Novo ministro da Saúde diz que Bolsonaro determinou ‘amplo debate’ com comunidade médica
16/03/2021
Democratas tem novo comando em João Alfredo
16/03/2021

Hotéis e pousadas poderão funcionar normalmente durante quarentena em Pernambuco

Portal Folha de Pernambuco
Diferente da quarentena rígida imposta no final de maio de 2020, quando as restrições foram divididas entre serviços essenciais e não essenciais, dessa vez o Governo de Pernambuco abriu exceções nas medidas que vigorarão entre os próximos dias 18 e 28 de março, em todo o território estadual. 
Entre elas está a permissão para o funcionamento de hotéis e pousadas, incluindo os restaurantes que funcionam no interior desses empreendimentos, contanto que atendam apenas aos hóspedes. 
Além dos hotéis e pousadas, outros setores não essenciais também terão as atividades presenciais liberadas durante a quarentena, segundo o decreto do Governo do Estado publicado nesta segunda-feira (15). São eles a construção civil e as lojas de veículos. 
Já os restaurantes, lanchonetes e similares não poderão abrir para o público, mas têm autorização para atuar no sistema de entrega e retirada. O mesmo vale para as lojas dos shoppings centers. 
As escolas e universidades, por sua vez, terão as aulas presenciais suspensas, mas poderão funcionar para atividades administrativas e para gravação de videoaulas. Os serviços presenciais em escritórios serão proibidos, exceto casos urgentes nos ramos de advocacia, arquitetura e contabilidade. 
Outra diferença em relação à quarentena de 2020 é que não haverá restrições na movimentação de pessoas nas ruas, embora o intuito seja manter a população em casa o máximo possível, saindo apenas para o que for necessário. 
No ano passado, alguns municípios da Região Metropolitana do Recife (RMR) tiveram rodízio de veículos de acordo com as placas. Além disso, pedestres foram instruídos a andar com documento de identidade e comprovante de residência para caso fossem abordados por profissionais de fiscalização. 
“Por mais que a gente não esteja tirando o direito de ir e vir, ajude”, implorou o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, em coletiva de imprensa remota realizada nesta segunda.feira (15), data em que foi feito o anúncio das novas medidas. 
“O que o governo está colocando com esse decreto é que não basta abrir leitos. Nesse momento, é fundamental interromper a transmissão do vírus. Não vamos conseguir isso sem o apoio da população. Precisamos de uma grande união pela preservação da vida. Vamos procurar ficar em casa. E, se houver necessidade de sair, respeitar os protocolos, usar a máscara corretamente, cobrindo boca e nariz, fazer distanciamento e higienizar as mãos”, completou Longo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.