Hoje:
16/06/2022
Ministro confirma que restos mortais foram achados no Amazonas
16/06/2022

Número de homicídios cresce 11,3% nos cinco primeiros meses de 2022 na comparação com 2021

Foto reprodução

Blog Mário Flávio – Maio de 2022 apresentou aumento de 4,79% nos homicídios em Pernambuco, quando comparado ao quinto mês de 2021: passou de 292 para 306 vítimas.
No acumulado desde janeiro, a alteração foi de 11,30%, saindo de 1.425 (cinco primeiros meses de 2021) para 1.586 (cinco primeiros meses de 2022).
Apesar da curva ascendente no estado, o Agreste teve cenário favorável entre as regiões em maio. Seus municípios reduziram os homicídios em 18,99%: 64 vítimas em maio de 2022, contra 79 nesse mês em 2021.
Já na Região Metropolitana, exceto a capital, houve uma subida de 3,70% (de 81 para 84). No Recife, verificou-se um crescimento de 9,09% (de 44 para 48). A Zona da Mata teve alta de 20% (de 55 para 66), e o Sertão chegou a 33,33% (de 33 para 44 vítimas).
No intervalo entre janeiro e maio de 2022, os homicídios no Recife diminuíram. Foram 249 vítimas, ou -1,58% em comparação com as 253 mortes de 2021. A Zona da Mata elevou o índice em 6,74% (de 282 para 301), enquanto o Sertão subiu 9,77% (de 174 para 191). Na Região Metropolitana, houve alta de 403 para 467 vítimas, ou 15,88%. Por fim, o Agreste passou de 313 para 378 mortes (20,77%).
Nos primeiros cinco meses de 2022, as polícias de Pernambuco prenderam 717 homicidas, dos quais 185 foram capturados em maio.
FEMINICÍDIOS, VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E ESTUPROS
De janeiro a maio deste ano, os casos de feminicídio retraíram 26,1% quando comparados com o mesmo intervalo do ano passado. Em números absolutos, a diminuição foi de 46 para 34 vítimas.
Quanto à violência doméstica, as mulheres procuraram menos as delegacias de Polícia Civil de Pernambuco para relatar ocorrências nesse período. Ao todo, 16.614 vítimas desse tipo de crime prestaram queixa nos cinco meses iniciais de 2022, o que corresponde a -3,68% das 17.249 vítimas de 2021. Ao analisar apenas os dados de maio, a busca das mulheres por registrar a ocorrência de violência doméstica cresceu 17,06%: passou de 3.054 casos em 2021 para 3.575 em 2022. Já o número de vítimas de estupro no Estado recuou tanto em maio como nos cinco meses de 2022. O maior percentual de redução foi o de maio deste ano, com -36,09% em relação ao seu equivalente do ano passado, pois o total caiu de 230 para 147. Já no acumulado dos cinco meses, a diferença chegou a -16,41%, ao baixar de 1.109 vítimas em 2021 para 927 no atual ano.
ROUBOS
Entre janeiro e maio deste ano, as delegacias de Polícia Civil registraram 21.156 boletins de ocorrência referentes a Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs). Na linha do tempo do Pacto pela Vida, só ficou acima das estatísticas de 2013, por uma diferença de 25 casos (confira, no final do texto, a série histórica). Na comparação com 2021, ano de menor taxa de roubos por 100 mil habitantes de Pernambuco, 2022 apresentou queda de 3,1% no conjunto dos cinco meses, o que significou, em números absolutos, 682 delitos a menos.
O recuo dos roubos este ano se deu de maneira mais expressiva na Região Metropolitana (RMR), com -9%. De janeiro a maio de 2022, essa área notificou 6.555 CVPs, enquanto em 2021, nesse ínterim, foram 7.202. A Zona da Mata baixou 8% (de 1.843 para 1.695), e o Agreste ficou com -0,1% (de 3.994 para 3.990). No Sertão, houve oscilação de 0,56%, pois os municípios sertanejos tiveram 1.256 roubos nos últimos cinco meses, e em 2021 haviam sido sete casos a menos.
Especificamente em maio, a queda dos CVPs no Estado foi de 4,5%, saindo de 4.377 em 2021 para 4.178 em 2022, ou seja, menos 199 crimes de um ano para o outro. A Zona da Mata computou a maior redução no quinto mês do ano quando comparado a 2021, com -12,91% (de 364 para 317). Em seguida, vem a RMR, com -9,66% (de 1.418 para 1.281). O Sertão variou em 2,77% (de 253 para 260) e o Agreste, 4,44% (de 765 para 799).
SÉRIE HISTÓRICA DE CVPs DE JANEIRO A MAIO:
2013 – 21.131
2014 – 26.630
2015 – 32.480
2016 – 44.988
2017 – 53.630
2018 – 42.193
2019 – 35.807
2020 – 24.926
2021 – 21.838
2022 – 21.156

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.