Ataques a Felipe Neto vão acelerar PL das Fake News, anuncia Rodrigo Maia
02/08/2020
Casos e mortes por coronavírus no Brasil em 2 de agosto, segundo o consórcio de veículos de imprensa (atualização das 13h)
02/08/2020

Juiz erra ao digitar decisão e manda devolver droga a preso em flagrante

Foto: Divulgação / TJPE

Diário de Pernambuco

O juiz Pierre Souto Maior Coutinho Amorim, do 6 º Polo de Audiências de Custódia em Caruaru, acabou protagonizando na última semana uma situação incômoda após um erro de digitação. Na última terça-feira (28), ao emitir uma decisão liberando um homem preso em flagrante por tráfico de drogas por considerar o flagrante como ilegal, acabou mandando devolver os entorpecentes ao então suspeito. 

Por meio de nota, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) confirmou a ocorrência. O TJPE afirmou que o homem foi liberado porque o magistrado considerou a prisão em flagrante ilegal. Na a ocasião da decisão, o juiz determinou a devolução dos bens do homem e  acrescentou “menos o entorpecente”. Contudo, por um erro de digitação ou de corretor textual, a frase acabou saindo como “mesmo o entorpecente”.

Segundo o TJPE, o juiz Pierre Amorim se deu conta do erro e corrigiu a frase logo em seguida. “Tão logo o magistrado percebeu o equívoco, emitiu decisão com errata, ressaltando que o entorpecente não foi devolvido ao preso. As informações estão sendo apuradas pelos órgãos competentes conforme destacado acima”, diz a nota do Tribunal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.