A Parábola do Semeador…
16/01/2014
Festa de São Sebastião em Machados – PE
16/01/2014

Hoje:

Hoje são.

_________________________________________________________

 

DIA DO CORTADOR DE CANA DE AÇÚCAR

DIA DO CORTADOR DE CANA DE AÇÚCAR

O dia-a-dia dos cortadores de cana na atualidade pouco difere da realidade dos canaviais na época colonial, fazendo com que haja muita reflexão acerca desse tipo de trabalho. O dia de trabalho começa já de madrugada. Ainda na escuridão, os trabalhadores se levantam, tomam seu café puro e ralo e rumam em direção à praça, ou a algum outro ponto central da “rua”, para aguardar o transporte que os levará para mais um dia de peleja nos canaviais. Esse transporte disponibilizado pelas usinas e pelos fazendeiros, em tese, é precário. São utilizados ônibus velhos e enferrujados, sem condição de uso e sem a mínima segurança para os trabalhadores. Isso quando não são usados os “gaiolões” e “boiadeiros”, caminhões que tem como função o transporte de animais. Não é difícil, em várias regiões do país, esbarrar com esses caminhões nas estradas da zona canavieira, onde se misturam perigosamente trabalhadores, foices, facões e enxadas. Começando o corte pouco antes do sol nascer, esses trabalhadores só param de golpear seus facões contra os talos de cana quando o dia está prestes a terminar numa jornada de trabalho que muitas vezes ultrapassa as doze horas. Toda essa disposição se deve não ao gosto e entusiasmo pelo trabalho, mas sim pela necessidade, a fim de se tentar ter uma vida menos indigna. Os trabalhadores recebem por produção, ou seja, recebem um determinado valor por tonelada de cana cortada. Essa forma de remuneração faz com que os trabalhadores se transformem em escravos de si mesmos. A ânsia em conseguir ganhar um pouco mais por mês, faz com que muitos deles desrespeitem e ultrapassem seus próprios limites. E a conseqüência desse esforço muitas vezes é fatal.

_________________________________________________________



1969 – Golpe Militar de 1964: divulgada nova lista de 43 cassados, com 35 deputados, dentro eles Mário Covas, 2 senadores e do ministro do STF Peri Constant Bevilacqua (v. também Anos de chumbo)
1988 – A rainha do rock, Tina Turner, entra para o livro dos recordes pelo maior público pagante de uma cantora solo na história da música. O show aconteceu no Rio de Janeiro, no estádio do Maracanã.
1989 – Início de vigência do Cruzado Novo (NCz$).

_________________________________________________________

 

Pensamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.