João Alfredo- Boletim covid-19 / 04 de maio de 2020
04/05/2020
B.O diz que ator Flávio Migliaccio cometeu suicídio
04/05/2020

Coronavírus: Brasil tem 7.288 mortes e mais de 105 mil casos

Bruna Lima e Maria Eduarda Cardim/Correio Braziliense

O Brasil registrou mais 263 mortes pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas. O incremento foi de 3,7%, chegando a marca de 7.288 óbitos, nesta segunda-feira (04/05). O banco de dados do Ministério da Saúde também foi acrescido com mais 4.075 confirmações de infectados, somando 105.222 casos diagnosticados. 

Segundo o balanço da pasta, nove estados já registraram mais de 100 óbitos cada. São eles: São Paulo (2.654), Rio de Janeiro (1.065), Ceará (691), Pernambuco (691), Amazonas (585), Pará (330), Maranhão (249), Bahia (134) e Espírito Santo (116). Os nove estados concentram 6.515 mortes, ou seja, 89% dos óbitos no Brasil.  

Em São Paulo, estado com o maior número de casos e mortes pela Covid-19, a partir da próxima quinta-feira (7/5) todas as pessoas que circularem em espaços públicos deverão usar máscaras. O uso obrigatório da máscara já é uma realidade em diversos estados e tem como objetivo frear a velocidade da transmissão do vírus. 

Desde o início do surto do novo coronavírus no Brasil, a região Sudeste segue sendo a que mais tem casos confirmados com 49.417 pacientes diagnosticados. Em seguida, está o Nordeste com 31.033 casos, o Norte com 15.733, o Sul com 5.792 e Centro-Oeste com 3.247.

Letalidade

A taxa de letalidade brasileira está em 6,9%, valor considerado discrepante da realidade, ao ser comparado com os índices de países que conseguiram detectar mais infectados. Segundo o grupo de pesquisadores e especialistas do portal Covid-19 Brasil, “as taxas de letalidade (no Brasil e no mundo) têm variado especialmente pela incerteza sobre a quantidade total de pessoas infectadas, o que se dá especialmente pela falta de disponibilidade de testes de confirmação da infecção pela Covid-19″, diz o último relatório do grupo. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.