Liturgia Católica
23/08/2020
Pernambuco amplia processamento de testes rápidos da Covid-19 para o Sertão
23/08/2020

Ex-prefeito de Cumaru aponta irregularidades em sessão

Em Cumaru, no Agreste Setentrional, a sessão ordinária da Câmara de Vereadores realizada sexta-feira (21) foi marcada por grande confusão. O presidente da Casa, Antônio Américo, manteve o julgamento das contas do exercício de 1998 do ex-prefeito Eduardo Tabosa (PSD), mesmo com uma liminar concedida pelo desembargador Jovaldo Nunes, na última quinta-feira (20), impedindo a reunião.

O advogado de Tabosa, Lucas Juan Costa, esteve na sessão para notificar o vereador Antônio Américo sobre a decisão e assegurar que o trâmite fosse suspenso. O presidente da Câmara, contudo, ignorou a determinação judicial.

Eduardo Tabosa, que é pré-candidato pelo PSD, questiona a atitude de Américo. “Ele manteve de forma arbitrária a sessão. Os comentários são gritantes entre os munícipes, uma vez que o presidente da Câmara, além de ser bacharel em Direito, é irmão da prefeita [Mariana Medeiros] e cunhado do presidente da Assembleia Legislativa, pessoas totalmente conhecedoras da lei, tornando-se mais graves suas atitudes, uma vez que a votação se encontra totalmente nula. São contas de 22 anos atrás que retomaram. Querem me tornar inelegível de todo jeito”, declarou. (Magno Martins)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.