Nossa gratidão a Severino Cavalcanti
15/07/2020
João Alfredo – Vereador David Santos relembra ação de Severino Cavalcanti
15/07/2020

‘Ele estava dormindo na hora. Foi uma morte tranquila’, diz filho de Severino Cavalcanti

G1 PE

Um dos três filhos do ex-presidente da Câmara dos DeputadosSeverino Cavalcanti, afirmou que o pai faleceu dormindo, na madrugada desta quarta-feira (15). ‘Foi uma morte tranquila’, disse o secretário-executivo da Casa Civil de Pernambuco, José Maurício Cavalcanti.

Severino Cavalcanti tinha 89 anos e faleceu no apartamento em que morava, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. O ex-deputado federal deixa, além de três filhos, seis netos e duas bisnetas.

“Ele tinha problemas de saúde. Tinha um marca-passo e teve uma fratura no fêmur. Estava praticamente só dentro de casa, sem andar. A cuidadora dele viu que os batimentos cardíacos dele tinham diminuído e chamou o Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência]”, relatou José Maurício.

“Minha irmã chegou, depois eu cheguei, mas ele descansou. É doloroso para nós, mas é o ciclo da vida. Ele foi uma pessoa que dedicou a vida todinha à política, a João Alfredo, e vai ser enterrado lá”, afirmou o filho do ex-parlamentar.

Devido à pandemia da Covid-19, não vai haver velório. “Vamos fazer somente um cortejo fúnebre pela cidade até o cemitério”, explicou José Maurício. O sepultamento está previsto para as 16h. A prefeita do município, Maria Sebastiana (PSD), decretou luto oficial de três dias na cidade.

Trajetória política

Severino Cavalcanti foi deputado federal por três mandatos: entre 1995 e 1999, entre 1999 e 2003 e entre 2003 e 2007.

Ele renunciou ao último mandato em 21 de setembro de 2005 como desdobramento da denúncia de que cobrava propina de R$ 10 mil por mês do dono de um dos restaurantes da Câmara, no caso conhecido como “mensalinho”. Nesse mesmo ano, havia sido presidente da Câmara entre os meses de fevereiro e setembro.

Além da atuação como deputado federal, Severino Cavalcanti também foi deputado estadual por sete mandatos, entre os anos de 1967 e 1995. Entre 1964 e 1966, foi prefeito de João Alfredo. O ex-parlamentar retornou à gestão do município entre os anos de 2009 e 2012.

1 Comentário

  1. , Hilda Benício disse:

    Eu Hilda Benício, moro no Rio de janeiro!
    Mais desde cedo tive a triste notícia do falecimento do sr.SeverinoCavalcante.
    Meus sentimentos pela morte deste grande homem político, que Deus conforte a família.
    Minha eterna gratidão por tudo que seu Zito fez por nós joaoalfrefense.

Deixe uma resposta para , Hilda Benício Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.