“Inaceitável” diz Jarbas sobre fala de Bolsonaro…
31/07/2019
Baiano pede calma para preservar o que já tem…
31/07/2019

Nova CPMF, desastre para o Brasil, diz economista…

Portal Terra

Diretor do Centro de Cidadania Fiscal (CCiF), o economista Bernard Appy não vê com bons olhos a proposta de reforma tributária encampada pelo Instituto Brasil 200, formado por empresários simpáticos ao governo Bolsonaro. Na opinião de Appy, a substituição de todos os tributos existentes por um imposto único sobre transações financeiras seria “desastrosa” para o País, podendo desorganizar a economia brasileira e prejudicar ainda mais o quadro fiscal.

Em entrevista ao Terra, o economista também falou sobre o projeto de reforma elaborado pelo CCiF, base da proposta de emenda constitucional (PEC) 45, que tramita na Câmara dos Deputados e pretende substituir cinco tributos sobre o consumo (IPI, PIS, Cofins, ICMS e ISS) pelo Imposto sobre Bens e Serviços (IBS), do tipo IVA (Imposto sobre Valor Agregado). Para Appy, o texto apresentado pelo deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP) aumentaria o potencial de crescimento da economia brasileira e corrigiria distorções importantes no sistema tributário do país.

Bernard Appy: Acredito que a discussão no Congresso vai se encaminhar para uma convergência de propostas, pelo menos na Câmara e no Senado. Para uma emenda constitucional ser promulgada, o mesmo texto precisa ser aprovado pelas duas casas, abrindo espaço para a discussão. Além disso, o Poder Executivo é um participante relevante no debate, suas propostas certamente serão levadas em conta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.