Hoje:
18/02/2014
Segure a língua: A arte do silêncio
18/02/2014

Danilo Cabral segue na vantagem…

Danilo vai escapando do paredão

Numa conversa com a jornalista Roberta Jungmann, no último fim de semana, o governador Eduardo Campos garantiu que o candidato a governador da aliança governista já brinca o Carnaval como tal. Não foi fácil para ele chegar ao nome depois de ter tirado da sua cabeça a preferência pelo secretário da Casa Civil, Tadeu Alencar.

Não seria exagero concluir que o PSB expôs tantos pré-candidatos que o processo da escolha lembrou um Big Brother, levando muitos deles para o paredão. O primeiro eliminado foi o próprio Tadeu, por motivos que já explicamos aqui.

Maurício Rands, ex-deputado federal pelo PT e agora filiado ao PT, não resistiu ao bombardeio e acabou no paredão. Pesou fortemente contra ele a renúncia à vida pública. Eduardo sabe que candidato que começa se explicando está fadado ao insucesso nas urnas.

O ex-ministro Fernando Bezerra (Integração) não passou no teste da fidelidade e foi considerado também muito independente, enquanto o vice-governador João Lyra Neto, segundo passarinhos que cantam nos jardins das Princesas, não estava dentro do perfil da nova política.

Por eliminação, restaram apenas os secretários Paulo Câmara (Fazenda) e Danilo Cabral (Cidades), que, curiosamente, a exemplo do prefeito Geraldo Júlio, egressos do Tribunal de Contas do Estado.

Câmara e Danilo estariam, portanto, indo para o paredão, cuja final tem data marcada: sexta-feira. Se tudo der certo, o governador anuncia o candidato na sexta. Até ontem, Danilo levava ampla vantagem em relação ao concorrente Câmara por aliar experiência executiva a excelência de ser detentor de mandato eletivo, no caso deputado federal.

Danilo foi ainda vereador do Recife e antes de ser transferido para a pasta de Cidades, onde está à frente das obras da Copa do Mundo, ocupou a Secretaria de Educação. Danilo teria, portanto, mais traquejo político, mas tanto ele quanto Câmara chegam ao final do Big Brother por gozarem da confiança cega do governador. (Do Blog Magno Martins)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.