Centrais sindicais realizam evento do 1º de Maio em SP
01/05/2022
Fernando Filho mostra força política e vive expectativa de reeleição tranquila
01/05/2022

Papa Francisco pede corredores humanitários em Mariupol e denuncia destruição da cidade

Pope Francis gestures as he delivers his Sunday Regina Coeli prayer from the window of his study overlooking St.Peter' Square at the Vatican on May 1, 2022. (Photo by Vincenzo PINTO / AFP)

AFP – O papa Francisco reiterou neste domingo o pedido de abertura de corredores humanitários para a retirada de civis da cidade ucraniana de Mariupol, depois de denuciar que a localidade foi “bombardeada e destruída de forma bárbara”. 
“Meus pensamentos estão com a cidade ucraniana de Mariupol, cidade de Maria, bombardeada e destruída de forma bárbara. Eu reitero meu pedido de abertura de corredores humanitários seguros”, declarou o pontífice durante a oração do Angelus na Praça de São Pedro do Vaticano. 
A cidade de Mariupol, no sudeste da Ucrânia, foi quase totalmente destruída após semanas de cerco. Na madrugada de domingo, um primeiro grupo de civis conseguiu deixar a siderúrgica de Azovstal, último reduto dos combatentes ucranianos, onde também estão refugiados moradores da localidade.
O batalhão ucraniano Azov informou que 20 civis deixaram o local, mas o ministério russo da Defesa citou 46 pessoas que deixaram a siderúrgica. 
O papa denunciou ainda que a guerra na Ucrânia é uma “regressão macabra para a humanidade”. 
“Não abdiquemos nunca diante da lógica da violência, da espiral perversa das armas”, disse. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.