Festa dos Namorados em João Alfredo…
12/06/2019
Partidos querem esperar Moro “sangrar” mais…
12/06/2019

Paulo Câmara revoluciona a educação de Pernambuco …

Desde que o ex-governador Eduardo Campos assumiu o comando do estado em janeiro de 2007 que houve um investimento maciço em educação. Tão logo foram feitos os investimentos, os resultados começaram a aparecer, com a melhora dos índices de educação pública do estado. Isso foi possível graças à ampliação das escolas em tempo integral e da criação das escolas técnicas estaduais. Apesar disso, havia uma necessidade de se investir na base educacional, que são os primeiros anos, sob responsabilidade dos municípios. Sem uma política pública integrada, os alunos deixavam o ensino básico e entravam no ensino médio com uma série de dificuldades, muitos deles sem interpretar texto ou fazer contas simples. Cabia ao ensino médio repor a base que não foi feita no fundamental, e isso trazia sérios prejuízos para a educação. Este problema não é um caso isolado, se repete em todo o Brasil.

Ciente da necessidade e preocupado com a base educacional dos pernambucanos, o governador Paulo Câmara anunciou ontem o maior programa de alfabetização da história de Pernambuco, que irá beneficiar 330 mil crianças. O programa Criança Alfabetizada terá um investimento na ordem de R$ 50 milhões e visa beneficiar crianças dos 184 municípios pernambucanos, fazendo com que elas aprendam a ler e escrever no tempo certo, até os sete anos de idade. Um projeto pioneiro que será referência para todo o Brasil, uma vez que ele reúne não só o governo e as prefeituras, mas também a iniciativa privada, como o Instiuto Natura, a Fundação Lemann e a Associação Bem Comum, e irá se transformar em uma política pública de estado para que os próximos governadores possam mantê-lo independente da matiz ideológica.

Visando a integração dos municípios neste projeto, o governador anunciou também uma mudança na arrecadação do ICMS para os municípios, mais de R$ 540 milhões serão distribuídos com base em critérios educacionais, ou seja, para aumentar a arrecadação, os prefeitos terão que abraçar completamente o projeto Criança Alfabetizada. Como se não bastasse, tanto as melhores escolas quanto às piores em resultados terão incentivo, as primeiras para aprimorar o que estiver bom, já as que não tiverem sucesso, terão recursos para custear as melhorias para ofertarem uma educação de excelência. O programa é completo e mostra a preocupação do governador Paulo Câmara com a base da pirâmide de uma sociedade mais próspera e mais justa que é a educação.

O programa Criança Alfabetizada vem somar com outros programas que levam vida para a vida das pessoas, como por exemplo o décimo terceiro do Bolsa-Familia. A preocupação com o desenvolvimento social tem sido um dos principais eixos do segundo governo Paulo Câmara, que mesmo diante das dificuldades financeiras que existem, está fazendo, na medida do possível, as coisas acontecerem e consequentemente chegar no dia a dia de quem mais precisa. (Edmar Lyra) 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.