Marília Arraes recebe apoio de Cintra Galvão
19/04/2022
Mulheres tentam ampliar participação na Câmara dos Deputados 
19/04/2022

Governo contrata 529 profissionais para programa que substituirá o Mais Médicos

Por Ingrid Soares/Correio Braziliense – O governo federal contratou, ontem (18), durante evento no Palácio do Planalto, os primeiros profissionais do Médicos pelo Brasil, programa que visa substituir o Mais Médicos da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). São 539 profissionais que reforçarão o atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS) pelo país.
Segundo o Ministério da Saúde, o investimento é de cerca de R$ 783,6 milhões e disponibilizará mais de 4,6 mil vagas em todo Brasil. Em abril, serão convocados cerca de 1,7 mil profissionais. Os demais chamamentos ocorrerão ocorrer durante todo o período de vigência do edital, sendo a maioria ao longo de 2022, informou a pasta.
Os resultados do concurso foram homologados no último dia 5 de abril. O primeiro processo seletivo do Médicos pelo Brasil teve um total de 16.357 inscrições com 8.518 candidatos aprovados.
Entre as mudanças, está o tipo de contração oferecida pelo programa, na modalidade CLT com todos os direitos trabalhistas, benefícios adicionais para atuação nas áreas mais distantes, plano de carreira e melhores condições salariais, com remunerações de até R$ 24 mil.
Entre as regiões atendidas, estão 26 Distritos Sanitários Indígenas. Do total de municípios que receberão os profissionais, cerca de 6% serão contemplados com o provimento médico federal pela primeira vez.
A definição dos locais a serem incluídos no Programa foi organizada por meio da classificação dos municípios brasileiros por grau de prioridade. Os critérios primários são a classificação geográfica definida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o percentual da população vulnerável.
Veja o quantitativo de convocados por estado nesta primeira etapa do programa:
Acre: 1
Alagoas: 12
Amazonas: 4
Bahia: 68
Ceará: 59
Espírito Santo: 7
Goiás: 25
Maranhão: 15
Minas Gerais: 48
Mato Grosso do Sul: 3
Mato Grosso: 5
Pará: 7
Paraíba: 26
Pernambuco: 34
Piauí: 18
Paraná: 30
Rio de Janeiro: 19
Rio Grande do Norte: 17
Rondônia: 7
Rio Grande do Sul: 33
Santa Catarina: 30
Sergipe: 13
São Paulo: 41
Tocantins: 7
Total= 529
O evento contou com a participação do presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, o ministro do GSI, o general Heleno e com o ex-ministro da Defesa, Braga Netto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.