Brasil deve ultrapassar 400 mil mortos por Covid-19 nesta quinta
29/04/2021
Pernambuco notifica mais 99 mortes por Covid-19 e repete segunda maior marca de óbitos do ano
29/04/2021

Mouse de computador é oito vezes mais sujo que vaso sanitário, aponta estudo

Por Rodrigo Barros/Folha de Pernambuco
Com a pandemia e o aumento do isolamento social, os jogos passaram a ser uma opção de divertimento. Vários consoles são usados para os mais variados tipos de jogos. No entanto há um aspecto que muitos gamers acabam não observando: a sujeira. 
Estudo divulgado pelo laboratório inglês MCS revela que o computador é o console com a maior presença de bactérias. Em alguns casos, cerca de oito vezes mais sujo que um vaso sanitário. A análise do laboratório levou em consideração amostras de PC, Nintendo Switch, Xbox e Playstation. 
Durante o dia, as pessoas acabam pegando em celulares, maçanetas, entre tantos outros objetos. Como em grande parte das vezes a mão não é higienizada, todos esses microorganismos são levados aos consoles. As coletas dos consoles foram testadas e foi constatada a presença de bactérias, mofo e bolor.  
Os tipos de bactérias nos dispositivos
Foto: Betway/Divulgação
Em geral, os níveis de limpeza dos usuários de console são classificados na seguinte ordem: Nintendo Switch (mais limpo), PlayStation, Xbox e, em seguida, PC.
Curiosidades Betway
Foto: Betway/Divulgação
Nintendo Switch
Entre os videogames, o Nintendo Switch apresentou a menor concentração de sujeira entre os demais. Nas alças do controle do Nintendo Switch, foram detectadas 55 bactérias formadoras de colônias por amostra. A parte mais suja localizada fora os botões, com 62,5 bactérias. 
Xbox
O Xbox teve um desempenho um pouco abaixo do Switch. Nas alças, foram encontradas 82,5 bactérias enquanto nos botões foram identificadas 62,5 colônias de bactérias. 
Playstation
Já o Playstation deixou a desejar para os fãs da fabricante. O console é mais sujo entre os videogames. Foram 72,5 bactérias nas alças do controle. Mas a pior sujeira encontrada foi nos botões, com 190 colônias de bactérias. A quantidade é seis vezes maior do que a encontrada em um vaso sanitário. 
PC
Mas o campeão em sujeira foi o PC. Em todas as amostras do laboratório, a quantidade dos microrganismos detectados foi a maior entre os demais. No teclado, foram, em média, 165 bactérias, enquanto no mouse, 247,5. O número é oito vezes a quantidade presente em um assento do vaso sanitário. Segundo o laboratório inglês, isso pode ser devido ao fato de eles estarem em uso mais frequente do que o botão Liga/Desliga, que teve 115 bactérias formadoras de colônias por amostras.  
Comparação objetos Betway
Foto: Betway/Divulgação 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.