Auxílio Emergencial do Carnaval começa a ser pago em Pernambuco
08/04/2022
Anderson Ferreira e Gilson Machado Neto cumprem agenda em Caruaru, Toritama e Brejo da Madre de Deus
08/04/2022

Julio Lossio sai em defesa de Marília Arraes

Já basta!
Ultimamente a política tem se transformado em tudo, menos no que deveria ser.
Nos últimos dias temos observado uma tentativa desesperada por parte de membros do PT Pernambucano, que ocupam cargos no governo estadual ou municipal, na tentativa de descredenciar Marília Arraes.
No pós-pandemia, momento de agravamento das desigualdades e do sofrimento dos mais pobres, precisamos manter o debate no campo das ideias e não com ataques pessoais.
Usar a palavra traição, por exemplo, sobretudo no período que se avizinha de Semana Santa, nos remete a Judas, aquele que traiu Jesus por um punhado de moedas de ouro.
Nos tempos atuais e no contexto aqui discutido, essas moedas são muitas vezes substituídas por cargos e sinecuras nos governos.
E já que somos escravos de nossas palavras e dos nossos atos, olhando para esse contexto, é de grande valia relembrar alguns acontecimentos:
Durante o fatídico impedimento da Presidente Dilma, o PSB de Pernambuco votou a favor do Impeachment, contrariando os apelos do Presidente Lula que, por sinal, a época, já vivia o calcário de Curitiba.
Então, afinal, quem traiu Lula mesmo?
Nas eleições de 2018 Marília aparecia bem posicionada nas pesquisas, mas foi obrigada a ceder aos caprichos e interesses do PT de Pernambuco na disputa pelo Governo.
Nas últimas eleições municipais, Marília, mesmo isolada e tendo grande parte da cúpula do PT de Pernambuco remando contra sua candidatura, disputou palmo a palmo a Prefeitura do Recife.
Agora em 2022, mesmo liderando todas as pesquisas, o PT de Pernambuco, mais uma vez, cedeu às “moedas ouro” em detrimento da vontade popular.
Então quem traiu quem nesses capítulos da história política Pernambucana?
O Solidariedade já declarou apoio ao Presidente Lula para o próximo pleito Presidencial. Se Lula aceitou esse apoio, como pode Marília ser acusada de se aliar à Direita ao se filiar ao Solidariedade?
Estaria então o PT de Recife acusando Lula de fazer aliança com a direita?
Ser candidata por um partido que apoia Lula Presidente e declarar voto em Lula é ser contra Lula? Não dá pra compreender.
Talvez alguns precisem rever a tradução da palavra traição no dicionário para compreender que a maior traição na política é a de justamente trair a vontade popular. E hoje, gostem ou não o que estão no poder, Marília representa a vontade majoritária do povo Pernambucano.
JULIO LOSSIO
(Médico e Ex-Prefeito de Petrolina)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.