Raquel Lyra também deverá ser prestigiada pelo PSDB 
10/03/2022
Choro por ti, Ucrânia
10/03/2022

Opinião: Cochilo do PT pode custar vaga de candidato a senador

Por Wellington Ribeiro – Se o PT de Pernambuco continuar cochilando e não definir logo quem será o nome do partido para compor a majoritária da Frente Popular no Senado, pode ser que a tão sonhada vaga acabe ficando com outro partido da base, jogando os petistas para a vice. Essa demora tem exposto ao sol e sereno os nomes ventilados pelo PT, colocando-os em um verdadeiro processo de fritura.
Vale destacar que candidatos a candidatos não faltam dentro da Frente Popular. Presidente estadual do PSD, o deputado federal André de Paula continua bem vivo no páreo pela indicação. Ainda mais depois da notícia de que o “dono” do PSD, Gilberto Kassab, estaria acertado para apoiar o ex-presidente Lula no hipotético segundo turno do pleito presidencial.
Também se coloca para a vaga o deputado federal e presidente do Republicanos local, Silvio Costa Filho. Silvinho tem uma reeleição tranquila, haja vista uma base enorme que vem construindo desde quando se elegeu, em 2018. Os cerca de 150 mil votos que o parlamentar tem pode ser um atributo para ser dividido entre os federais da base governista com a ida de Silvinho para a disputa pela Casa Alta.
Quem também está de olho no posto é o deputado federal Eduardo da Fonte, que comanda o PP em Pernambuco, e segue articulando por cima na tentativa de abocanhar a indicação. Tanto Dudu quanto Silvinho e André são opções viáveis. Abre o olho, PT!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.