OAB-RJ: “Algemar uma advogada é imperdoável”…
27/09/2018
Brasileiros que conviveram com ex-esposa de Bolsonaro na Noruega confirmam que ela relatava ameaça…
27/09/2018

Partir pra cima de Bolsonaro…

Daniela Lima – Painel – Folha de D.Paulo

Dois contra um – Dono do terceiro maior tempo de propaganda, Henrique Meirelles (MDB) vai se somar ao esforço dos tucanos e atacar a polarização entre PSL e PT na eleição. Em nova peça, o emedebista cita Jair Bolsonaro nominalmente pela primeira vez. “Bolsonaro é fruto da indignação que muitos brasileiros sentem. Verdade. Vamos falar da consequência”, provoca, e diz que o líder das pesquisas já “disse que não entende nada de economia” e que “o país, que está dividido, vai se dividir ainda mais”.

O nome de Fernando Haddad, o candidato do PT, não é citado, mas o partido, sim. Meirelles lembra que atuou no governo Lula e atribui a isso a bonança na economia. Depois, diz: “O PT nunca fez uma autocrítica pelo fracasso do governo Dilma e pela corrupção”.

A campanha de Meirelles foi subindo o tom de sua propaganda no horário eleitoral paulatinamente. A decisão de fazer crítica frontal na nova peça, que estreia nesta quinta (27), marca o movimento mais ousado até agora e em meio a tentativas de unir candidaturas de centro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.