‘Decisão sobre o Carnaval não será tomada este ano’, diz secretário de Saúde de Pernambuco
26/11/2021
Gilson: É justo o governador fechar igreja e liberar Carnaval?
26/11/2021

Prefeito do PSB detona Governo socialista

Blog Magno Martins
O município de João Alfredo foi a primeira parada de uma série de agendas do prefeito Miguel Coelho, hoje. O gestor de Petrolina foi recepcionado pelo prefeito Zé Martins e lideranças da localidade para um encontro com empresários do polo moveleiro e trabalhadores de transporte alternativo.
Na visita, Miguel ouviu depoimentos de perseguição e abandono do Governo do Estado. O principal porta-voz das queixas foi o prefeito Zé Martins, que mesmo filiado ao PSB, enumerou um conjunto de problemas da cidade, a exemplo da ausência de investimentos, infraestrutura deteriorada e falta de água.
O gestor de João Alfredo ainda fez um duro desabafo, afirmando que tem sido alvo de perseguição política. “Precisamos de um governo que se preocupe com nosso desenvolvimento, não um governo que bota fiscal na porta de quem produz e gera emprego. Chega de tanta perseguição. O Agreste está abandonado. E não tenho medo de retaliações porque o que tinham de me dar já me deram”, lamentou o socialista.
Miguel Coelho elogiou a coragem do prefeito Zé Martins e reforçou que a tratamento dado a João Alfredo é reflexo do que todo o Estado vive no momento. “Quando você diz que não tem medo de represália, sabe que nós representantes da população não devemos satisfação a governador nenhum, mas sim ao povo que confiou na gente. Esse projeto que se arrasta há tantos anos, que persegue as pessoas de bem do nosso Estado, não consegue mais oferecer nada de bom, apenas frustração e decepção aos pernambucanos. É hora de virar essa página e reescrever a história de Pernambuco”, defendeu Miguel.
O prefeito de Petrolina ainda participa de encontros e debates nesta sexta nos municípios de Surubim e Orobó. A agenda é acompanhada também pelo senador Fernando Bezerra Coelho e pelo deputado federal Fernando Filho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.