Marina abre 12 pontos na frente de Dilma em Pernambuco…
04/09/2014
Silvio: “Vamos ganhar a eleição com emoção”…
04/09/2014

Datafolha: empatados, Armando e Câmara têm 36%…

Eleições-2014-Governo-de-Pernambuco

A segunda rodada da pesquisa Datafolha, divulgada na manhã desta quinta-feira (4) aponta uma queda de 24% pontos na diferença entre o candidato da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, Armando Monteiro Neto (PTB), e da Frente Popular, Paulo Câmara (PSB). Eles agora aparecem empatados com 36% das intenções de voto. No levantamento anterior, publicado dois dias após a morte do ex-governador Eduardo Campos, o petebista tinha 47%, contra 13% do socialista.

Os candidatos Zé Gomes (PSOL), Miguel Anacleto (PCB) e Pantaleão (PCO), também estão empatados, com 1%, enquanto Jair Pedro (PSTU) não chegou a 1% das intenções de voto. Brancos e nulos somam 9% e indecisos, 17%.

O quadro neste momento aponta para um até então improvável segundo turno da disputa. No caso de uma segunda etapa, de acordo com o Datafolha, Armando Neto e Câmara aparecem Câmara tecnicamente empatados, com 39% e 40%, respectivamente. Brancos e nulos chegam a 8% e não souberam ou não responderam, 13%.

Rejeição
O Datafolha também mediu o índice de rejeição dos candidatos ao Governo do Estado e nessa questão também houve mudanças. Agora, Câmara é o menos rejeitado, posto antes ocupado por Armando Neto. Quem lidera esse item é Zé Gomes: 28%. Ele vem seguido por Pantaleão, 27%; Jair Pedro, 23%; e Miguel Anacleto, 19%. Dos entrevistados, 15% disseram que não votariam em Armando, enquanto outros 12% não daria o voto a Câmara. Não rejeitariam nenhum dos candidatos somam 7% e não souberam responder, 24%

A pesquisa foi realizada nos dias 2 e 3 de setembro. Foram entrevistados 1.185 eleitores, com 16 anos ou mais, em 43 municípios do estado. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos e o índice de confiança é de 95%. Ela está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) sob o número 00021/2014, e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 00517/2014. (Folha de Pernambuco)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.