20/02/2014

Eduardo confirma Câmara amanhã. Fernando sai senador…

O jornalista Magno Martins informa em seu blog que soube, há pouco, que o governador Eduardo Campos (PSB) bateu o martelo: o candidato ao Governo de Pernambuco pelo Partido Socialista Brasileiro é o secretário estadual da Fazenda, Paulo Câmara, com Raul Henry, do PMDB, na vice. O ex-ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho (PSB), será candidato ao Senado Federal. O anúncio deve ser feito amanhã (21), por volta das 10 horas. Eduardo concluiu as negociações ontem, depois de uma longa conversa com todos os interlocutores e protagonistas da Frente Popular, inclusive Fernando Bezerra Coelho, que estava em Brasília e foi chamado às pressas para um encontro tarde da noite no Palácio do Campo das Princesas. O único problema agora será administrar o vice-governador João Lyra Neto (PSB), que esperava ser o escolhido. Na conversa que terá, hoje, com o vice-governador João Lyra Neto, que está extremamente magoado por ter ficado à […]
19/02/2014

Processo de escolha do candidato ao governo coloca em xeque o controle de Eduardo sobre PSB…

O disse-me-disse em torno da escolha do candidato ao governo pela Frente Popular pode até aguçar o bom humor de alguns e ensejar avaliações de que os boatos são alimentados pela imprensa. Tudo bem, tudo ok, mas, na verdade, nem tudo se resume a fofocas e a capacidade de achar graça na demora de processo tão demorado assim é uma reação longe de ser unanimidade. É inegável que o governador está com dificuldade de escolher um nome sem provocar arestas. Para onde ele gira a bússola gera insatisfações. E não é sendo exatamente a imprensa o motor dos descontentamentos que embasam as notícias sobre os descaminhos da sucessão. Aliados, do PSB inclusive, tem se posicionado em reserva contra ou a favor de nomes, de possibilidades, de movimentos. Também não foi a imprensa a criadora de alguns prazos – já vencidos – para o anúncio do escolhido. O PSB chegou a […]
18/02/2014

Danilo Cabral segue na vantagem…

Danilo vai escapando do paredão Numa conversa com a jornalista Roberta Jungmann, no último fim de semana, o governador Eduardo Campos garantiu que o candidato a governador da aliança governista já brinca o Carnaval como tal. Não foi fácil para ele chegar ao nome depois de ter tirado da sua cabeça a preferência pelo secretário da Casa Civil, Tadeu Alencar. Não seria exagero concluir que o PSB expôs tantos pré-candidatos que o processo da escolha lembrou um Big Brother, levando muitos deles para o paredão. O primeiro eliminado foi o próprio Tadeu, por motivos que já explicamos aqui. Maurício Rands, ex-deputado federal pelo PT e agora filiado ao PT, não resistiu ao bombardeio e acabou no paredão. Pesou fortemente contra ele a renúncia à vida pública. Eduardo sabe que candidato que começa se explicando está fadado ao insucesso nas urnas. O ex-ministro Fernando Bezerra (Integração) não passou no teste da […]
17/02/2014

Barbosa contesta Veja: deixa STF, mas não é candidato…

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, divulgou nota sábado (15) para comentar a reportagem da revista Veja que lhe atribui a frase ‘acho que já é hora de sair’. Na nota, ele confirmou a intenção de deixar a suprema corte antes da aposentadoria compulsória aos 70 anos, mas diz que não será candidato a presidência da República em 2014. No entanto, a nota não deixa claro se Barbosa disputará outro cargo público ou não. Ele já recebeu um convite do PSB para disputar uma vaga ao Senado pelo Rio de Janeiro e especula-se, também, que ele poderá tentar o governo do Distrito Federal. Eis a íntegra da nota, divulgada por sua assessoria: 1) O Presidente do Supremo Tribunal Federal, Ministro Joaquim Barbosa, ratifica que não é candidato a presidente nas eleições de 2014. 2) Com relação a uma possível renúncia ao cargo que hoje ocupa, o Ministro já […]
10/02/2014

Nome do candidato de Eduardo sai no fim do mês…

A chapa da Frente Popular que vai disputar a sucessão do governador Eduardo Campos deverá estar fechada até o final deste mês. O presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, vai fazer hoje um debate sobre o documento nacional do PSB – que lançou as diretrizes para um programa de governo nacional no dia 04 – e sobre a realidade pernambucana. Além disso, Sileno vai procurar todos os presidentes dos partidos que integram a frente para fechar a chapa, esta uma deliberação do governador. A iniciativa é praticamente o início oficial do debate, o sentar à mesa, para definir os nomes da chapa para disputar o governo do Estado. O próprio governador admitiu ontem o início do debate, prevendo que até o final deste mês – daqui a 18 dias —  deverá estar formatado o consenso em torno dos nomes da Frente Popular, incluindo ai o nome do escolhido para encabeçar a […]