30/06/2022

Pernambuco estende emergência de saúde pública por causa da Covid-19 até 30 de setembro

Por Fabio Nóbrega/Folha de Pernambuco – Decreto assinado pelo governador Paulo Câmara estende o estado de emergência em saúde pública em razão da Covid-19 em Pernambuco até o dia 30 de setembro de 2022. O texto está publicado na edição desta quinta-feira (30) do Diário Oficial do Estado. Em âmbito nacional, o governo federal encerrou a emergência em 22 de maio.   Para justificar a prorrogação da emergência, o decreto considera “as recentes quebras no padrão de redução de casos de Covid-19”. Pernambuco notificou, na quarta-feira (29), mais de 3 mil casos em 24 horas, patamar que não era registrado há quase quatro meses. O Estado também observa a circulação das subvariantes BA.4 e BA.5 da cepa ômicron, consideradas mais transmissíveis. Outra justificativa citada pelo Governo do Estado para a ampliação do prazo da emergência de saúde pública é o “aumento de circulação de outros vírus respiratórios” que “ensejaram a necessidade da ampliação de ofertas de leitos e serviços médicos e […]
10/06/2022

Shows, prefeituras e situação de emergência

Por João Batista Rodrigues*/Via Blog Magno Martins – Após o cantor Zé Neto, que faz dupla com Cristiano, criticar a cantora Anitta e os artistas patrocinados pela Lei Rouanet, surgiram várias denúncias de cachês milionários pagos a sertanejos, com dinheiro público e sem licitação. Shows foram cancelados por todo o Brasil, em Pernambuco sobrou para o cantor João Gomes, que teve show de R$ 350.000,00 (trezentos e cinquenta mil reais), na cidade de Bom Conselho, cancelado por cautelar do Tribunal de Contas do Estado. No comparativo entre os artistas patrocinados pela Lei Rouanet e os shows decorrentes de inexigibilidade de licitação realizados pelas Prefeituras, em primeiro lugar a enorme discrepância de valores, enquanto na Lei de incentivo ao cachê de um artista solo não pode ser superior a R$ 3.000 (três mil reais), na contratação de artistas com notoriedade não existe limite, o preço é aceito mediante apenas a comprovação de […]
03/06/2022

Com um saldo de 128 mortos, bombeiros encerram buscas no Grande Recife

Por Magno Martins – A tragédia provocada pelas chuvas em Pernambuco deixou um saldo de 128 mortos, a maioria deles em deslizamentos de barreiras no Grande Recife. O corpo da última desaparecida, Mércia Josefa do Nascimento, de 43 anos, foi encontrado em Camaragibe, na manhã de hoje, encerrando as buscas dos bombeiros por vítimas do desastre. As informações são do G1/Pernambuco. Considerado o segundo maior na história do estado devido ao total de vítimas, o desastre deixou 9.302 desabrigados e 31 cidades em situação de emergência.
30/05/2022

Marília Arraes propõe criação de Comissão Temporária Externa para acompanhar situação de emergência em Pernambuco por conta das chuvas

A deputada federal e pré-candidata ao Governo de Pernambuco, Marília Arraes, apresentou um requerimento, na Câmara dos Deputados, nesta segunda-feira (30), solicitando a criação de uma Comissão Temporária Externa com a missão de acompanhar a situação de emergência em Pernambuco por conta das fortes chuvas que caíram o estado nos últimos dias e deixaram mais de 90 mortos, 26 desaparecidos e 3957 desabrigados. “O objetivo da Comissão Temporária Externa é acompanhar e avaliar a situação de emergência no nosso estado e aplicar corretamente os recursos destinados ao apoio e reestruturação das cidades atingidas e das famílias que estão sofrendo por conta da chuva”, afirma Marília.
24/09/2018

Emergência do Getúlio Vargas recebe 72 novos leitos…

Salas sinalizadas de acordo com a gravidade do paciente, consultórios de clínica médica, cirurgia geral, traumatologia e cirurgia vascular, espaço para serviço social e sala de inalação/medicação integram a conclusão das obras de readequação da emergência do Hospital Getúlio Vargas (GHV), localizado no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife. A entrega dos 72 novos leitos foi feita nesta segunda-feira (24), pelo secretário estadual de saúde, Iran Costa.  “A ampliação da emergência do HGV é uma necessidade diagnosticada pela Secretaria. Os pacientes serão beneficiados pela qualificação do ambiente, que ganhou mais equipamentos e mais facilidade de acolhimento dos pacientes”, comentou o gestor.  Para o diretor do hospital, Gustavo Souza Leão, a ampliação não vai resolver todos os problemas de lotação do hospital, mas vai diminuir consideravelmente o número de pacientes à espera de um leito. “Tínhamos uma emergência que ficou deteriorada com o tempo e agora temos mais condições de conforto, qualidade e novos equipamentos, tanto para os pacientes quanto para os profissionais de […]