Armando e João Paulo prestigiam festejos juninos de Limoeiro…
23/06/2014
Wolney: “A nacional violentou o PDT de Pernambuco”…
23/06/2014

PDT bate o martelo e fica com Armando…

20140623-155743-57463848

Após uma intensa articulação do senador e pré-candidato ao Governo do Estado, Armando Monteiro Neto (PTB), para contar com o apoio do PDT à sua postulação, a legenda, comandada nacionalmente pelo ex-ministro Carlos Lupi, enfim, decidiu seu caminho. Os pedetistas oficializaram há pouco a aliança com o petebista, atrelando essa posição ao palanque nacional da presidente Dilma Rousseff (PT). Com a formalização do lado em que estará nas eleições local, o PDT pode agora discutir como a legenda será conduzida em Pernambuco. A decisão tomada desagrada a cúpula do PDT, já que o prefeito José Queiroz, o presidente da Assembleia, Guilherme Uchoa e o deputado federal Wolney Queiroz não aceitam a aliança com o PDT. Os três já afirmaram que irão abrir uma dissidência no partido.

Carlos Lupi justificou que a decisão de oficializar a aliança com o PTB em Pernambuco foi baseada principalmente em três pontos. Entre eles, “no histórico que une a família Monteiro com o trabalhismo”. Armando Monteiro Filho, pai do senador, já integrou o PDT e foi ex-ministro. Além disso, Lupi explicou que essa aliança do Estado garante um palanque forte para a presidente Dilma Rousseff. Outro ponto destacado pelo dirigente é a questão da vice, que deve ser ocupada por um membro do partido.

Ele aproveitou para destacar que a militância histórica no trabalhismo do PTB e do PDT foi um dos fatores determinantes para a composição em Pernambuco. “Em nossa convenção nacional, aprovamos um indicativo da direção nacional de apoiar às candidaturas da presidente Dilma Rousseff e do senador Armando Monteiro. Esses apoios não só se dão pela relação entre os partidos, mas pelo histórico comum no trabalhismo”, declarou Carlos Lupi. (Mário Flávio)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.