Hoje:
09/01/2019
O que faz uma esteticista?…
09/01/2019

Fernando pode ser o interlocutor de Bolsonaro em Pernambuco…

O senador Fernando Bezerra Coelho esteve reunido ontem com três ministros do governo Jair Bolsonaro, Tereza Cristina (Agricultura), Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional) e Tarcisio Freitas (Infraestrutura), deixando claro que pretende, em seus próximos quatro anos como senador, ajudar o governo Jair Bolsonaro tanto nas votações do Senado como nas articulações do Congresso Nacional.

Dos três senadores pernambucanos, Jarbas Vasconcelos, Humberto Costa e Fernando Bezerra Coelho, apenas o terceiro não declarou o voto em Fernando Haddad no segundo turno, e assim como o presidente Jair Bolsonaro, é opositor de Paulo Câmara no estado. É evidente que o presidente precisará de alguém que possa ser o canal dele com as demandas do estado, e ninguém melhor do que um senador da República se o governador preferiu fazer-lhe oposição.

Pesa a favor de Fernando o vácuo deixado pelos candidatos derrotados ao Senado, Bruno Araújo e Mendonça Filho que a partir de fevereiro estarão sem mandato, se eles tivessem sido eleitos senadores ou ido para a reeleição na Câmara dos Deputados, indubitavelmente eles exerceriam esta função devido o fato de sempre terem combatido o PT. E com isso, Fernando terá quatro anos para construir uma relação com o governo federal que possa resultar em investimentos para Pernambuco que tenham suas digitais.

Há um sentimento no governo federal de que não é importante dividir o bônus de obras federais com o governador Paulo Câmara, e tendo um senador que ajude a repassar recursos diretamente para as prefeituras sem precisar do intermédio do governador, será fundamental para o projeto político de delimitar claramente aos pernambucanos os investimentos que tiverem a rubrica federal para o governo estadual não colher os louros do que está sendo preparado em Brasília de positivo para Pernambuco. (Edmar Lyra)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.