“Ou ela será candidata sozinha, ou vai para direita”, diz Humberto sobre Marília
22/03/2022
Fragmento Bíblico
22/03/2022

Nova pesquisa é um pesadelo para a terceira via

 

Blog Magno Martins – A pesquisa do Instituto FSB, feita entre sexta-feira, 18, e domingo, 20, traz uma notícia pouco alentadora para as forças políticas que tentam construir uma candidatura alternativa ao presidente Jair Bolsonaro e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que por ora polarizam a corrida presidencial.
Apenas 11% dos entrevistados disseram que não votariam nem em Lula nem em Bolsonaro, um contingente pequeno demais para quem pretende tirar um dos dois do segundo turno – na pesquisa estimulada, o petista tem 43% das intenções de voto contra 29% do presidente. 
Na mesma pergunta, outros 9% disseram que não rejeitam nem Lula nem Bolsonaro. Quase metade dos entrevistados (48%) disse que votaria em Lula, mas não em Bolsonaro, enquanto 30% disseram o contrário: votariam em Bolsonaro, mas não em Lula.
Outra má notícia para a terceira via está na pesquisa de intenção de voto espontânea (quando os nomes dos candidatos não são apresentados ao entrevistado): Lula tem 38% contra 27% de Bolsonaro, enquanto os candidatos de centro têm pontuações baixíssimas: Ciro Gomes (PDT) tem 4%; Sergio Moro (Podemos) alcança 3%; e André Janones (Avante) possui 1%. Outros candidatos como João Doria (PSDB), Simone Tebet (MDB), Felipe d’Ávila (Novo) e Eduardo Leite (PSDB) não pontuaram.
“O contexto de polarização política antecipou as decisões dos eleitores. Com isso, as possibilidades para candidatos fora Lula e Bolsonaro hoje são bem mais restritas”, afirma André Jácomo, diretor do Instituto FSB Pesquisa.
O Instituto FSB ouviu 2.000 pessoas das 17h do dia 18 às 15h do dia 20, e a pesquisa está registrada no TSE sob o número BR-09630/2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.