Covid-19: Pernambuco registra mais casos leves do que graves nas últimas 24 horas
21/05/2020
João Alfredo – Boletim covid-19 / 21 de maio de 2020
21/05/2020

Pernambuco anuncia novo pagamento do Cartão Alimentação Escolar

Diário de Pernambuco

A Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco anunciou para esta sexta-feira (22), o pagamento de uma nova parcela do Cartão Alimentação Escolar. Com investimentos de R$ 16 milhões, o repasse de R$ 50 beneficia 322 mil famílias de estudantes em maior situação de vulnerabilidade e que dependem da merenda fornecida nas escolas da rede estadual de ensino. Para contemplar esses estudantes, a iniciativa usou como base de dados das famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal.

A primeira entrega dos cartões ocorreu entre os dias 20 e 24 de abril, totalizando 240 mil beneficiados. Após um trabalho realizado em conjunto com todas as 16 Gerências Regionais de Educação, resultando na atualização cadastral de mais famílias, a Secretaria de Educação e Esportes emitiu mais 82 mil cartões complementares. As entregas foram realizadas no último dia 15 de maio.

“O valor repassado às famílias é equivalente aos alimentos necessários para um mês de refeição por estudante e o cartão só pode ser utilizado em compras de produtos alimentícios. As aulas da Rede Estadual estão suspensas desde o dia 18 de março devido ao isolamento social como forma de evitar a propagação do novo Coronavírus”, afirma o secretário de Educação, Fred Amancio.

As 322 mil famílias já receberam o cartão alimentação e não precisam ir à escola para buscar outro. O benefício será creditado automaticamente nos cartões que foram entregues e já estão com os responsáveis pelos estudantes. “É importante reforçar também que cada cartão receberá o crédito de acordo com o número de estudantes daquela família matriculados na rede. Se o beneficiado por responsável por apenas um estudante, será creditado o valor de R$ 50, se for responsável por 2 ou 3 estudantes, será creditado o valor equivalente, ou seja, R$ 100 ou R$ 150 reais”, diz Fred.

A iniciativa do governo de Pernambuco conta com parceria da Alelo, empresa de serviços financeiros especializadas em benefícios, incentivos e gestão de despesas corporativas. A empresa possui mais de 9,3 mil estabelecimentos credenciados em todas as regiões do estado e a consulta pode ser feita no site da Secretaria de Educação e Esportes. A estratégia de uso do cartão alimentação escolar vai beneficiar também a economia local, pois os alimentos podem ser adquiridos em supermercados, mercadinhos, padarias e outros estabelecimentos da região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.