23/01/2014

Meninas serão vacinadas contra o vírus do HPV…

O Sistema Único de Saúde (SUS) vai começar a oferecer a vacina contra o papiloma vírus humano (HPV) a partir de 10 de março para meninas de 11 a 13 anos, em postos de saúde e em escolas públicas e privadas de todo o país, informou ontem (22) o Ministério da Saúde. A dose, que ajuda a proteger contra o câncer de colo do útero, estará disponível nos 36 mil postos de saúde da rede pública durante todo o ano, de acordo com o ministério. Em 2015, o público-alvo serão as meninas de 9 a 11 anos e, a partir de 2016, a ação ficará restrita às meninas de 9 anos. Para garantir proteção completa, a imunização ocorrerá de forma estendida, em três doses. A segunda aplicação deve ser feita 6 meses depois da primeira e a terceira, 5 anos depois. Até 2016, o objetivo do ministério é imunizar 80% […]
22/01/2014

População tem remédio a preço de custo nas Farmácias Populares …

Desde 2004, os brasileiros podem comprar medicamentos a preço de custo nas farmácias. Criado durante o Governo Lula, o programa Farmácia Popular busca ampliar o acesso dos brasileiros a medicamentos essenciais, como analgésicos, remédios de controle da hipertensão e da diabetes, asma, colesterol, entre outros. Ao todo, existem mais de 25 mil farmácias conveniadas em todo Brasil. No site do Ministério da Saúde, é possível ver a lista completa dos medicamentos subsidiados pelo governo federal. Para ter direito ao desconto, basta ir a uma farmácia da rede Aqui Tem Farmácia Popular com o CPF, documento com foto e receita médica válida da rede pública ou particular. As farmácias populares são implantadas por meio de uma parceria do Ministério da Saúde e da Fiocruz com estados, municípios e instituições filantrópicas. Os medicamentos são comprados por esses órgãos de laboratórios farmacêuticos oficiais públicos ou privados. Quando necessário, são adquiridos por meio de […]
19/01/2014

O que é morte cerebral ?

Muitas pessoas ouvem falar da morte cerebral, mas no fundo não fazem ideia do que seja realmente, por isso hoje vamos trazer aqui todas as informações necessárias para você saber como ocorre a morte cerebral e por que ela acontece. A morte cerebral A morte encefálica ou morte cerebral se dá devido a perda irreversível das funções neurológicas do cérebro e do tronco cerebral. Na maioria dos casos a morte cerebral ocorre por causa de: – Dor; – Falta de glicose; – Falta de oxigênio. O nosso cérebro é vital para o funcionamento dos órgãos humanos, e quando ele sente dor dificilmente sobrevive, por isso esses sintomas são os principais causadores da morte cerebral. É importante saber que o nosso cérebro consegue sobreviver até seis minutos depois da parada do coração, e isso acontece porque, acima desse período ocorre a diminuição de suprimento de oxigênio e glicose, sendo assim ele […]
18/01/2014

Cura da hepatite C está mais perto…

Um novo coquetel de dois medicamentos demonstrou ser muito eficaz contra a hepatite C, segundo resultados de um teste clínico publicados nesta quarta-feira (15) revelando que esta infecção crônica do fígado estaria a ponto de ser derrotada. Essa notícia é acompanhada com muito entusiasmo nos Estados Unidos, já que a hepatite C mata mais americanos do que a Aids. Este estudo, que se concentra na combinação de dois antivirais ingeridos oralmente, o daclatasvir e o sofosbuvir, dos laboratórios farmacêuticos Bristol Myers Squibb e Gilead Sciences, mostra que a mistura dos dois supõe uma taxa de cura de 98% sem gerar efeitos colaterais significativos. “Esta pesquisa abre caminho para tratamentos seguros, bem tolerados e eficazes para a grande maioria dos casos de hepatite C”, comemorou o doutor Mark Sulkowski, diretor do Centro de Hepatites Virais da Faculdade de Medicina John Hopkins (Baltimore, Maryland, leste), e principal autor do estudo publicado na […]
16/01/2014

Álcool mata 100 mil pessoas por ano no Brasil…

O álcool provoca, em média 80 mil mortes anuais nas Américas, um problema que coloca o Brasil na quinta posição dos países com maior número de casos por 100 mil mortes, informou nesta terça-feira (14) a Organização Pan-americana da Saúde (OPAS). O estudo “Mortalidade nas Américas por doenças, condições e lesões em que o álcool é causa necessária, 2007-2009”, das brasileiras Maristela Monteiro e Vilma Gawryszewski, observou que o álcool é uma causa “determinante” de morte em uma média de 79.456 casos ao ano, segundo comunicado da OPS, representação regional da Organização Mundial da Saúde (OMS), com sede em Washington. Na maioria dos países, as mortes foram consequências de uma hepatopatia alcoólica ou doença do fígado, seguida de distúrbios mentais provocados pela ingestão de bebidas alcoólicas. As cientistas Vilma Gawryszewski, assessora da OPAS em informação e análise sobre saúde, e Maristela Monteiro, especialista em abuso de substâncias, estudaram padrões de […]