“Voto impresso é um retrocesso”, diz Gonzaga Patriota
06/07/2021
Pagamento de Auxílio Emergencial
06/07/2021

Paulo Câmara recebe Carlos Lupi e projeto de Ciro Gomes deve ir à pauta

Folha de Pernambuco/Renata Bezerra de Melo
Presidente nacional do PDT, Carlos Lupi chega a Pernambuco amanhã à noite. Vem de Brasília acompanhado do líder do partido na Câmara Federal, Wolney Queiroz, que preside a legenda no Estado. O dirigente será recebido em almoço no Palácio do Campo das Princesas, na próxima quinta-feira, pelo governador Paulo Câmara. O socialista é vice-presidente nacional do PSB e tem participado, naturalmente, das conversas sobre 2022 com pedetistas e com lideranças de outras siglas, a exemplo dos petistas. Assim como o PDT, o PT também vem trabalhando para assegurar o apoio do PSB na corrida presidencial. O apoio dos socialistas pode ser fundamental para a sustentação do projeto presidencial de Ciro Gomes, que esteve, no Recife, inclusive, protagonizando uma das maiores agendas do prefeito João Campos, então candidato à Prefeitura do Recife, ao final da campanha eleitoral de 2020. Lupi desembarca no Recife num momento em que o senador Humberto Costa também prepara uma agenda do ex-presidente Lula no Estado. E o líder-mor do PT também deve ir à mesa com o governador. O PT faz esforço, desta vez, para ter o PSB formalmente numa aliança na corrida pelo Planalto e o PDT não abre mão de ter Ciro Gomes no páreo.
Hoje, em Pernambuco, o PDT integra a Frente Popular, ocupando espaços tanto na gestão Paulo Câmara como na administração João Campos, que tem, inclusive, uma pedetista na vice, Isabella de Roldão. O gestor da Capital vem fazendo acenos ao PDT para 2022. João teve postura dura contra o PT na disputa municipal e chegou a declarar que não haveria petista nomeado em sua administração. De lá para cá, no entanto, o PT e o PSB têm reconstruído nacionalmente a relação, que vinha num processo de desgaste progressivo desde 2014. Como o projeto de Ciro é prioridade no PDT, Wolney Queiroz, à coluna, já admitiu que o PSB continua sendo o parceiro preferencial nacionalmente, mas que o PDT não poderá deixar de montar um palanque para o presidenciável pedetista no Estado. Ainda em abril, Wolney, à coluna, alertara o seguinte: “Se o PSB estiver com o PT em Pernambuco, estaremos em outro palanque”. Na última sexta, Isabella de Roldão, seguindo na mesma linha, disse que não vai “jogar a toalha até o dia da eleição” e defendeu que Ciro é o melhor candidato.
O almoço que Paulo Câmara oferece a Carlos Lupi, na quinta-feira, também terá a presença do prefeito João Campos e do secretário de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Julio, além de Wolney Queiroz. Ontem, o dirigente estadual do PDT foi recebido em almoço no Palácio das Princesas. Lupi fica no Recife até a sexta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.