17/09/2018

Quase metade dos eleitores brasileiros ainda não sabem em quem votar…

Por: Correio Braziliense A menos de três semanas de uma das eleições mais curtas e disputadas da história do país, há um contingente populacional capaz de definir o nome dos dois presidenciáveis que seguirão para o segundo turno. Trata-se de pelo menos 68 milhões de votos, quase metade do total registrado no cadastro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgado em agosto. É tanta gente que, para dimensionar a grandeza, seria preciso somar todos os moradores de São Paulo e Minas Gerais, os dois estados mais populosos do país. Para chegar ao número, o Correio cruzou dados das pesquisas mais recentes na tentativa de identificar eleitores capazes de serem capturados por um candidato. Eles estão entre aqueles que preferiram não escolher um nome ou estão indecisos, somados com quem apontou para um político, mas não tem tanta certeza — neste último grupo, o percentual chega a 45%. Antes de buscar o resultado, […]
12/05/2018

Eleição para o Legislativo desperta perigosa apatia…

Josias de Souza Muitos imaginaram que a roubalheira revelada pela Lava Jato produziria um eleitor mais ligado. A menos de seis meses da eleição, o que se vê é o contrário. Disseminam-se entre os brasileiros o desinteresse e o desencanto. Na disputa presidencial 28% não têm candidato, indica o Datafolha. Na disputa pelas cadeiras do Congresso a alienação é ainda maior. Não há uma pesquisa pública. Mas, excluindo-se os pais e os filhos dos candidatos, 100% dos eleitores não devem ter a mais remota ideia do que fazer com os seus votos para o Legislativo. Historicamente, o eleitor dá pouca importância à escolha de deputados e senadores. Esse desinteresse resultou no Congresso que aí está –meio balcão de negócios, meio templo de corporações, meio bordel. Não é fácil a vida do eleitor, é preciso reconhecer. Numa disputa para o Poder Legislativo, as caras são tantas que acabam não sendo nenhuma. […]
18/01/2018

Levantamento aponta honestidade como fator prioritário para 72% dos eleitores…

Henrique Gomes Batista / O Globo Uma pesquisa inédita feito pela Ideia Big Data para o Brazil Institute do Wilson Center, aponta um descrédito da população brasileira com o Congresso, a falta de interesse com o Legislativo e expectativas de poucas mudanças com as eleições de novembro. O levantamento aponta que 72% dos eleitores escolheram temas relacionados à honestidade como prioridade na hora de votar em seus deputados e senadores. “Trabalho há quinze anos com pesquisas de opinião e nunca vi uma liderança tão forte de temas relacionados à honestidade na cabeça dos eleitores”, afirmou Maurício Moura, presidente da Ideia Big Data. O levantamento foi feito com 5.003 pessoas em 37 cidades brasileiras entre os dias 9 e 13 de janeiro e será base para um debate que o Brazil Institute promove na manhã desta quarta-feira, dia 17, no Wilson Center com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). […]
27/12/2017

Pesquisa: 4 em 10 eleitores não votam em deputado federal…

Jornal do Brasil De acordo com um levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, 41% dos brasileiros têm a intenção de anular o voto para deputado federal. A pesquisa, feita com mais de 2 mil eleitores de 25 estados e do Distrito Federal, revela que a disposição para anular o voto é ligeiramente maior entre os menos escolarizados. Ainda de acordo com os dados, entre os entrevistados com ensino superior, 38,5% pretendem anular o voto para deputado, enquanto 42,1% dos que têm o ensino fundamental mostram o mesmo desejo. Outros 11% não sabem ainda o que fazer com seu voto. A pesquisa ouviu 2.020 eleitores em todo o Brasil entre os dias 18 e 21 de dezembro. A margem de erro para os resultados gerais é de 2%. (Esmael)
29/12/2016

Eleitor tem até hoje para justificar ausência no segundo turno…

Quem não votou no segundo turno das eleições municipais de 2016 tem até hoje (29) para justificar a sua ausência junto à Justiça Eleitoral. Para tanto, o eleitor deve preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral (disponível na internet) e entregá-lo em qualquer cartório eleitoral, onde deve apresentar também um documento oficial original com foto, como carteira de identidade (RG), carteira de habilitação ou carteira de trabalho. Devem ser anexados ainda documentos que comprovem o motivo da ausência, tais como atestado médico ou comprovante de viagem. A justificativa será analisada por um juiz eleitoral, que pode acatar ou não a explicação dada pelo eleitor. O portador de título eleitoral que não justificar a ausência fica sujeito a diversas sanções, como requerer passaporte ou carteira de identidade; receber salário de entidades públicas ou assistidas pelo governo; solicitar empréstimos em qualquer banco ou estabelecimento de crédito subsidiado pelo governo; inscrever-se em concursos públicos […]
17/03/2015

Datafolha confirma: o ato de domingo foi de eleitores do Aécio…

O jornal Folha de São Paulo, edição de 17.03.2015, revela o que todos já sabiam: os protestos de domingo (15) foram comandados por eleitores de Aécio Neves (PSDB), derrotado por Dilma Rousseff na ultima disputa presidencial. Os sinais eram evidentes, mas ainda não tinham sido mensurados. A ausência de críticas ou cobranças contra a roubalheira do metrô de São Paulo e mesmo da falta de água após 20 anos de governo tucano eram pistas mais do que suficientes para evidenciar que os protestos nada mais eram do que a “marcha” de uma direita raivosa, sem qualquer compromisso com a soberania nacional (apelo ao golpe e aos americanos, em inglês), racista, anti-povo, reacionária até a medula, de tradição golpista e corrupta.  O que o instituto DataFolha fez foi quantificar esse conteúdo: 82% dos presentes ao ato da direita votaram em Aécio Neves no 2º turno de 2014. São pessoas com nível […]
26/10/2014

Eleitores se dirigem ao comitê do PT na Boa Vista…

O clima é de animação no comitê de Dilma no Recife, localizado no cruzamento da Rua do Príncipe com a Gervásio Pires, na Boa Vista. O espaço em frente ao comite está tomado de pessoas. Cerca de 300 eleitores estão confiantes na vitória e entoam gritos de guerra, ornados com bandeiras e chapéus da petista. Eles recebem o apoio dos motoristas que passam buzinando no local. Tereza Leitão e Humberto Costa já estão no comitê. Tereza Leitão afirmou que está animada. O PT encomendou duas pesquisas de boca de urna nacionalmente. E o resultado: está Dilma com 52% e Aécio 48%, e Dilma 53% e Aécio 47%. Ela recebeu informações, também de boca de urna em relação ao estado de Pernambuco, com vitória petista na Zona da Mata, nos municípios de Ribeirão, Gameleira, Cortez, Palmares, Goiana e outros. No Agreste do estado a votação está sendo expressiva e pode haver […]
29/09/2014

Eleitores já podem consultar o local de votação…

Os eleitores que não sabem onde vão votar no dia 5 de outubro já podem fazer uma consulta rápida no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A pesquisa pode ser feita a partir do nome completo do eleitor ou com o número do título eleitoral. O site também informa onde pessoas que votarão no exterior ou solicitaram voto em trânsito deverão comparecer. Nesses casos a votação será só para o cargo de presidente da República. Para receber os votos em trânsito 216 seções foram criadas. Quem preferir também poderá fazer a consulta por meio de aplicativos que podem ser baixados gratuitamente emsmartphones que utilizam sistema iOS ou Android. Segundo a Justiça Eleitoral, as seções no exterior funcionarão nas sedes das embaixadas, em repartições consulares ou em locais onde existam serviços do governo brasileiro. As missões diplomáticas ou repartições consulares comunicarão aos eleitores votantes no exterior o horário e o local da votação. Apenas os eleitores que estiverem […]
24/09/2014

Eleitores podem tirar segunda via do título até quinta-feira (25)…

Os eleitores têm até a quinta-feira (25) para tirar a segunda via do título de eleitor nos cartórios eleitorais de Pernambuco. Para quem perdeu ou teve o documento extraviado, entre outros casos, pode ter a segunda via impressa na hora, sem custo adicional. Para retirar a segunda via é preciso levar um documento oficial com foto. Depois do prazo estipulado, o eleitor só vai poder fazer a segunda via após o primeiro turno das eleições. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) lembra que, sem o título, o eleitor fica impedido de, por exemplo, fazer inscrições em concursos e vestibular. “O título propriamente dito não é obrigatório para votar, mas é obrigatório para abertura de conta, para inscrição no vestibular, concursos públicos, emissão de passaporte, empregos”, afirma o assessor da Corregedoria do TRE, Orson Lemos. (G1)