O que é Aluvião?
23/07/2019
Festa do Tapuio 2019, em Gado Bravo-PB…
23/07/2019

Chuvas não aumentam nível da Barragem de Jucazinho…

Desde o sábado (20) chove na região com poucos intervalos sem precipitações. Segundo dados fornecidos pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), o município que mais choveu no Agreste Setentrional entre o sábado (20) e domingo (21), foi Toritama, com 75 mm acumulados nos dois dias.

As chuvas nesta cidade e nos municípios de Riacho das Almas, Frei Miguelinho e Santa Cruz do Capibaribe contribuem diretamente para elevação no nível da Barragem de Jucazinho. Em Riacho das Almas foram registrados 42 mm, Frei Miguelinho 32,2 mm e Santa Cruz do Capibaribe, 34,7 mm, no entanto, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) informou nesta segunda-feira (22), que o reservatório não sofreu alteração, permanecendo com cerca de 2% da capacidade, até a publicação desta matéria.

“As chuvas são fracas e não geram correnteza no Capibaribe. Além do mais, no leito do rio existem pequenas barragens feitas por moradores das localidades ribeirinhas, que precisam encher primeiro, para que a água possa escorrer até Jucazinho” explica o gerente regional da companhia no Alto Capibaribe, Bruno Adelino.

Várias outras cidades da região acumularam um volume considerável de chuvas no final de semana, acima de 40 mm. Foram elas: São Vicente Férrer, 59.3 mm; Limoeiro, 56,7 mm; Machados, 54,5mm ; Taquaritinga do Norte, 52 mm; Vertente do Lério , 48,2 mm; Passira,  47 mm e Bom Jardim, 45,5 mm.  Em Surubim choveu 26 mm.

Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) a chuva deve continuar até a quarta-feira (24). (Correio do Agreste)                                                                                                                                             

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.