Túlio entra com representação contra Mário Frias por incêndio em Cinemateca
03/08/2021
Morre no Recife o ex-governador de Pernambuco Joaquim Francisco, aos 73 anos
03/08/2021

Com aporte de R$ 5 bilhões, Plano Retomada deverá gerar 130 mil empregos em Pernambuco

Diário de Pernambuco
O governo de Pernambuco lançou nesta terça-feira (3) um pacote de incentivos que deverá estimular a geração de empregos e o investimento em projetos estruturadores no estado. Denominado de Plano Retomada, o projeto foi dividido em quatro eixos: investimento público, investimento privado, ambiente de negócios e pessoas e crédito. 
Uma das principais ações do plano será o incentivo às contratações formais no estado. Por meio do Emprega Pernambuco, projeto que será encaminhado à Assembleia Legislativa de Pernambuco nesta terça, o governo estadual assumirá o pagamento de metade de um salário mínimo de cerca de 20 mil trabalhadores durante seis meses. 
O governador Paulo Câmara comentou o projeto. “Está sendo possível fazer isso agora porque soubemos enfrentar a crise econômica, a partir de 2015, e a emergência da Covid-19, que ainda estamos atravessando, com muita responsabilidade e trabalho. Recuperamos nosso status de captação de crédito no mercado e isso está possibilitando o maior investimento da história de Pernambuco”, afirmou. 
Outra iniciativa diz respeito ao acesso de crédito no estado, que deverá ser facilitado e ampliado pela Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE), por meio de duas modalidades. No Giro AGE, empresários poderão ter acesso a até R$ 100 mil, contando com três meses de carência e até 33 meses para pagar, com juros de 0,99% ao mês. Já no Crédito Popular, os empresários pernambucanos poderão pegar empréstimos de até R$ 5 mil, com dois anos de carência, 14 meses para pagar e juros de 0,50% ao mês. 
Outros projetos também receberão investimentos do governo do estado, como a triplicação da BR-232, no acesso ao Recife, o Arco Metropolitano e outras rodovias incluídas no programa Caminhos de Pernambuco, além das obras nos aeródromos de Caruaru, Serra Talhada, Araripina e Garanhuns. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.