Pernambuco tem hospitais de campanha para Covid-19 em licitação, diz governador
05/03/2021
Plenário do Supremo mantém critério de reajuste do piso nacional dos professores da educação básica
05/03/2021

Representatividade de mulheres pernambucanas na política está abaixo da média nacional, diz IBGE

Blog da Folha de Pernambuco
Mulheres pernambucanas ocupam menos cargos políticos. Isso é fato. Atualmente, por exemplo, das 25 cadeiras de deputado federal reservadas para Pernambuco, apenas uma é ocupada por mulher: a deputada federal Marília Arraes (PT). A pesquisa de estatísticas de gênero do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada ontem (4), concluiu que a representatividade das mulheres pernambucanas na política está abaixo da nacional. 
Por ter apenas 4% de ocupação por mulher pernambucana nas vagas destinadas a deputados federais do Estado, Pernambuco possui o menor índice do País. “É a menor proporção entre todos os estados que tiveram deputadas federais eleitas, à frente apenas do Amazonas, Maranhão e Sergipe, que não elegeram nenhuma parlamentar”, diz a pesquisa. 
O IBGE ainda se debruçou sobre as eleições para vereadores em 2020. A conclusão foi parecida, de todas as vagas disponíveis para câmaras municipais no Estado (2.116 vagas), apenas 291 são ocupadas por mulheres. O percentual é de 13,8%, a quinta pior posição do País. 
A ocupação de mulheres em cargo de gerência em Pernambuco é de 45,1%, de 90 mil vagas. Com a maior parte das vagas ocupada por homens (54,9%), este é o índice mais alto de ocupação por mulheres em cargos de poder. A média nacional é de 37,4% de mulheres em cargos de gerência. No Nordeste, o número é de 40,9%. 
Com relação aos cargos na segurança pública, em 2019, a representatividade de mulheres era 15,6% do total de policiais civis e miliares de Pernambuco. “Na PM, a proporção de policiais mulheres era de 11,7% no período, próxima à média brasileira, de 11%; já na Polícia Civil, o percentual sobe para 28,6% do efetivo, ligeiramente superior à média nacional, de 27,6%”, informou o instituto. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.