26/05/2021

Ex-prefeitos podem disputar eleições em 2022

Por Edmar Lyra A disputa municipal do ano passado encerrou gestões de oito anos de prefeitos eleitos em 2012 ou interrompeu projetos que buscavam a recondução. Com o término dos mandatos, alguns nomes já se preparam para disputar mandatos eletivos em 2022, a começar pelo ex-prefeito do Recife Geraldo Julio que tem seu nome colocado pelo PSB como a principal opção para a sucessão de Paulo Câmara. Mas não é apenas para o Palácio do Campo das Princesas que temos postulantes que deixaram suas prefeituras; também surgem opções para a Assembleia Legislativa de Pernambuco e para a Câmara dos Deputados. Os ex-prefeitos do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral, e de Vitória de Santo Antão, Aglailson Júnior, são opções do PSB para a Câmara dos Deputados no próximo ano. Apesar de ter um apoio formal ao deputado federal Fernando Filho, o ex-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, tem […]
26/08/2018

Maria Sebastiana apresenta seus candidatos a deputado às eleições de 2018 em João Alfredo…

Na tarde de sábado (25) a prefeita Maria Sebastiana (PSD) promoveu concorrida reunião na localidade do Jenipapo, zona rural sul de João Alfredo, para apresentar seus candidatos Romário Dias (PSD-deputado estadual) e André de Paula (PSD-deputado federal) nas eleições vindouras. O evento contou com considerável participação popular e de diversas lideranças, a exemplo do vice-prefeito Zeca Falcão (PSD), dos vereadores David Santos (PSD-presidente da CMJA), Adriano Santos (PSD), Júnior Dezim (PSD), André Xavier (PSD), Leide da Melancia (PSD), Walque Dutra (PSD) e Alexandre Mendes (PTB), além de suplentes de vereador, comprovando a união do grupo político liderado pela prefeita. Por ter que ainda cumprir outros compromissos naquela tarde, o deputado federal André de Paula foi um dos primeiros a usar da palavra externando sua satisfação em contribuir para o desenvolvimento de João Alfredo nos últimos anos, “atendendo aos pleitos desta abnegada prefeita Maria Sebastiana e intercedendo junto ao Governo Federal”. […]
18/03/2018

Deputados e senadores recebem R$ 7,4 mil ao ano para alimentação….

O Globo – Coluna de Lauro Jardim Por Lauro Jardim Os 513 deputados federais e 81 senadores receberam, entre 2015 e 2017, uma média de R$ 7,4 mil por ano a título de verba para alimentação, de acordo com um levantamento inédito do Ranking dos Políticos, portal que acompanha as despesas de congressistas.  Já cada aluno dos ensinos fundamental e médio da rede pública ganhou em merenda escolar o equivalente a R$ 394 por ano no mesmo período.
28/09/2017

Opinião: Tudo de novo, com Temer negociando com deputados para escapar do processo…

Por Pedro do Coutto O título sintetiza e até coloca uma lente de aumento no sistema político que funciona no país, destacando a troca de concessões por votos salvadores e escapistas. O povo, que não é consultado, paga a conta de mais essa ação de suborno e tampouco tem a possibilidade de obter desconto no Imposto de Renda da parte que lhe cabe na história e que no final das contas sai de seu bolso. Aliás, como sempre. Desta vez a fatura é triplicada, porque além de Michel Temer estão em jogo os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco. Que Rodrigo Maia, presidente da Câmara Federal, defenda a unificação do processo compreende-se com base em sua visão política e seu afinidade com Moreira Franco. Mas surpreende que deixa a entender que a tese tenha sido encampada também pela ministra Carmen Lúcia, Presidente da Corte Suprema. Estou baseando esse comentário na reportagem de […]
20/07/2017

PSB: Temer e Maia acusados de cooptar deputados…

O presidente do PSB, Carlos Siqueira, acusou recentemente o presidente Michel Temer e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de tentar cooptar deputados da bancada socialista para seus partidos, PMDB e DEM, em vez de trabalhar em favor da recuperação do país. “Um presidente da República, e um que parece pretender ser presidente, em vez de discutir os graves problemas do país, capta deputados agindo cada um como chefes de partido”, disse Siqueira à Reuters. “Isso sim eu acho grave, o momento para quem tivesse espírito público não comporta esse tipo de ação.” Ele afirmou que o ingresso ou a saída do partido é uma decisão intransferível de cada um, mas defendeu que é preciso que os filiados “se ajustem” às posições históricas do partido –como no caso da reforma trabalhista, que a cúpula orientou voto contra. Siqueira frisou, porém, que nos últimos meses conseguiu filiar cinco deputados federais. […]
15/07/2017

Planalto libera R$ 1 bilhão a deputados e senadores…

Folha de S. Paulo – Camila Mattoso e Ranier Bragon O Planalto liberou nos últimos dois meses R$ 1 bilhão para projetos de emendas de parlamentares. O valor é 31% maior do que o mesmo período do ano passado, quando Michel Temer ocupava o cargo de presidente interino após afastamento de Dilma Rousseff. Os pagamentos acontecem em meio à ofensiva de Temer contra as acusações que lhe foram feitas pela PGR (Procuradoria-Geral da República) de corrupção passiva. O levantamento foi feito pela Folha no “SIGA Brasil”, sistema de informações do Orçamento federal. A delação da JBS, que provocou a maior crise desta gestão, foi divulgada em maio. Em junho, o procurador-geral, Rodrigo Janot, apresentou denúncia contra Temer. “Quem apoia, tem a verba”, disse o deputado Lincoln Portela (PRB-MG), que apesar de ser de um partido governista, foi sacado da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) para dar lugar a um […]
25/04/2017

PSB proíbe seus 35 deputados de votar por reforma da Previdência…

A cúpula do PSB “fechou questão”, como se diz no vocabulário político, contra as reformas trabalhista e da Previdência. Isso significa que os deputados do partido poderão ser punidos caso votem a favor das mudanças. Trata-se da 1ª legenda governista a se posicionar formalmente contra os principais projetos do Planalto. Houve uma reunião no final da tarde de ontem (24) entre caciques do partido. A reforma da Previdência teve rejeição maior do que a trabalhista. Foram 20 votos de oposição contra 5 favoráveis às mudanças no sistema de aposentadorias. As mudanças nas leis que regem as relações de trabalho foram rejeitadas por 20 votos a 7. O PSB ocupa 1 ministério importante na Esplanada, o das Minas e Energia. O titular é o deputado Fernando Coelho Filho, que é contra a decisão do PSB. Em tese, partidos que têm representantes no 1º escalão do governo devem fidelidade ao governo nas […]
15/06/2016

Única saída para Cunha: delatar os 150 que comprou…

Não é mistério, em Brasília, que o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) montou uma base de apoio parlamentar própria a partir do dinheiro. Assim ele se tornou líder do PMDB e, em 2015, presidente da Câmara dos Deputados. O que se estima, no parlamento, é que Cunha tenha, ao menos, 150 deputados fiéis, além de pelo menos uma dezena de senadores – e isso sem contar em alguns dos ministros mais próximos do presidente interino Michel Temer. Depois de ontem, quando viu seu processo de cassação avançar no conselho de ética da Câmara dos Deputados, Cunha ficou sem saída. Isso porque, no mesmo dia, um juiz do Paraná determinou o bloqueio dos seus bens, dos seus familiares e também de suas empresas, como a emblemática Jesus.com   Continua…
06/06/2016

Deputados querem aumentar seus salários: R$ 39,3 mil…

Após a aprovação, na Câmara, do reajuste salarial de diversas carreiras, deputados deflagraram movimento para elevar os próprios rendimentos. Ficaram animados com o aumento de 16% concedido aos ministros do STF, cujos salários passaram a R$ 39,3 mil. O vencimento de um magistrado da corte é o limite do que podem ganhar os parlamentares. A articulação, ainda reservada, esbarra num efeito colateral: um aumento em seus salários fatalmente despertará a ira do eleitorado. Congressistas ganham R$ 33,8 mil — o salário atual dos ministros do STF, que deve sofrer reajuste. O Planalto morre de medo que o aumento para congressistas ganhe força. De um lado, avalia que o desgaste social também atingiria Temer. De outro, antevê dificuldade de brecar a medida diante da necessidade de aprovar reformas. (Coluna Painel – Folha de S.Paulo