07/12/2020

João Campos: “PSB não tem compromisso futuro com candidato do PDT”

Diário de Pernambuco O prefeito-eleito de Recife, João Campos (PSB), afirmou que a parceria que o seu partido fez com o PDT em uma série de cidades do país –sobretudo capitais– não garante apoio do partido a uma eventual candidatura de Ciro Gomes em 2022.  Em entrevista ao programa Poder em Foco, do SBT, gravado na última 4ª feira (2.dez.2020), Campos afirmou que os acertos feitos pelos partidos visavam apenas a eleição deste ano. O Poder360 participou da entrevista.  “Quando a gente fez a as alianças, inclusive, entre PDT e PSB, foi sempre um compromisso dessa eleição de 2020 e nenhum compromisso futuro de como seria”, afirmou.  João, no entanto, destacou que há muita afinidade entre as duas agremiações. “Há uma relação de afinidade e a relação política não se constrói do dia para a noite“, prosseguiu. Ciro apoiou a candidatura de João contra a sua prima, Marília Arraes (PT). A disputa do 2º turno […]
06/12/2020

Mais de 100 prefeitos eleitos têm futuro incerto no TSE

Correio Braziliense As eleições municipais terminaram no domingo passado, mas ao menos 104 municípios poderão sofrer mudanças em relação aos prefeitos escolhidos pelo voto popular. Nessas cidades, as candidaturas eleitas estão sub judice no Tribunal Superior Eleitoral. Em 2020, o número de prefeitos em situação indefinida aumentou mais de 40% na comparação com o pleito de 2016, quando 71 candidatos eleitos ainda precisavam regularizar suas situações com a Justiça Eleitoral. De acordo com o TSE, caso essas candidaturas venham ser impugnadas depois da posse, que ocorre em 1º de janeiro de 2021, essas cidades terão novas eleições. Na maioria dos casos, os candidatos vencedores estão enquadrados na Lei da Ficha Limpa. A norma aprovada em 2010 proíbe políticos condenados em segunda instância judicial de serem eleitos. Mas também abre a possibilidade de que o réu apresente recursos a tribunais superiores e obtenha, por meio de decisão liminar, o direito de […]
04/12/2020

Assembleia elege nova Mesa Diretora. Eriberto Medeiros é reeleito presidente da Casa

Blog da Folha de Pernambuco A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) elegeu a nova composição da Mesa Diretora da Casa, nesta sexta-feira (4). Somente houve disputa pelos cargos de presidente da Casa, que ficou entre Álvaro Porto (PTB) e o presidente Eriberto Medeiros (PP), e pela 7ª suplência, que foi disputada entre os deputados Adalto Santos (PSB) e Romero Albuquerque (PP). No bate-chapa, Eriberto Medeiros (31 votos x 14 votos) e Romero Albuquerque (23 votos x 22 votos) se saíram melhor. O resultado pela 7ª suplência iria para segundo turno, mas Adalto abriu mão da disputa e reconheceu o resultado, ainda que pela diferença de 1 voto. O restante dos cargos foi composto por consenso interno. Dois deputados não compareceram à votação: João Paulo Costa, diagnosticado com Covid-19, e Wiliam Brigido. Uma cédula chegou a ser anulada. Com os bastidores da disputa pela Presidência da Assembleia Legislativa (Alepe) efervescendo, o […]
04/12/2020

João Alfredo: Zé Martins agradece pelos votos recebidos e reafirma o seu compromisso com o município

Blog Alberes Xavier “Foi a luta de Davi contra o Golias. Nós tínhamos o povo sem emprego, pobre, mas que sonhava com a esperança e que queria ver a mudança acontecer. O sonho de todos se tornou realidade”. O prefeito eleito de João Alfredo, Zé Martins (PSB), agradeceu pelos votos recebidos no último dia 15 de novembro durante entrevista no Cidade em Foco da Rede Agreste de Rádios. A campanha política na cidade se destacou pelo respeito dispensado do candidato eleito para com seus adversários “Somos prefeito de todos os alfredenses”. Martins reafirmou seu compromisso com o povo que o elegeu nas urnas para o cargo de gestor municipal e revelou sua meta principal de governo. “Meu trabalho será construir um trabalho de atenção aqueles que mais precisam, cuidar de todas as pessoas”, disse. “Nós vamos focar no futuro de João Alfredo, nas coisas que precisam ser feitas”. O prefeito […]
04/12/2020

TSE barra primeiro prefeito sub judice

Magno Martins O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou, na sessão de ontem, o primeiro registro de candidatura de um prefeito eleito no país. A decisão atinge Adair Henriques da Silva, do DEM, que venceu a eleição em Bom Jesus de Goiás, na região sul do estado. Ele foi o candidato mais votado no primeiro turno, recebendo 50,26% dos votos válidos. Porém, o TSE anulou a eleição e determinou novo pleito para 2021. Consultado, o Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) disse que não se manifesta sobre julgamentos. A reportagem tenta localizar a assessoria de comunicação do diretório estadual do Democratas em Goiás. O TSE também ordenou a convocação do presidente da Câmara Municipal, da legislatura que se inicia no próximo ano, para exercer provisoriamente o cargo de prefeito na cidade. A nova eleição vai ser organizada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO), conforme decisão do ministro relator Edson Fachin, […]
03/12/2020

Dos seis deputados pernambucanos que disputaram a eleição em 2020, cinco perderam

Diário de Pernambuco Dos 74 deputados pernambucanos eleitos em 2018 (25 federais e 49 estaduais), seis deles disputaram as eleições municipais em 2020, dois deputados federais e quatro estaduais. Entretanto, apenas um deles foi eleito. João Campos (PSB), o deputado federal mais votado da história de Pernambuco, se tornou também o prefeito eleito mais jovem da história do Recife, ao derrotar Marília Arraes (PT). João será substituído na Câmara pelo suplente, Milton Coelho (PSB). Milton é o atual chefe de gabinete do governador Paulo Câmara (PSB). Marília, por sinal, também foi uma das parlamentares eleitas em 2018 que esteve no pleito deste ano. Após ser a segunda deputada federal mais votada de Pernambuco na última eleição, disputou a prefeitura da capital pernambucana com o primo em uma das eleições mais duras da história recente do Recife. João Campos teve 56,27% dos votos, contra 43,73% de Marília. Outra deputada a participar […]
02/12/2020

Após ser alvo de processo disciplinar, Oscar pede desligamento do diretório nacional do PT e de corrente

Folha de Pernambuco Após a direção nacional do PT pedir a abertura de um processo disciplinar, que pode ter como desfecho inclusive a sua expulsão do partido, o ex-secretário de Saneamento da Prefeitura do Recife, Oscar Barreto pediu afastamento do diretório nacional petista e da chapa nacional do partido da qual faz parte. O comunicado de saída da Democracia Socialista foi destinado à deputada federal Gleisi Hoffman, presidente nacional da legenda. Nele, Oscar diz nunca ter visto “tempos tão obscuros no Partido, uma inversão de valores”, e afirma ainda que se afasta da chapa “para que possa ter opiniões e responder por elas”.  O processo disciplinar ao qual Oscar responderá usa a como justificativa a postura do tesoureiro do PT em relação à candidatura de Marília Arraes à PCR. “É público e notório que Oscar Barreto desrespeitou e sabotou a decisão adotada pelo Diretório Nacional, referente a tática na eleição […]
01/12/2020

Empresário de 95 anos de Muriaé (MG) é o prefeito mais velho eleito em 2020

R7 Aos 95 anos, o empresário José Braz (PP) foi eleito no dia 15 de novembro prefeito da cidade de Muriaé, a 322 km de Belo Horizonte, e é considerado o prefeito mais velho eleito no pleito de 2020. José Braz recebeu 23.763 votos válidos, o que corresponde a quase 43% do eleitorado que foi às urnas. A disputa foi apertada.  Ele venceu o atual prefeito Ioannis Konstantinos Grammatikopoulos, mais conhecido como Grego (PSD), de 52 anos, que tentava a reeleição e recebeu 22.837 votos, 41% do total, 74 votos a menos que o vencedor. Em terceiro ficou Manoel Carvalho (MDB), com 7.050 votos. O empresário já havia administrado Muriaé por dois mandatos consecutivos. Em 2005, aos 80 anos, ele foi eleito pela primeira vez e foi reeleito quatro anos mais tarde, com 84. José Braz é casado, tem ensino fundamental completo e declarou um patrimônio total de mais de R$ […]
30/11/2020

Nove suplentes vão assumir mandato na Câmara com eleição de titulares para prefeituras

G1 Nove suplentes de deputados federais vão assumir mandatos definitivos na Câmara Federal após a eleição dos titulares para prefeituras, em todo o país, nas eleições deste ano. O levantamento foi divulgado pela Secretaria-Geral da Mesa Diretora nesta segunda-feira (30). Se confirmadas as posses dos suplentes a serem convocados, a dança das cadeiras deve refletir no tamanho das bancadas partidárias na Câmara. Os partidos de oposição ao governo Jair Bolsonaro, por exemplo, podem passar de 133 para 130 deputados. PT, PDT e PSB ficarão, cada um, com um parlamentar a menos. Já a base aliada ganhará dois parlamentares titulares: um do PL e outro do PSD. Embora negue ser do Centrão, o PSD costuma estar alinhado às decisões do bloco, que dá sustentação ao governo na Câmara. A terceira vaga perdida pela oposição deve ser herdada pelo PSDB, partido que adota postura independente em relação ao Palácio do Planalto. Os suplentes ainda serão oficialmente convocados e terão 30 […]