Fies divulga resultado da seleção do segundo semestre de 2020; veja a agenda do candidato
04/08/2020
TCE vai promover audiência pública sobre retomada das aulas
04/08/2020

Situação do ministro da Justiça fica ‘pior’ a cada dia, diz Maia

G1

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou ontem (3) em entrevista ao programa Roda Viva (TV Cultura) que a situação do ministro da Justiça, André Mendonça, fica “pior” a cada dia.

Maia deu a declaração após ter sido questionado sobre reportagem do Uol. Segundo o portal, a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça elaborou um relatório de caráter sigiloso sobre mais de 500 servidores públicos da área de segurança identificados como integrantes do movimento antifascismo e opositores do presidente Jair Bolsonaro.

Mais cedo, nesta segunda-feira, o ministério informou que André Mendonça decidiu trocar a chefia da Diretoria de Inteligência da Secretaria de Operações Integradas. O atual diretor do órgão é Gilson Libório, nomeado para o cargo em 25 de maio, pelo próprio ministro.

“O governo pode fazer esse tipo de pesquisa? Estamos diante de uma violação de direitos fundamentais?”, indagou uma jornalista a Maia.

“Se ele [ministro da Justiça] demitiu um assessor hoje, é porque não pode. E, se não pode, cabe ao ministro uma explicação à sociedade. Se eu fosse o ministro, eu iria ao Congresso, em uma sessão das duas Casas. Me parece muito grave esse tipo de atitude. Ele precisa de uma posição clara, de uma reunião, ser ouvido, ser cobrado pela sociedade através do Parlamento, para que se possa encerrar o assunto”, respondeu o presidente da Câmara.

“A cada dia que passa, eu acho que a situação do Ministério da Justiça e do seu ministro, claro, vêm ficando pior. Eu acho que seria bom se ele pudesse encerrar esse assunto de forma mais contundente do que a forma como ele reagiu até agora. […] Do jeito que as coisas estão caminhando, eu acho que a situação do ministro vem piorando ao longo dos últimos dias”, completou Maia.

Mais cedo, antes da declaração de Maia, o Ministério da Justiça divulgou uma nota na qual afirmou que André Mendonça “está à disposição para prestar esclarecimentos à Comissão Mista de Investigação da Atividade de Inteligência” do Congresso, “aguardando apenas a definição da data”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.