03/12/2021

Bolsonaro terá que tomar vacina ou apresentar PCR para posse de Mendonça

Correio Braziliense Para participar da posse de André Mendonça como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Jair Bolsonaro terá que se vacinar ou ainda apresentar um teste negativo para covid-19. A solenidade está marcada para o próximo dia 16. Uma resolução assinada pelo ministro Luiz Fux no final de outubro prevê que todos os frequentadores da Corte, tanto do público interno quanto do público externo, deverão apresentar certificado de vacinação. As pessoas não vacinadas deverão apresentar teste RT-PCR ou teste antígeno negativos para covid-19 feito 72h anteriores à visita. O uso de máscaras também continua obrigatório. No último dia 30, o advogado de Bolsonaro, Frederick Wassef, foi barrado no prédio por não apresentar o comprovante de vacinação. Nessa quinta-feira (2), durante solenidade no Planalto, Bolsonaro voltou a criticar o “passaporte da vacina”. O chefe do Executivo disse que o país “não aguenta mais” um novo lockdown, pediu às […]
02/12/2021

São Paulo registra terceiro caso da variante Ômicron no Brasil

Agência Brasil Foi confirmado ontem (1) o terceiro caso de paciente com a variante Ômicron no Brasil. O homem de 29 anos vindo da Etiópia desembarcou em Guarulhos, sem sintomas, mas fez o teste que deu positivo para Covid-19 no último sábado. O homem havia sido vacinado com as duas doses do imunizante da Pfizer. A amostra deste terceiro caso foi sequenciada geneticamente pelo Instituto Adolfo Lutz. Além dele, outros dois pacientes, um homem de 41 anos e uma mulher de 37, provenientes da África do Sul, tiveram a confirmação da presença da variante Ômicron. A verificação foi feita pelo Adolfo Lutz na tarde de ontem, após sequenciamento genético feito pelo laboratório do Hospital Israelita Albert Einstein. O casal havia sido vacinado com o imunizante da Janssen na África do Sul, de acordo com informações atualizadas nesta quarta-feira (1º) pela vigilância municipal de São Paulo.
01/12/2021

Anvisa: Dois casos da variante Ômicron são identificados no Brasil

Agência Brasil A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou na tarde de ontem (30) que serão enviadas para análise laboratorial as amostras de dois brasileiros que, em análise preliminar, apresentaram resultado positivo para a variante Ômicron do novo coronavírus. A testagem foi realizada pelo laboratório Albert Einstein. O caso positivo investigado é de um passageiro vindo da África do Sul e que desembarcou no aeroporto internacional em Guarulhos, São Paulo, no dia 23. O passageiro portava  resultado de RT-PCR negativo e ia voltar para o país africano no dia 25 e ia fazer novo teste, acompanhado de sua mulher, para poder embarcar. Nesse novo teste os dois testaram positivo para a covid-19 e foi feita a comunicação ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) de São Paulo. O laboratório Albert Einstein fez o sequenciamento genético das amostras e notificou a Anvisa sobre os resultados positivos e informou hoje que […]
15/11/2021

Banco de sangue convoca voluntários para doarem neste feriado

Folha de Pernambuco Com baixo estoque de sangue, o Banco de Sangue Hemato, no bairro da Boa Vista, região central do Recife, vai funcionar hoje, em pleno feriado da Proclamação da República, das 7h às 18h, para receber os possíveis doadores, que queiram de disponibilizar em ajudar a reverter essa situação de precariedade. De acordo com a instituição, nos períodos de feriados prolongados, há uma queda acentuada nos estoques sanguíneos, pois muitas pessoas programam lazer, viajam e se esquecem de agendar a doação. Qualquer tipo sanguíneo Ainda segundo o Hemato, atualmente todos os tipos de sangue são necessários no abastecimento do banco. Por isso, o apelo é para que os já  doadores compareçam ao Banco de Sangue para praticar solidariedade e ajudar a salvar até quatro vidas, e deixar uma margem segura para os atendimentos aos pacientes internados nos hospitais. O procedimento é rápido, dura em média 40 minutos. A […]
13/11/2021

Anvisa avaliará autorização de vacina da Pfizer a crianças de 5 a 11 anos

Agência O Globo A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu ontem (12/11) o pedido para incluir crianças de 5 a 11 anos da bula da vacina Comirnaty, produzida pela Pfizer. O resultado da análise sai em até 30 dias. Segundo o pedido, a dosagem será reduzida, já que estudos mostram que a faixa etária precisa de dose menor que a administrada em jovens a partir de 12 anos. A Pfizer propôs fabricar frascos de cores diferentes para especificar o que será destinado a cada público. “A análise técnica feita pela Anvisa será feita de forma rigorosa e com toda a cautela necessária para a inclusão deste público específico”, diz a nota da Anvisa. — Precisamos vacinas as nossas crianças porque elas são uma fonte importante de transmissão. Nós temos também a flexibilização que vem se acelerando muito no país apesar das nossas coberturas vacinais não autorizarem (essa medida), do […]
25/08/2021

Bolsonaro: ‘mais afetados’ pela Covid-19 foram ‘obesos’ e ‘apavorados’

Correio Braziliense O presidente Jair Bolsonaro afirmou, ontem (24), que “os mais afetados pela pandemia, ou seja, que foram a óbito, proporcionalmente falando, foram os obesos, e em segundo os que estavam apavorados”. A declaração foi feita em entrevista gravada ao Canal Rural. Bolsonaro disse, ainda, que é a retomada aos serviços que ajudará o país a sair da inflação e que o trabalho “ajuda a prevenir as consequências mais nefastas da pandemia”. No país, mais de 575 mil pessoas morreram pela doença. “Quem tem o corpo são é a melhor maneira de se imunizar contra tudo que está aí. E devemos partir nessa linha, deixar de ser tomados pelo pavor. Você sabia que, estatisticamente dizendo, os mais afetados pela pandemia, ou seja, que foram a óbito, proporcionalmente falando, foram os obesos e em segundo os que estavam apavorados? Uma pessoa apavorada tem seu sistema imunológico abalado, e ela sofre […]
23/08/2021

Variante delta pode exigir intervalo mais curto entre doses de vacina, sugere estudo

Agência Fapesp/Folha de Pernambuco Em regiões de prevalência da variante delta do novo coronavírus, o intervalo entre doses de vacina contra a Covid-19 precisa ser inferior a 12 semanas para que se tenha um controle efetivo da pandemia. É o que sugere um modelo desenvolvido pelo Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) a partir de dados preliminares da eficácia da vacina da AstraZeneca para a variante delta. A ferramenta está descrita em artigo publicado na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS). A tecnologia – criada pelo grupo ModCovid-19, que abrange pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e da Universidade de São Paulo (USP) – projeta um tempo seguro e ideal entre doses para controle da pandemia, a partir de dados de eficácia de vacinas. O trabalho do ModCovid-19 mostra que vacinas com menos de 50% de eficácia na primeira dose precisam de um […]
01/08/2021

Variante Delta pode impedir Réveillon e Carnaval 2022

Do UOL — Enquanto o índice de vacinados contra a covid-19 no Brasil ainda caminha para os 20%, prefeitos como Eduardo Paes (PSD), do Rio, e Ricardo Nunes (MDB), de São Paulo, já anunciam a possibilidade de festas de Réveillon e Carnaval em 2022. Também de olho na vacinação, os maiores carnavais do Nordeste já se preparam para a folia com eventos-teste. Especialistas ouvidos pelo UOL afirmam contudo que apenas o avanço da vacinação não basta para a realização de eventos de massa. Entre os principais motivos para a cautela, está a variante delta, que acende um alerta para os planos de volta à normalidade nos próximos meses. Cientistas brasileiros dizem que cogitar eventos com aglomerações gera uma falsa sensação de segurança. Para eles, ainda não é possível prever quando as festas serão permitidas. Os planos de Réveillon no Rio e Carnaval em São Paulo, Salvador, Recife e Olinda vão na contramão do que países já […]
29/07/2021

STF rebate Bolsonaro e diz que ‘uma mentira contada mil vezes não vira verdade’

FolhaPress Em mensagem postada em uma rede social ontem (28), o STF (Supremo Tribunal Federal) reafirmou que a corte não impediu o governo federal de agir no enfrentamento da Covid-19. “O STF não proibiu o governo federal de agir na pandemia! Uma mentira contada mil vezes não vira verdade!”, afirmou a corte no Twitter. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse reiteradas vezes que foi impedido de agir contra a Covid-19 em razão de uma decisão do Supremo. No sábado (24), Bolsonaro criticou decisões judiciais. “Se eu tivesse coordenando a pandemia, não teria morrido tanta gente”, disse a apoiadores durante uma transmissão em uma redes social do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Nesta quarta, o tribunal divulgou um vídeo e pediu aos internautas que ele seja compartilhado. “Leve informação verdadeira a mais pessoas”, escreveu. O texto foi acompanhado das hashtags #VerdadesdoSTF e #FakeNewsNão. Com duração de 29 segundos, o vídeo reforça […]