Raquel trata forró como lixo, diz esposa de Jorge de Altinho
03/04/2022
Novos apoios para Miguel Coelho
03/04/2022

Lula e Bolsonaro empatam tecnicamente em SP

UOL – Levantamento do instituto Paraná Pesquisas contratado pela BGC Liquidez e divulgado hoje aponta o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL) tecnicamente empatados entre eleitores do estado de São Paulo, maior colégio eleitoral do país, na disputa pela Presidência. No cenário testado, com oito pré-candidatos, Lula aparece numericamente à frente, com 34,1% das intenções de voto na pesquisa estimulada, quando os nomes são apresentados ao entrevistado. Em seguida, está Bolsonaro, com 31%. Como a margem de erro é de 2,3 pontos percentuais para mais ou para menos, eles empatam tecnicamente.
Na sequência, vem o ex-ministro Sergio Moro (União Brasil), com 9,7%. O ex-juiz da Lava Jato deixou o Podemos nesta semana, mas disse que não desistiu de sua candidatura.
O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) tem 4,2%; o ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB), 3,6%; a senadora Simone Tebet (MDB), 0,8%, o deputado federal André Janones (Avante), 0,7%, e Luiz Felipe D´Ávila (Novo), 0,2%. Todos empatam tecnicamente, dentro da margem de erro.
Os eleitores que disseram que não votarão em nenhum dos candidatos ou votarão em branco ou nulo somam 11%, e os que não sabem ou não responderam, 4,6%.
Na última quinta-feira (31) Doria anunciou a saída do governo de São Paulo e confirmou que será candidato à Presidência da República, após um dia marcado por notícias desencontradas, disputas internas e tensão. Ele ameaçou desistir da pré-candidatura e aumentou a tensão no PSDB. Segundo apurou o UOL, o tucano queria uma demonstração concreta de que era, de fato, o candidato do partido ao Planalto.
A pesquisa foi contratada pela corretora BGC Liquidez e entrevistou pessoalmente 1.820 eleitores com 16 anos ou mais em 78 municípios entre os dias 27 e 31 de março. O nível de confiança, segundo o instituto é de 95%, e o levantamento foi registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-002214/2022.
O Paraná Pesquisas é uma empresa de Curitiba, fundada em 1990. Realizou seu primeiro levantamento sobre intenções de voto para presidente em 2013 e, desde então, divulga pesquisas eleitorais pagas com recursos próprios ou de financiadores diversos. Na eleição de 2018, o instituto fez pesquisas com entrevistas presenciais de eleitores em suas casas financiadas pela empresa de consultoria de investimentos Empiricus e pela Fundação Presidente Jânio Quadros, ligada ao PRTB.
Atualmente, o Paraná Pesquisas também realiza levantamentos por telefone, com operadores treinados conversando com eleitores. O instituto informou ao UOL que realiza pesquisas usando diferentes métodos, a depender do que foi acordado com o financiador do levantamento.
Veja o cenário de 1º turno testado pelo levantamento:
Lula (PT): 34,1%
Bolsonaro (PL): 31%
Moro (União Brasil): 9,7%
Ciro (PDT): 4,2%
Doria (PSDB): 3,6%
Tebet (MDB): 0,8%
Janones (Avante): 0,7%
D’Ávila (Novo): 0,2%
Nenhum/branco/nulo: 11%
Não sabe/não respondeu: 4,6%
Avaliação e aprovação da administração do presidente Jair Bolsonaro
Ótima: 13,7%
Boa: 16,2%
Regular: 21,2%
Ruim: 9,6%
Péssima: 38,5%
Não sabe/não opinou: 0,9%
Aprova: 40%
Desaprova: 55,1%
Não sabe/não opinou: 4,9%

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.