Senado aprova distribuição de recursos do pré-sal
16/10/2019
Para FBC, partilha da cessão onerosa estabelece novo pacto federativo
16/10/2019

PSD e PP viram estratégicos para João Campos

A pré-candidatura do deputado federal João Campos a prefeito do Recife está bastante consolidada no meio político. Ele está bem posicionado nas pesquisas e apesar de representar um projeto de continuidade, é a novidade do processo eleitoral de 2020.

Para que o favoritismo de João Campos se confirme nas urnas, ele precisará de uma robusta frente política que lhe dê sustentação para a vitória no ano que vem. Atualmente, está claro que o PT é a grande prioridade do PSB para a aliança visando 2020, porém ainda que seja mantida a parceria, o PSB precisará de pelo menos dois partidos representativos que são o PP do deputado Eduardo da Fonte e o PSD do deputado André de Paula.

Os dois partidos possuem significativo tempo de televisão, e juntos têm três deputados federais e quatorze deputados estaduais. Eles exercerão grande influência no quadro eleitoral, uma vez que se ficarem na Frente Popular reforçarão o favoritismo de João Campos, se porventura optarem por um candidato oposicionista darão a ele significativa competitividade.

Condutores do processo na Frente Popular, o prefeito Geraldo Julio, o governador Paulo Câmara e o deputado João Campos terão que repactuar a participação do PP e do PSD nas gestões socialistas para garantir a competitividade necessária de João Campos e consequentemente a hegemonia do PSB em Pernambuco. (Edmar Lyra)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.