alfredo. Nas ferragens do veículo Toyota Bandeirante estava o corpo do agricultor José Soares da Silva, de 67 anos. O veículo Toyota Bandeirante de carroceria, com três ocupantes, cujo motorista foi identificado por Paulo, capotou nas proximidades do sítio de propriedade do pecuarista Zezinho Elias. Fala-se que José Soares da Silva estava sendo socorrido em virtude de um mal súbito, e no veículo seguia para o hospital de João Alfredo.  O corpo foi encaminhado ao IML-Recife e será sepultado amanhã no Cemitério de João Alfredo. ________________________________________  Nota do Blog Segundo o laudo do IML, o Sr. José Soares da Silva, que estava sendo socorrido por ocasião do citado acidente, faleceu de infarto fulminante. O blog quis apenas informar esta ocorrência, jamais culpando o motorista do veículo pelo trágico acontecimento.  Na verdade, noticiamos um acidente […]
19/04/2014

Morre o narrador esportivo Luciano do Vale…

O narrador esportivo Luciano do Valle, de 70 anos, morreu na tarde deste sábado (19) em Uberlândia, depois de passar mal e ser internado em um hospital particular da cidade. Ele saiu de São Paulo (SP) e foi socorrido ainda no aeroporto do município mineiro, pelo Corpo de Bombeiros. A morte do narrador foi confirmada pela Band, emissora para a qual ele prestava serviços. O narrador chegava a Uberlândia para cobrir o jogo entre Atlético-MG e Corinthians, que acontece no domingo (20) no Estádio Parque do Sabiá, pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro (Brasileirão). De acordo com informações preliminares do hospital particular, o narrador deu entrada direto na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A causa da morte ainda não foi confirmada e o hospital ainda não passou mais detalhes sobre o ocorrido à reportagem. Histórico Luciano do Valle Luciano do Valle Queiroz era natural de Campinas e trabalhava atualmente na TV Bandeirantes. Ele foi narrador […]
24/03/2014

A morte do Telefone…

Você ainda usa o telefone fixo? Provavelmente cada vez menos. Entre 2005 e 2012, houve uma queda de 19% no faturamento bruto das operadoras brasileiras com telefonia fixa. Segundo a consultoria Teleco, somente até setembro de 2013, o recuo ficou em 5%, na comparação com o mesmo período do ano anterior. Quando o Sistema Telebrás foi privatizado, em 1998, a telefonia fixa era serviço essencial, e todo o modelo regulatório das telecomunicações foi desenhado para garantir sua continuidade. Empresas como a Telefônica Vivo e a Oi são concessionárias do serviço. Por isso, são submetidas a regras rígidas e a União tem o compromisso de assumir as concessões caso haja algum problema grave. As operadoras celulares e a GVT são autorizatárias, com menos regras e compromissos. O problema é que o mercado mudou. Antes elitista, o celular passou a ser o serviço mais usado no País. A bandalarga nem existia na época da privatização. Em 2005, a telefonia fixa era […]
22/01/2014

Haverá modificações nas pensões por morte…

Benefício que custa 3% do Produto Interno Bruto (PIB) ao País em todos os regimes previdenciários, as pensões por morte devem ter suas normas alteradas em breve pelo governo, mostra matéria publicada ontem (21) pelo jornal O Estado de S. Paulo. Consideradas em recente estudo comparativo do Banco Mundial como as regras mais favoráveis do mundo, o modelo brasileiro tem contribuído bastante com os históricos de grandes déficits da Previdência. O País gasta R$ 140 bilhões por ano com essas pensões, concedidas com regras em vigor desde a Constituição Federal de 1988, quando a diferença entre arrecadação e pagamento de benefícios pesava menos no Orçamento da União. São as chamadas “fraudes legais”. Parte desse arsenal, e um dos alvos preferenciais do governo na reforma das regras, é a concessão vitalícia pelo limite máximo do benefício (atualmente em R$ 4.390 mensais) mediante o pagamento de uma única contribuição. O governo aposta […]