18/02/2014

Danilo Cabral segue na vantagem…

Danilo vai escapando do paredão Numa conversa com a jornalista Roberta Jungmann, no último fim de semana, o governador Eduardo Campos garantiu que o candidato a governador da aliança governista já brinca o Carnaval como tal. Não foi fácil para ele chegar ao nome depois de ter tirado da sua cabeça a preferência pelo secretário da Casa Civil, Tadeu Alencar. Não seria exagero concluir que o PSB expôs tantos pré-candidatos que o processo da escolha lembrou um Big Brother, levando muitos deles para o paredão. O primeiro eliminado foi o próprio Tadeu, por motivos que já explicamos aqui. Maurício Rands, ex-deputado federal pelo PT e agora filiado ao PT, não resistiu ao bombardeio e acabou no paredão. Pesou fortemente contra ele a renúncia à vida pública. Eduardo sabe que candidato que começa se explicando está fadado ao insucesso nas urnas. O ex-ministro Fernando Bezerra (Integração) não passou no teste da […]
17/02/2014

Eduardo e o segredo sobre a sucessão…

Escalado pelo governador Eduardo Campos para conversar com os dirigentes de partidos aliados sobre o conteúdo programático que norteará a sucessão estadual, o secretário de Governo do Recife e presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, acostumou-se a ouvir sempre a mesma pergunta dos interlocutores: “Sim, mas quem foi que o governador escolheu para a disputa?” O questionamento tem um motivo de ser. O grande número de cotados que surgiu fez com que a discussão girasse mais em torno de nomes que de propostas. As especulações geraram tamanho desgaste dentro do partido que o governador orientou dirigentes e auxiliares a silenciarem. A partir daí, estabeleceu um cronograma para ouvir aliados e depois anunciar o nome. Com uma pasta embaixo do braço contendo as diretrizes programáticas definidas por PSB e Rede, Sileno vem ouvindo os partidos desde segunda-feira da semana passada. Ao Diario, disse que até a próxima quinta-feira terá o retorno […]
17/02/2014

Barbosa contesta Veja: deixa STF, mas não é candidato…

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, divulgou nota sábado (15) para comentar a reportagem da revista Veja que lhe atribui a frase ‘acho que já é hora de sair’. Na nota, ele confirmou a intenção de deixar a suprema corte antes da aposentadoria compulsória aos 70 anos, mas diz que não será candidato a presidência da República em 2014. No entanto, a nota não deixa claro se Barbosa disputará outro cargo público ou não. Ele já recebeu um convite do PSB para disputar uma vaga ao Senado pelo Rio de Janeiro e especula-se, também, que ele poderá tentar o governo do Distrito Federal. Eis a íntegra da nota, divulgada por sua assessoria: 1) O Presidente do Supremo Tribunal Federal, Ministro Joaquim Barbosa, ratifica que não é candidato a presidente nas eleições de 2014. 2) Com relação a uma possível renúncia ao cargo que hoje ocupa, o Ministro já […]
13/02/2014

Blog Magno Martins : Ventos a favor de Danilo Cabral ?

Nos últimos dias, este blog tem seguido de perto todos os passos da disputa no seio do PSB pela indicação do nome para representar o partido na disputa pelo Governo do Estado. Temos muitas fontes diferentes, inclusive dentro do próprio Palácio das Princesas e seus arredores. Primeiro houve a intensa dinâmica com Tadeu Alencar, que provocou uma explosiva rebelião dos eduardistas históricos. Depois veio o nome de Paulo Câmara, que também foi logo atacado como “coletor de impostos” e outros impropérios detonado pelo pessoal de Tadeu Alencar. Em seguida, foi à vez de Maurício Rands, que pareceu ser finalmente o nome escolhido; só que ocorreu verdadeiro levante interno das correntes antes em disputa e Rands foi jogado fora. Agora, surgiu o movimento realmente profissional com Danilo Cabral, originário de família tradicional na política pernambucana e parente do ex-senador Antônio Farias. Danilo fez a jogada de mestre ao passar todas as […]
11/02/2014

Deputado estadual Aglailson Júnior não contará com apoio do pai…

O ex-prefeito de Vitória de Santo Antão, José Aglailson Querálvares (PSB), conhecido como Zé do Povo, anunciou na última segunda-feira (10) que não vai apoiar a recondução do terceiro mandato do seu filho o deputado estadual Aglailson Júnior (PSB) em detrimento da candidatura do seu primo, o também deputado estadual Henrique Queiroz (PR), que disputa o 10º mandato. De acordo com José Aglailson, que não esconde o ressentimento na voz, o grupo de seu filho não tem respeitado seus posicionamentos políticos. “Expliquei que não daria mais para continuarmos no mesmo palanque, tenho sido muito hostilizado. É claro que a relação fica estremecida, mas o que posso fazer se meu modo de viver não tem sido respeitado?”, disparou José. Por outro lado, o ex-gestor disse que tem um sentimento de gratidão pelo seu primo, que o ajudou nas campanhas em que disputou a Prefeitura de Vitória. “Ele é meu amigo, tem […]
10/02/2014

Nome do candidato de Eduardo sai no fim do mês…

A chapa da Frente Popular que vai disputar a sucessão do governador Eduardo Campos deverá estar fechada até o final deste mês. O presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, vai fazer hoje um debate sobre o documento nacional do PSB – que lançou as diretrizes para um programa de governo nacional no dia 04 – e sobre a realidade pernambucana. Além disso, Sileno vai procurar todos os presidentes dos partidos que integram a frente para fechar a chapa, esta uma deliberação do governador. A iniciativa é praticamente o início oficial do debate, o sentar à mesa, para definir os nomes da chapa para disputar o governo do Estado. O próprio governador admitiu ontem o início do debate, prevendo que até o final deste mês – daqui a 18 dias —  deverá estar formatado o consenso em torno dos nomes da Frente Popular, incluindo ai o nome do escolhido para encabeçar a […]
10/02/2014

Eduardo prepara sua sucessão em família…

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, provável candidato do PSB à Presidência, prepara sua sucessão no Estado com uma lista de opções circunscrita ao seu clã familiar e político. Os três nomes cotados por Campos para disputar o governo pernambucano em outubro têm algum grau de parentesco direto ou indireto com ele. Primo de primeiro grau de Renata, mulher do governador, o ex-deputado Maurício Rands voltou de uma temporada na República do Chade para, segundo ele, ficar “na retaguarda” do governador. Depois de romper com o PT, ele se filiou ao PSB em outubro do ano passado, no limite do prazo legal para ser elegível. Considerado por aliados de Campos uma pessoa de sua estrita confiança, Rands representa a opção com mais experiência política da lista tríplice. Outro nome que desponta na sucessão pernambucana é o do secretário da Casa Civil, Tadeu Alencar. Além do filho dele, Tomás Alencar, ser […]
05/02/2014

Jarbas anuncia que não disputa reeleição…

O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) acaba de comunicar, por meio de nota oficial, que não vai disputar a reeleição nas eleições deste ano. De acordo com o parlamentar, após refletir sobre o convite feito pelo governador Eduardo Campos (PSB) para disputar um novo mandato no Senado Federal dentro da chapa majoritária da Frente Popular de Pernambuco, chegou à conclusão de que o melhor, diante da atual conjuntura, seria sugerir o nome do deputado federal Raul Henry (PMDB) para representar o partido na coligação. “[…] Amadureci uma decisão que quero comunicar publicamente ao povo de Pernambuco: não disputarei a reeleição para o Senado Federal. Já comuniquei essa posição ao meu partido e ao governador Eduardo Campos. Sendo assim, com minha saída da disputa senatorial, o PMDB sugere o nome do deputado federal Raul Henry para representar o partido na chapa majoritária da Frente Popular, contribuindo para esse movimento de renovação desejado […]
05/02/2014

Eduardo diz que país parou com ‘pacto mofado’ de Dilma…

O pré-candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, fez ontem seu mais duro ataque ao governo Dilma Rousseff ao lançar, ao lado de Marina Silva, as diretrizes de seu programa de governo. Em discurso para um plenário lotado de correligionários, ele afirmou que o país ‘parou’ e está sendo comandado por um ‘pacto mofado’, baseado no patrimonialismo e no loteamento de cargos. Possível vice na chapa, Marina atacou a reforma ministerial de Dilma dizendo, sem citar o nome da petista, que ela herdou e comanda hoje o ‘entulho da velha política’. ‘As pessoas estão vendo que o país parou. Que o país saiu do trilho em que vinha’, disse Campos, para quem o PT já estaria ‘desesperado’ com a possível derrota: ‘A sociedade brasileira não tolera mais este velho pacto político que mofou. Não há, neste país, ninguém que ache que mais quatro anos do que está aí vá fazer […]