Caberá a Bolsonaro definir o valor do salário mínimo de 2019…
01/01/2019
José Joacir – “Oim” toma posse na presidência da Câmara Municipal de João Alfredo…
01/01/2019

Opinião: Feliz Eu Novo…

“Não nascemos prontos (…) é absurdo acreditar na ideia de que uma pessoa, quanto mais vive, mais velha fica; para que alguém quanto mais vivesse, mais velho ficasse, teria de ter nascido pronto e ir se gastando… Isso não ocorre com gente, mas com fogão, sapato, geladeira.

Gente não nasce pronta e vai se gastando; gente nasce não-pronta e vai se fazendo.

Eu, no ano 2000, sou a minha mais nova edição (revista e, às vezes, um pouco ampliada)”

MÁRIO SÉRGIO CORTELLA

Partindo dessa premissa é preciso termos consciência da necessidade de nos perdoarmos.

Não se acerta todas.

Os deslizes fazem parte da caminhada.

Errar uma vez é necessário, duas vezes (o mesmo erro) é opção.

Perfeição apenas em Cristo, se faz necessário sim caminharmos até ela, mas para isso é necessário uma caminhada diária.

Por outro lado ao conhecermos a riqueza que é o Evangelho cabe a cada um de nós usarmos da Indulgência para com nossos irmãos que ainda não aprenderam o que já sabemos e ensinar a outra forma de conviver.

Fácil nunca será, entretanto é possível e se faz necessário.

Nem sempre refletimos bastante sobre a advertência de Jesus: “A quem muito foi dado, muito será pedido” (Lc 12,48).

Educação é via de mão dupla onde se aprende e também se ensina.

Viva a Evolução!

Viva o Auto-perdão!

Viva a Indulgência!

Viva Deus!

Feliz EU NOVO!

Benízio Filho – Duy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.