Bolsonaro definirá futuro de aliado na mira da PF quando voltar dos EUA, diz porta-voz…
21/09/2019
Fragmento Bíblico…
21/09/2019

Festa da Farinha de Feira Nova fortalece cadeia produtiva da mandioca…

Blog do Agreste

Mais de dez mil pessoas devem passar pelo município de Feira Nova, no período de 27 a 29 de setembro, durante a tradicional Festa da Farinha. O evento completa 17 anos e conta com a exposição do trabalho de agricultores e raspadeiras de mandioca, além de um polo de artesanato e gastronômico. Outra tradição da festa é a eleição da Rainha e do Rei da Farinha, programada para dia 27, às 20h, na Praça de Eventos. Pessoas ligadas à agricultura ou a casa de farinha concorrem aos títulos.

De acordo com dados pesquisados pela gestão municipal, mais de 700 famílias vivem com a renda gerada através do cultivo e produção da mandioca, sendo uma das principais fontes de renda do município. Feira Nova conta com mais de dez casas de farinha que recebem incentivos da prefeitura, do SEBRAE e do Ministério do Trabalho. Integradas, as instituições buscam fortalecer e regularizar os serviços prestados pelos trabalhadores. 

O setor ganhou força e ressurgiu para o cenário econômico com a fundação da Cooperativa dos Produtores de Farinha de Feira Nova (COOPFFEN). Os cooperados trabalham com CNPJ próprio e recebem orientações técnicas para melhoramento do solo com especialistas do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA). Atualmente, a farinha produzida na cidade já é comercializada fora do Brasil. O prefeito Danilson Gonzaga tem coordenado a organização e depositado fichas em um projeto que tem fortalecido a cadeia produtiva da farinha e outros derivados da mandioca, intitulado de “Sou Feira Nova, sou Terra da Farinha”.

Durante os três dias da Festa da Farinha, 20 estandes mostram o artesanato local e regional, com bordados, pinturas em tecidos e trabalhos feitos com a casca da mandioca. O SEBRAE promove palestras e capacitações gratuitas em diversos setores da economia. No polo gastronômico, o visitante confere a diversidade dos pratos em que pode ser utilizada a macaxeira. Sorvete de tapioca na chapa, tapiocas coloridas de açaí e vinhos são outros atrativos. Também é possível realizar um passeio turístico pelas casas de farinha da cidade.

No dia da abertura, a partir das 10h, a cidade recebe o dia “D”, através de parceria social firmada com as Faculdades Integradas da Vitória de Santo Antão (Faintvisa). Na arena do evento serão ofertados os serviços de Nutrição (Orientação Nutricional), Enfermagem (Aferição de Pressão, Exame de Glicose), Fisioterapia (Orientação Posturais e Práticas Integrativas), Biomedicina (Tipagem Sanguínea) e Farmácia (Uso Correto dos Medicamentos). O primeiro dia do evento ainda contará com a programação completa da Rádio Jornal Limoeiro transmitida de Feira Nova.

Na parte da segurança – mais de 100 policiais militares farão a segurança. A Guarda Municipal (GM) também estará dando apoio, com mais de 100 homens que estarão circulando pela área do evento. Bombeiros civis, equipes da secretaria municipal de Saúde, além do SAMU também estão confirmados. De acordo com o departamento de Imprensa da prefeitura, o público estimado é de 12 mil pessoas. As delegacias municipal e regional também darão suporte.

Atrações – Na praça de eventos vários nomes da música regional e nacional animam as noites da festa. Na sexta (27) foram confirmados Priscila Senna (Musa), a partir das 21h, e Lia de Carvalho, às 22h30. No sábado (28) tem show evangélico com Armando Filho, a partir das 19h. Fechando a programação no domingo (29), o público terá Encontro de Violeiros, às 16h, Banda a Favorita, às 21h30, e o cantor Edson Lima, a partir da 00h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.