Hoje:
13/09/2019
José Neto já deu certo…
13/09/2019

Incêndio em hospital particular no Rio de Janeiro deixa 11 mortos…

Um incêndio no Hospital Badim, no Maracanã, Zona Norte do Rio de Janeiro, ocorrido no início da noite da quinta-feira (12), provocou a morte de ao menos 11 pessoas, todos pacientes. Até as 7 horas da manhã de hoje duas vítimas foram identificadas, Irene Freitas de Brito, 84 anos, e Luzia dos Santos Melo, 88 anos. Ainda há pessoas internadas com queimaduras graves nas vias respiratórias. Os bombeiros já encerraram as buscas por mortos no local.

O Badim é um estabelecimento privado, que pertence à Rede D’Or. O incêndio foi provocado por um curto-circuito em um gerador, segundo o vice-governador do Rio, Claudio Castro (PSC). Quando as chamas se espalharam pelo prédio do hospital, dezenas de pacientes começaram a ser retirados às pressas. Muitos deles ficaram aguardando remoção na calçada, para desespero de familiares. Castro afirmou que 69 pessoas que estavam internadas foram conduzidas para outros hospitais.

No fim da noite de quinta, a morte de uma pessoa foi confirmada. Com o incêndio controlado, os bombeiros passaram então a fazer uma varredura do prédio do Badim. Na madrugada, outros dez corpos foram localizados no interior do edifício. O Hospital Badim foi construído nos anos 2000 e conta com cerca de 200 leitos. 

No final da noite desta quinta, a direção do Hospital Badim emitiu uma nota.

A Direção do Hospital Badim vem a público expressar seu profundo pesar em relação ao incêndio ocorrido na noite desta quinta-feira.

Informamos que 103 pacientes estavam internados no hospital no momento do episódio.

Imediatamente, a brigada de incêndio iniciou a evacuação do prédio, mesmo antes da chegada do Corpo de Bombeiros.

Desde o primeiro momento a prioridade total foi socorrer os pacientes e funcionários e salvar vidas. Mais de 100 médicos foram mobilizados para dar assistência aos pacientes que estavam sendo socorridos.

Face a esse fato trágico, a solidariedade dos hospitais privados e das Secretarias Estadual e Municipal de Saúde está garantindo que os pacientes sejam transferidos.

Para transmitir informações seguras, a Direção se manifestará novamente à medida em que o Corpo de Bombeiros terminar o seu trabalho e liberar o acesso ao prédio.

O trabalho dos bombeiros continua e nos mantemos solidários às famílias, pacientes e funcionários envolvidos.

A Direção

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.